Boa tarde amigos.

Chegamos com mais uma edição do Overcast News o seu podcast semanal de games do Blog #Programadoresdejogos e do blog Fênix Down.

Depois de um bom feedback de nossos leitores e alguns pedidos, vamos continuar o assunto principal de nosso cast anterior.

No programa de hoje você confere um pequeno debate sobre o futuro da franquia Resident Evil e do gênero Survivor Horror.

Você ouvinte do Overcast News também pode participar desse debate, deixe seu comentário com a sua opinião sobre o que a franquia precisa para voltar a ser um referência dentro da indústria dos games.

Não deixei de participar. :)

No programa dessa semana você confere:

– Leitura de comentários
– Debate sobre o futuro da franquia Resident Evil e de jogos de terror.
– Games que estão sendo jogados atualmente por nossa equipe

Gravação: 01/04/2011
Participantes: O Chefe, Moro, Henri Zombie e Roni
Duração: 28 minutos

Para baixar este podcast, clique aqui (clique com o botão direito em “Salvar link como…”)

Feed do Overcast News:

http://feeds.feedburner.com/PodcastProgramadoresdejogos

Link no Itunes:

http://itunes.apple.com/br/podcast/programadoresdejogos-veja/id416966929

Mande suas críticas, elogios e sugestões para:
contato@canalprogramadoresdejogos.com.br

Bom programa a todos.

Podcaster, “Garoto de Programas” (Programador PHP e Delphi) e modelo da NASA nas horas vagas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

36 Comentario(s)

  • Marcio 5 anos atrs

    Baixandooo. :)

  • Anderson Paranhos 5 anos atrs

    Eu joguei muito os Resident Evil 1, 2 e 3, mas não tive paciência de jogar o 4 e 5, achei muito ruim a movimentação do personagem, condordo q eles deveriam voltar para o esquema antigo de ter mais terror e estratégia para combater os inimigos, mas, com aquela movimentação q parece estarmos dirigindo um ônibus não dá mais, até a movimentação dos RE 4 e 5 já é ultrapassada.
    A Capcom teria q se basear no Dead Space para reformular o RE tanto na jogabilidade quanto no terror.

  • Squallnathan 5 anos atrs

    Acho que a Capcom deveria deixar a franquia Resident Evil descansar por um tempo. Os jogos mais novos não são ruins, mas acho que deixaram de ser Resident. Por mais que alguns fãs clamem pela volta da jogabilidade antiga e câmeras fixas, acho difícil, leia-se impossível, de voltarem.

    Acredito que o modelo dos jogos antigos funcionavam bem por causa das restrições técnicas impostas pelos consoles das gerações passadas, coisa quase inesistente nos consoles atuais.

    Uma coisa que eu adorava nos jogos antigos de RE eram os puzzles de fritar os miolos, coisa que o 4 e o 5 não tem. E ainda acho que zumbis podem funcionar e surpreender sim, vide os de Resident Evil Remake, do GameCube, que se fingiam de mortos e do nada se levantavam e corriam atrás de você.

    No mais continuem o bom trabalho. =D

  • Marcio 5 anos atrs

    Ótimo cast mais uma vez. Parabéns manolos. Acredito que a Capcom deveria fazer uma mistura dos jogos antigos com a jogabilidade de dead space. Os zumbis podem surpreender sim, apenas estão sendo usados de maneiras que não assustam mais. Continuem com o ótimo trabalho.

  • Meh. Baixei essa edição pra ouvir news e acabei ouvindo 30min de mi mi mi de fanboy, sinceramente!

    Eu sou muito fã da série Resident Evil. Joguei muito RE 2, fazia até speedrun quando era mais novo. Mas o jogo não envelheceu bem. A geração atual não admite mais esse tipo de mecânica, se você quer um jogo decente em crítica e vendas, então tem que se adaptar, e foi isso que a Capcom fez com RE 4 e 5. Adaptou da melhor maneira possível. Se alguém me perguntar qual o melhor jogo da série hoje em dia eu vou dizer, sem dúvida, que é o Resident Evil 5.
    Ou vocês acham que, se eles mantivessem a jogabilidade de tanque e a câmera fixa, os "fãs" não iriam reclamar? Diriam que a série ficou perdida no tempo ou que precisava evoluir. Jogadores novos diriam que os puzzles são muito difíceis, os críticos dariam nota baixa alegando que a dificuldade é muito alta. Fora que o roteiro acabaria se tornando repetitivo se eles não introduzissem algum novo tipo de ameaça uma hora ou outra.
    Se não acreditam vejam o que o povo fala de Metal Gear Solid e Final Fantasy por aí.

    A idéia é: deixem a Capcom criar, pessoal! Eles já criaram e moldaram grande parte da indústria de hoje em dia com Resident Evil, Megaman, Devil May Cry e Street Fighter. Eles sabem o que estão fazendo.
    Se vocês não gostam do rumo em que as coisas vão indo é melhor ir fazer seu milésimo speedrun do RE 2 por que não há sinais de mudança a vista.

    • Em primeiro lugar Mi mi não amigo. Você sabe o que é um debate ? parece que não. O brasileiro as vezes tem o péssimo costume de não saber ouvir críticas, isso é tão elevado ao extremo que até mesmo críticas direcionadas a uma terceira pessoa, ou no caso há uma franquia, criam desconforto. Acredito que você entendeu errado nossas críticas, porque parece ser inteligente.

      Em segundo lugar: Se adaptar ao mercado e receber boas críticas não quer dizer que você precisa perder sua essência e destruir todo um legado, principalmente desvirtuar do que você sabe fazer de melhor.

      Puzzles muito dificeis em nenhum momento iriam trazer críticas ao game, ainda mais em se tratando de Resident Evil, que pelo menos na minha opinião nunca trouxe puzzles exagerados em sua dificuldade, e sim puzzles inteligentes e desafiadores, mas ai claro vai de cada um.

      Se você achaResident Evil 5 o melhor jogo da série, você é uma minoria amigo, não se esqueça disso, aliás é o primeiro que lembro de ter visto escrever isso, mas respeito sua opinião, ao contrario de você.

      Em terceiro lugar: Metal Gear Solid não saiu dos trilhos e não se desgastou como a franquia Resident Evil, a sua comparação nesse caso é sem propósito algum, já no caso de Final Fantasy o problema é bem maior e diferente também, porque atingi todo o gênero dos RPG's japoneses, mas que no momento não vem ao caso.

      Para finalizar, a Capcom não está acima do bem e do mal, como nenhuma empresa está, se ninguém tiver o direito de críticar ou pelo menos debater sobre seus jogos e franquias, vamos todos estar nivelando nosso senso crítico nos piores exemplos.

      E se você não gostou de alguma coisa que escutou no cast, sem problemas amigo, a liberdade de expressão é uma via de duas mãos, o direito é todo seu e respeito.

      Somente peço que antes de críticar qualquer trabalho que é feito de graça e em cima das melhores das intenções, você seja um pouco menos irracional e tenha um pouco mais de respeito pelos envolvidos.

      OBS: Há não ser que você esteja pagando por isso ? Você está ?

      • Em primeiro lugar: pessoas que precisam colocar as respostas em partes (primeiro, segundo, terceiro) geralmente estão teclando de cabeça quente e não conseguem organizar as idéias em um texto fluido, se eu fosse um troll ou coisa parecida eu ia estar morrendo de rir só de ter tido respondido de tal maneira o meu comentário — não precisa entrar em fúria só por que alguém discorda de você na Internet, cara.
        Em segundo lugar: Entendeu?

        LOL! Vocês têm um problema em receber críticas, pude notar. Não vou rebater porque respeito sua opinião assim como você respeitou a minha, só corrigir um detalhe:
        No caso do Metal Gear Solid e do Final Fantasy eu não disse que "sairam dos trilhos", preste atenção, eu disse que NÃO sairam, a crítica mais comum ao Metal Gear Solid (minha série favorita) hoje em dia é a de que os controles são atrasados e confusos. E a crítica mais comum ao Final Fantasy é a de que é muito linear e conta com personagens, elementos e situações repetitivos. Meu ponto é que resident Evil iria encarar uma situação muito parecida se continuasse com os mesmos controles e roteiro hoje em dia, sacou?
        No mais relaxa pessoal. Como eu disse: EU me decepcionei com o conteúdo do cast, mas pelo jeito eu tenho mal gosto, segundo sua enquete eu fui a única pessoa no mundo que gostou de Resident Evil 5. :-)

        • Estou longe de ficar de cabeça quente amigo, até porque meu recado foi direto e totalmente direcionado a você e a seus argumentos, quem partiu para um discurso pobre e para a agressão gratuita foi você, no momento que citou "mi mi de fan boy". Sobre receber críticas, se você se informar um pouco e escutar nossos casts anteriores, pode ver que inclusive pedimos críticas e citamos elas em nosso cast. Costumo não responder trolls, apenas respondi você porque queremos debater qualquer crítica, não importa de quem seja. Não vou me extender mais nisso amigo pois ao contrário do que você disse, não gosto de confusão e muito menos de "trollagem" gratuita. Quando você criar seu trabalho, seu site, podcast, o que for. Eu volto a falar com você e discutir qualquer assunto. Mas por enquanto o que você diz ou deixa de falar é totalmente insignificante para nós.

          OBS: Não estou falando de cabeça quente e sim somente sendo sincero "champz". Desculpa qualquer coisa. :)

        • O Chefe 5 anos atrs

          Cara.

          Desde o inicio do programa e também no programa passado agente expressou nossa opinião sobre a serie Resident Evil, inclusive algumas vezes nossos integrantes entraram em divergência, mas o debate geral é sempre para tentar entender o que aconteceu com a série e procurar ideias que tragam de volta o brilho de um grande game tanto para a critica quanto para o publico.

          Esse e o nosso estilo, nos expressamos o que estamos pensando é nossa marca registrada.

          Não gosto da nossa opinião?

          Não tem problema, expressa a tua opinião de forma sincera e com respeito, porque aqui no blog pelo menos não tem nenhuma criança e todos nós sempre tratamos todos com respeito e esperamos sempre tratamento do mesmo nível.

          Mimimi de fan boy cara mostra o quanto tu és um cara que não sabe respeitar o próximo.

          Você quer começar a dar uma opinião desrespeitando quem pensa diferente de você?

          Isso ai hoje em dia tem nome na internet, se chama "trollagem" que nada mais é que a forma moderna e bonita de chamar alguém de "babaca".

          Meu amigo "Moro" que eu conheço a mais de 10 anos com certeza não esquentou a cabeça com você, na verdade ele e o cara mais cabeça fria que eu conheço quando se trata de lidar com alguém como você que faltou com respeito desde o seu primeiro comentário, e depois em vez de ficar bem quieto ainda vai de novo e mais uma vez amplia mais ainda a falta de respeito.

          Queria aqui fazer um apelo pelo debate inteligente nos games. Temos um blog há 3 anos não ganhamos um centavo com isso, encaramos todas as crises, fazemos isso aqui por amor a esta arte, fazemos por amor aos videogames e é desestimulante esse tipo de critica.

          Peço desculpas à galera do fenixdown que com certeza já deve ter lidado com este tipo de situação, mas enfim estamos na casa dos outros tendo que dar a devida resposta a um amigo "troll", criado a Ovomaltine, a chamada geração leite com pera, que não tem idade física que determina seu fim, e sim idade mental de quem não tem o que fazer e competência para fazer melhor acabam sempre se contentando com a critica de baixo nível.

          Mas a vida te ensinara a ser menos agressivo e a expressar melhor tuas opiniões, tu pode ter certeza disso.

          Muito obrigado.

          • Bom, de nada. Eu não ataquei ninguém em particular, falei mais do clima do podcast em geral. Acho que um ataque pessoal seria algo tipo "troll, criado a Ovomaltine" (que gera uma imagem mental até que engraçada, mas poderia ser ofensivo pra alguém mais imaturo).

            Sério, cara. Vai me dizer que vocês têm um podcast de 38 edições e nunca receberam uma crítica como essa minha? 5 palavrinhas que eu usei mobilizam vocês tanto assim (mi mi mi de fanboy)?
            Se você está se gabando tanto do seu "profissionalismo" poderia agir um pouco mais de acordo com ele, absorver a crítica, analisar porque ela foi gerada e responder com ações — confrontar críticas diretamente é um sinal de fraqueza. Se o crítico está certo você deve mudar, se ele está errado você deve ignorá-lo — mesmo eu que não tenho um podcast e fui criado a leite de pera com ovomaltine sei disso.

            P.S.: Pelamordedeus, irmão! nunca mais me use esse argumento de "você não consegue fazer melhor então não pode criticar" Esse é o maior sinal de imaturidade do mundo! Você não precisa ser padeiro pra saber quando o pão é ruim. Só precisa ter boca.

          • O Chefe 5 anos atrs

            Para finalizar.

            Conta ignorancia não existem argumentos.

          • Pois é… mas vocês viram que eu tentei!

    • Henri Zombie 5 anos atrs

      Acredito que o nosso amigo Gaspar não é fã da série, até pq falar que RE 5 é o melhor de todos é bem resposta de quem gosta do jogo e não da história. Os controles antigos não foram defendidos em nenhum momento, até pq seriam saudosistas e restritos demais nos dias atuais. Mas a crítica foi para o desenrolar do jogo e a perda do terror e a aplicação de mais ação, apenas isso. Não sei pq esse comentário fora do contexto do que foi falado. Abraço.

      • Muito pelo contrário! Eu acho que a história teve um arco excelente na era PS1, se eles continuassem mexendo ia saturar. Acho que o caminho que tomou a partir do RE4 foi ideal, juntaram uma nova ameaça com partes da mitologia original. O RE5 ainda marcou o retorno de personagens esquecidos e agregou elementos novos que seriam muito difíceis de implementar com a jogabilidade ou narrativa antigas.
        Se for perguntar qual Resident me deu mais horas de diversão vou ter que botar minha venda da nostalgia e dizer RE2, porque joguei ele muito na minha adolescência, mas se me perguntar qual eu iria preferir jogar agora eu teria que ser sincero e dizer RE5, porque esse é o ápice da série.

    • KrazyFox 5 anos atrs

      Eu não acho que o Gaspar tenha tido intenção de ofender com o "mimimi de fanboy", mas acho que ele exagerou mesmo. Eu discordo da opinião dele, o cast foi muito sensato muito analítico, se vocês fossem fanboys estariam endeuzando os jogos clássicos e não foi o que aconteceu, vocês expuseram várias falhas dos jogos antigos como os clichês na história e a jogabilidade, e apesar de terem expressado que pessoalmente não gostaram do rumo que a série tomou, admitiram que não ficou ruim, só saiu da proposta inicial do jogo.

      Talvez o Gaspar tenha tomado essa liberdade no comentário por que vocês também disseram várias vezes que quem gosta de Resident Evil 4/5 é a "gurizada", mas também tenho certeza que vocês não tiveram intenção de ofender ninguem. =P

      Eu concordo com a opinião do Gaspar em relação à RE5, pra mim ele é o melhor da franquia, simplesmente porque foi que mais me divertiu, o que mais me agradou. Eu tinha todos 3 no PS1, mas não joguei porque não gostava, meu irmão era quem gostava, eu preferia Dino Crisis 2. Só comecei a gostar de Resident Evil à partir do 4. Mas como já disse, discordo da opinião dele em relação ao Cast e duvido que ele tenha escutado os 30minutos, pois vocês até deram sugestão de como acham que seria uma evolução legal pra franquia, não disseram em momento nenhum que o jogo só prestaria se continuasse com a mesma mecanica dos clássicos de PS1, todo o questionamento que o Gaspar tá fazendo foi feito pelo "Advogado do Diabo" dentro do cast (desculpa, ainda não decorei quem é quem no cast =P).

    • gamerinconstante 5 anos atrs

      Cara, concordo com quase tudo o que você disse. Eu acho que pra todo novo lançamento de uma antiga franquia, teremos "viuvas" que lamentam muito "aquilo que se perdeu" prontos a criticar muito do que surge, ávidos por um "remake em HD" de um jogo velho, quando tantas idéias novas podem ser experimentadas.

      Gostei demais de Resident Evil 4 e 5, as inovações na jogabilidade foram completamente bem vindas (mesmo que ainda não dê pra andar e atirar). Metade dos medos que eu sentia quando joguei os primeiros REs até Veronica era o de não conseguir "manobrar" o personagem para desviar dos inimigos. Não que sejam jogos ruins, longe disso, curti jogar cada um deles. Mas também acho que reclama-se demais de fatores que foram evolutivos e positivos para a série.

      Quanto a questão do fator "retomar o horror em RE", o pessoal do Cast e aqui dos comentários pode discordar de mim a vontade… mas eu fiquei com o c* na mão quando joguei a expansão "Lost in Nightmares" do RE5. É uma pena muito grande que seja tão curta… Mas só o fato de estar naquela mansão, os corpos caindo do nada, as partes em que você deve se virar sem arma nenhuma… Eu quero mais daquilo no meu Resident Evil!

      E é estranho… os mesmos que criticam um novo jogo, com uma nova jogabilidade para um cenário/situação antigos (Operation Racoon City) clamam por um remake de Resident Evil 2 com uma nova jogabilidade… Pode não ser EXATAMENTE a mesma coisa, mas são situações bem parecidas.

      O lance de se perder na história ou na franquia também é questionável. Se por um lado o RE4 funciona realmente como um jogo mais solto, sem tanto da mitologia de Resident Evil, o 5 vem para dar uma aparada nas arestas e ligar os pontos, fazendo com que a "nova mitologia" do RE4 faça algum sentido. Eu não achei um sacrilégio matarem o esquema de virus e substituirem por parasitas, isso pouco importa. Pra todos os efeitos a Umbrella é uma empresa a procura de armas biológicas eficazes, o mercado exigiria dela diversificar sua linha de produtos.

      E não entendi o seu "mimimi de fanboy" como algo agressivo aos casters, entendi mais como algo pejorativo, sei lá…. é algo que algum amigo meu falaria pra mim se eu falasse algo do tipo "jogo bom mesmo era Megaman 2", mas eu não levaria tanto como ofensa como os apresentadores do Cast levaram.

  • KrazyFox 5 anos atrs

    Ow, eu invento de ouvir podcast enquanto jogo Team Fortress (ou algum outro jogo) aí depois não sei nem o que comentar. XD

  • espantalho555 5 anos atrs

    Muito bom o cast! Me deixou bem surpreso. Uma mistura de cast temático e de news,
    As partes em que passava o áudio do RE 1 também ficaram muito legais. A edição ficou muito bem feita mesmo, parabéns.

    Quanto ao residente evil… é meio complicado falar da série, vcs fizeram um debates muito bom sobre como a série se transformou e não é mais a mesma desde o Code Veronica (dá pra perceber que vcs são mesmo muito fãs da série). O Problema de Resident Evil 4 e 5 é que eles não são jogos ruins, pelo contrário, eles ótimos jogos de ação e é por isso que muito fãs não conseguem engolir, porque se fossem jogos péssimos seria mais fácil de odiar hehehe
    O RE 4 revitalizou a série, mas essa revitalização teve o custo da série perder completamente o clima de medo que ela tinha no começo, uma pena.

    Aí a Capcom, em vez de tentar ajudar, fica querendo tirar até o onde não der mais da série, relançando os jogos antigos e insistindo em tentar consertar o "samba de criolo doido" que a história da franquia se tornou. Cara, Raccoon City foi destruída no RE 3! E a produtora ainda insiste em revisitar ela de tempos em tempos, tudo em vão…

    Bom, a discussão sobre RE poderia durar horas, (E olha que eu nem comentei sobre a saída do Shinji Mikami), mas é melhor parar por aqui…

    • Valeu espantalho. Exatamente cara, a ideia foi fazer um cast mistura de tematico com news. Apesar dos elogios, o formato ainda está em testes, vamos evoluir ele ainda. :) O assunto rendeu bem mais do que foi para o ar, quem sabe mais a frente não voltamos a esse assunto, mas agora com a participação de ouvintes. :) Abraço camarada e mais uma vez obrigado.

  • Mas eu não estou trollando. Trollar é quando você finge que está falando sério, mas está fazendo um tipo de pegadinha se aproveitando da anonimidade da internet. Se a conversa degenerou para um tipo de flamewar não foi bem minha intenção, é que o pessoal não aceitou minha opinião contra eles.
    E por favor, amigo, não chame gente que você não conhece de otário, você não tem idéia do peso desse tipo de palavra — acaba sendo mais maléfica pra quem falou do que pra quem recebe por que permite à segunda parte baixar o nível.

    • O Chefe 5 anos atrs

      Cara tu e chato.

      • R0g3rTh4t 5 anos atrs

        chato é quem não sabe receber criticas… o cara nem falou nada ofensivo… e toma ai TODOS comentarios de vocês negativadassos por não saberem aceitar uma opinião diferente..

  • KrazyFox 5 anos atrs

    Concordo plenamente que a Capcom tá cagalhando muita coisa. Megaman tá simplesmente morto porque ela não tem a capacidade de entender que não tem o que melhorar em Megaman, continua a série X em 2D e pronto. Ao invés disso mais ou menos que continuam a série clássica que bem menos gente gosta… e em 8-bits… WTF!!

    Onimusha não se houve mais falar, Dino Crisis foi pro saco, os excelentes plataformers que faziam no SNES com os personagens da Disney… never more… e assim segue a capcom… com Dark Void, Bionic Comando, Lost Planet 2…

    Claro que a Capcom ainda acerta com vários jogos, mas também caga um bocado (assim como algumas outras grandes developers japonesas atualmente). =P

  • diegogc 5 anos atrs

    Então, to vendo aqui a discussão daqui de cima e não queria me meter, mas aqui vai a minha opinião sobre a discussão entre o Gaspar e a galera do overcast:

    Eu vejo games como algo passional. A prova disso é a existencia de fanboys de consoles, de games e etc. Sonystas, caixistas e nintendistas são as piores raças do mundo. Não da pra conversar. Antigamente, quando alguem fala mal de uma franquia que eu adoro, eu comprava briga. Hoje nem tanto. Ainda mais na frente de um site de games é necessário a imparcialidade. Se eu falo mal de um jogo e alguem nao gosta, procuro ouvi-lo e estimular ele a trazer seus argumentos para que aconteça uma discussão sobre os pontos não sobre as pessoas. Não estou apoiando nenhum dos lados. Apenas quero dizer que é uma questão de gosto. Ninguem é igual a ninguem, e ai esta a grande graça. Se alguem falou algo que você não gostou, peça para que ele argumente melhor, ou traga seus pontos a vista. Vocês se perderam na discussão. O ideal seria falar sobre os RE do passado e do presente.

    Eu por exemplo defendo o RE5, sou uma parte da minoria que curtiu esse jogo, mas tb curto os RE antigo. O lance é que nao tem como trazer a jogabilidade dos antigosa tona hj, assim como nao é possivel trazer a jogabilidade dos castlevanis classicos para a nova geração sem mudarmos dessa maneira tb.

    Adoro o do trabalho do pessoal do overcast, tanto que os caras tem o espaço deles aqui no Fênix Down e respeito sinceramente a opinião dos caras. Tudo bem que o Gaspar nao gostou do cast e expressou sua opinião. Porem, acho que tudo começou com a primeira frase dele falando "mimimi de fanboy" afetou os caras (ninguem na face da terra gosta desse rotulo) da mesma maneira que ele começou o comentario dele no review de castlevania com a frase "Agora sério, pessoal da turminha "Esse Jogo Não Deveria Se Chamar Castlevania"… ", mas e dae? O cara trouxe pontos bons, e batemos um papo legal sobre o assunto. Da mesma maneira que trouxe pontos legais tb sobre a evolução do RE. Ao mesmo tempo o Alexandre falou coisas que eu tb concordei como, por exemplo, os puzzles de RE antigamente eram mais desafiadores e eu concordo que o jogo perdeu um pouco da sua essencia nessa nova geração. Atualmente ele esta mais para um jogo de ação que para um survival horror.

    Gente, vamos falar de RE q é o q mais importa. Sei que a coisa desandou já. Criticas eu ouço o tempo inteiro, olha o meu trollzinho no review de castlevania:

    "Bah…que review de *****!!!
    As partes em que falaram mal do final extra e de como ele não é um Castlevania só demonstra a ignorância de vocês.Tanto para com a história do jogo como para com a história geral do Castlevania…lamentável que isso foi o que restou do NowLoading."

    Chamei pra um bate papo, estamos ae pra ouvir a opinião da galera q é a nossa audiencia.

    Gaspar, galera do overcast news, e pessoas do juri popular. Vamos se atenter ao conteudo. Parabenizo o overcast, e parabenizo o Gaspar tb que é um leitor assiduo do site e comenta sempre. Ele é um exemplo de participação aqui dentro, assim como o pessoal overcast é um exemplo de conteudo de extrema qualidade dentro do site.

    Abs e Resident Evil 5 é bom pra cacete =)

    • FernandoX 5 anos atrs

      EU ODEIO O DIEGO, FANBOI DE COISAS VERDES! VOU RAQUIAR SEU SITE E MATAR ELE QUE NEM UAITE MAJE VAI CONSEGUIR RELAR MAIS
      RIARIARIARIARIARIARIAR
      SOU MUITO MAIS O FERNANDO GATINHO, SAI E DEIXA TUDO PRAELE

      • diegogc 5 anos atrs

        Fernando, se atenha ao assunto resident evil.
        obrigado.

        ps: tem q ter paciencia com o Fernando, ele é outro tipo de problema.

    • Pô verdade, vou ter que admitir, que de vez enquando minha abordagem é um pouco agressiva, mas a minha opinião é sincera (não sou troll). E acho que fui um dos culpados pelo flamewar, se eu tivesse começado meu comentário um pouco mais ameno e sem ser tão "honesto" talvez a discussão fosse para outro lado.
      Mas, logicamente, eu não retiro meu ponto de vista.

      • diegogc 5 anos atrs

        Te parabenizo pelas palavras e pelo reconhecimento =)
        E concordo que RE5 é bom =D

    • O Chefe 5 anos atrs

      Caro Diego.

      Desde o primeiro instante foi sempre respeitada a opnião do "Gaspar", sinceramente cada um gosta daquilo que o diverte mais e nunca estariamos discutindo um ponto de vista.

      Nós temos nosso blog a 3 anos e sempre trabalhamos de forma profissional e realmente não adimitimos falta de respeito de nenhuma forma, e quando se trabalha sério toda semana com pauta leitura e empenho é realmente decepcionante alguem chegar e dar uma opnião da forma como ele deu.

      Respeito que seja seu leitor e como ja falei anteriormente pedimos desculpa pela discusão na "casa" dos outros, na nossa casa minha atitude seria simples eu deletaria um comentario que inicia com uma ofensa.

      Acredito que na primeira resposta o Alexandre já tinha deixado claro nosso ponto de vista de respeitar a opnião do amigo Gaspar e de que ele tinha pisado na bola ao se expressar daquela maneira.

      No mais lamento o ocorrido e nossa vida fica inalterada pois não é o primeiro nem o ultimo que vem colcoar agua no nosso choop.

      Mais uma vez desculpas pela confusão na tua casa.

      Abraço

      • diegogc 5 anos atrs

        relaxa cara, aqui a casa é de todos.
        O site pode ter só 3 meses, mas ja trabalho com isso a 3 anos e sei como é.

        Ele mesmo ja adimitiu que a abordagem inicial dele foi um pouco agressiva o que gerou revolta e troco na mesma moeda.
        releia o comentario dele sem a frase inicial. Foi um ótimo comentario na minha opinião =)

        Bah, nao quero clima ruim aqui no Fênix Down não. Bora discutir games que é o mais divertido ;D

  • Alexandre 5 anos atrs

    Exatamente Diego. Tudo começou com a primeira linha do comentário e isso gerou todo esse flamewar. Poderíamos ter ignorado o comentário do Gaspar, mas como ele iniciou de uma maneira totalmente agressiva, tínhamos nosso direito de resposta, uma pena que a discussão continou, pois não deveria. A abordagem do comentário era totalmente válida e iríamos discutir numa boa seus argumentos.

    Sobre RE5 foi falado mais de uma vez que o game é bom, mas não se encaixa como um bom game dentro da franquia RE. Quando citamos a "minoria" falávamos de uma minoria que considerava esse game o melhor de toda a franquia, mas claro isso é apenas a nossa opinião, isso seria exposto de uma maneira natural se a abordagem fosse outra.

    O que fica disso é que eu espero que o Gaspar ou seja quem for compreenda que por mais que ele não goste de alguma coisa, ou discorde de algum fato, devemos sempre respeitar ao máximo os envolvidos nele, seja um site ou seja outros leitores. Discordar faz parte de qualquer debate e sempre devemos questionar, isso é ótimo e sempre vamos apoiar, mas claro tudo isso deve começar com respeito de ambas as partes, sempre.

    O que precisa ficar claro é que apenas defendemos nosso trabalho que foi agredido gratuitamente. No próximo flamewar que acontecer não vamos nos intrometer, pois que nem o Diego falou discutir games é o mais divertido.

    OBS: Diego, RE 5 não é bom pra cacete cara. :D

  • Alexandre 5 anos atrs

    RE 5 não é um jogo ruim, até elogiei ele no podcast, o KrazyFox está ai para não me deixar mentir. kkk.

    Aliás no momento por incrível que pareça é um dos jogos que estou jogando e terminando ele. :D A crítica forte que faço é em cima do enredo do game e sobre a jogabilidade que na minha opinião poderia ser bem melhor implementada, ela funcionava muito bem na geração anterior em RE 4, mas na atual deixa a desejar, pois se encontra limitada e travada em alguns aspectos.

    Exatamente ele não é um RE no estilo clássico, RE é uma franquia que marcou por seu enredo, puzzles e seu clima survival horror e não por sua jogabilidade, que sempre foi travada e ruim. RE 5 é um bom jogo, mas não trás de maneira acentuada essas 3 características sempre presentes na franquia.

    • diegogc 5 anos atrs

      simplesmente evoluiu nos aspectos que menos marcaram ele…
      concordo que o 5 nao tem puzzle, nao tem horror e o enredo é fraco… mas a historia anda cagada desde o 4 já
      A jogabilidade travada é coisa da engine que é a mesma do 4. Que venha RE6, e quero passar longe do operation racoon city, pelo menos, por enquanto

  • Alexandre 5 anos atrs

    Com certeza, desde o 4 o enredo da franquia anda fraco. A franquia precisa voltar a revolucionar, claro isso não é fácil, mas o objetivo maior deve ser esse, ser revolucionário e trazer de volta o que a franquia tinha de melhor.

    Somos 2 cara, até agora pelo trailer divulgado, eu também irei passar muito longe do RE: Operation Racoon City, assim como passei longe do RE: Outbreak no passado. Mas vamos aguardar mais detalhes.

    • Talvez seja meio a forma como encarar o desenrolar da história… Eu concordo com o lance do enredo do 4 ser fraco, é bem estranho e solto (beirando o WTF) o lance da filha do presidente dos EUA ser sequestrada por uma seita baseada na Espanha e justamente o Leon ser chamado para investigar.

      Mas eu não acho o 5 tão ruim como pintam em matéria de roteiro. Bom, temos Chris atrás da parceira perdida, o envolvimento entre Umbrella e Tricell, o destino de Wesker e Birkin, as origens do T-Virus… Tem bastante coisa interessante acontecendo nele, e eu gosto da forma como foi desenvolvida a história.