Boa tarde amigos.

Chegamos com mais uma edição do Overcast News o seu podcast semanal de games do Blog #Programadoresdejogos.

O programa de hoje é muito especial, pois estamos estreiando um novo formato em nosso podcast.

Agora você vai conferir ele também em vídeo.

Sempre acreditamos que essa é a evolução natural dos podcasts, e apartir de hoje o Overcast News irá dar o start nessa nova empreitada.

Você ouvinte do Overcast News será muito importante nessa transição, deixe seu comentário com seu feedback sobre nosso podcast e suas sugestões para o mesmo.

Não deixei de participar. :)

No programa dessa semana você confere:

– Leitura de comentários
– Surgem novas notícias de Max Payne 3
– Estúdio Remedy pode estar produzindo Alan Wake 2
– Sega anuncia novo Sonic para Xbox 360 e PS3
– Jogo secreto da Capcom atrai atenção do público
– Games que estão sendo jogados atualmente por nossa equipe
– Bônus

Gravação: 08/04/2011
Participantes: O Chefe, Moro, Henri Zombie, Duff Reed e Roni
Duração: 51 minutos

Overcast News – Versão Vídeo:

Para baixar este podcast, clique aqui (clique com o botão direito em “Salvar link como…”)

Feed do Overcast News:

http://feeds.feedburner.com/PodcastProgramadoresdejogos

Link no Itunes:

http://itunes.apple.com/br/podcast/programadoresdejogos-veja/id416966929

Mande suas críticas, elogios e sugestões para:
contato@canalprogramadoresdejogos.com.br

Bom programa a todos.

Podcaster, “Garoto de Programas” (Programador PHP e Delphi) e modelo da NASA nas horas vagas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

22 Comentario(s)

  • KrazyFox 5 anos atrs

    Ô loco, 1 hora de video… infelizmente minha internet não permite, baixarei só o áudio mesmo. =/

    Ouvindo aqui, depois comento, quero só ver (ouvir) a leitura de comentários. XD

  • Tenta olhar o vídeo Krazy, tem algumas surpresas no cast, mas só na versão em vídeo. :D

    • KrazyFox 5 anos atrs

      Então darei uma olhada, depois eu tento baixar ele e assistir.

      ______
      Finalmente assisti o video. XD
      Pobre Sonic, o caso mais decadente de celebridade dos games em fim de carreira. hsausahusah!
      E PQP… triple facepalm pra esas campanhas de marketing dos anos 90. >__>

      Mas deixo uma dica pro próximo episódio: Seria bom identificar no post em que partes do video estão os extras, assim quem ouviu só o áudio e quiser ver não precisa procurar pelo video inteiro, é só pular pra aquela parte e ser feliz. =P

  • Vou ser obrigado a discordar um pouco de vocês de novo… Claro, gosto é gosto, cada um tem o seu…

    Mas Sonic 4 é um bom jogo. Eu confesso que na primeira vez que joguei achei meio zoada a física, o lance do Sonic deslizar sobre o chão… Mas é algo que você para de notar depois de uns 10 minutos jogando, de verdade.
    A Sega passou um bom tempo perdidaça no lance da jogabilidade do Sonic, fazendo aquelas paradas 3d que eram ou toscas demais ou impraticáveis de jogar. E todo mundo ficava insistindo "volta 2d, volta pro clássico, volta pras raízes"… A Sega ouviu, fez o Sonic 4 que é um tributo aos dois primeiros Sonics, principalmente ao primeiro – a essência estava toda alí: fasezinha Green Hill Style, Fasezinha do Cassino, até uma Labyrinth Zone "revisited" rolou…
    Mais que isso, rolaram pequenas nuances na jogabilidade que fizeram Sonic se tornar um jogo mais rápido e divertido.
    O lance do "Target Jump", que pode ser usado inclusive durante a corrida para se aumentar a velocidade é um deles. Fora isso, tem a parada de andar sobre as cartas de baralho que voam na fase do Cassino, os puzzles com as tochas nas fases "Labirynth",e o último mestre, onde rola um desafio bem bacana.

    Tem pontos negativos? Claro que tem – além da física, o lance de você acumular mais de 300 vidas brincando é algo meio broxante… Mas Sonic 4, na minha opinião, está longe de ser considerado um erro da Sega ou um jogo ruim.

    • O Chefe 5 anos atrs

      Opa "Gamesincontante".

      Legal tua opnião veio, os outros guris do blog que jogaram mais sonic 4, eu acabei jogando muito pouco ele e senti a fisica um pouco estranha, depois tambem achei o personagem um pouco lento e este modelo "moderno", fininho e maguinho fica meio "desajeitado" em jogos 2D, os antigo modelo Sonic "gordinho" eu considero muito mais carismatico e encaixaria muito melhor no game.

      Votando a fisica, acho que um pecado na fisica de Sonic é um pecado muito brutal poque o melhor de Sonic é sua fisica, velocidade e precisão de controles, vamos lembrar que este game foi criado para mostrar ao mundo o qto o Mega Drive tinha um processamento mais rapido que o do SNES.

      Eu curti mais a versão feita por fãs, o HD REMIX, mas como ja falei joguei muito pouco ambos jogos, é uma analise de primeira impressão tanto para um quanto para o outro.

      Grande abraço veio.

      • Então, eu diria que 99% das críticas em cima do Sonic 4 são exatamente em cima da física… Quando você diz "o melhor de Sonic é sua fisica, velocidade e precisão de controles" eu digo que, na minha percepção do jogo, se por um lado a física é algo que incomoda nos primeiros momentos, a velocidade e a precisão são fatores que estão muito bem representados neste game.
        Se a gente for analisar friamente, Sonic 1 e 2 não eram jogos tão rápidos numa primeira vez que se joga – você precisa decorar onde estão os obstáculos, os espinhos, os inimigos pra realmente conseguir "correr pela fase". Eu fui jogar novamente os 2 primeiros Sonics recentemente no "Sonic's Ultimate Genesis Colection" no 360 e consegui perceber melhor isso – aliás, jogar esses jogos mais ou menos na mesma época que joguei Sonic 4 me fez perceber que esse último é sim um bom jogo.

        Um dos troféus de Sonic 4 consiste em terminar a primeira fase em menos de 1 minuto – Caras, quando me dispus a conquistar este troféu eu me senti jogando Sonic de novo, com os meus 12 anos de idade… cada pulo milimetricamente calculado, lembrando a posição de cada inimigo na tela… pra chegar no fim e passar por um centésimo de segundo…. Aquele masoquismo oldschool que todos nós gostamos de sentir!

        Não quero defender aqui que Sonic 4 seja um divisor de águas, um marco na história do Game Dev – como cada Mario novo consegue ser – só defendo que Sonic 4 é um bom jogo que merece ser jogado até o fim (até porque não é lá muito difícil).

      • KrazyFox 5 anos atrs

        Não joguei Sonic 4, mas o que eu ouvi dizer foi isso mesmo. No comecinho é meio estranho, mas depois o jogo fica muito bom. Dizem que o primeiro mundo também não ajuda, os melhores são os outros dois.

    • Alexandre 5 anos atrs

      Fala GamerInconstante.

      Velho exatamente, você disse tudo. Sonic 4 é um bom jogo, ponto. :D

      Na minha opinião os games antigos em 2D da franquia Sonic tinham um algo mais, pois eram excelentes e inovadores. Inovação é a palavra chave para a decepção que na minha opinião foi Sonic 4. Claro não podemos esquecer que a indústria mudou muito e a própria Sega não é nem sombra do que já foi.

      Mas Sonic 4 apesar de trazer a franquia de volta ao 2D, deveria trazer várias inovações em seu gameplay, o Target Jump foi uma bela adição ao game, apesar de já existir nos jogos 3D da franquia. A parada de andar sobre as cartas de baralho que você citou, é um ótimo exemplo de uma nova dinâmica de gameplay, mas ainda é muito pouco.

      Além disso o game errou em alguns pontos chaves da franquia, como a jogabilidade e principalmente a física, concordo que depois de um tempo x você se acostuma, mas isso não quer dizer que os erros não estão lá e devem ser concertados.

      A própria Sega admitiu que errou no episode 1 e promete corrigir esses pequenos problemas no próximo game. Vamos aguardar. :D

      Abraço cara e valeu pelo comentário.

      • Valeu Alexandre e Chefe, vocês entenderam exatamente do quê eu estava reclamando… Só acho um pouco de exagero quando se usa palavras como "fiasco" e "grande erro" quando se fala em Sonic 4…
        Talvez o meu "problema" tenha sido não criar nenhum hype em cima desse game, então quando me entregaram uma coisa meio "crua", mas com um temperinho legal, eu fiquei satisfeito.

        • O Chefe 5 anos atrs

          Beleza.
          Claro cara com certeza, eu acho isso uma coisa magica nos games, as vezes um ótimo jogo para uma pessoa é um péssimo para outra e vice versa, coisas como hype esperado e experiencia em outros jogos do genero contam muito na hora de dar opnião.

          O que eu mais gosto ao gravar podcast é ver alguem como você vir aqui, discordar e dar tua opnião, todos ganhamos com isso.

          Você ja tinha comentado antes ou usado outro nick?

          Abração

          • Olha, não sei… Eu comentei em cima do "flame" que rolou no último cast, concordando com alguns pontos que o Gaspar levantou.
            Eu antes usava uma conta "jluiz1981" do Intense Debate , mas não lembro de ter comentado algum post de vocês…
            Vou até fazer uma confissão: Ouvi pela primeira vez o Overcast bem antes de vocês terem feito a parceria com o Fenix Down, mas lembro de não ter curtido muito na época… Quando ví que vocês estavam por aqui eu torci um pouco o nariz pra baixar, mas falei – "pô, já ouvi tanto Nerdcast, Rapaduracast e até NowLoading que foi meia boca, não posso deixar minha opinião sobre os caras ficar em cima de um só podcast que eu ouvi".
            Tive a grata surpresa de a qualidade dos casts mais recentes estar bem superior!

            Ainda que vocês falem coisas que eu não concordo às vezes, dá pra ver que vocês fazem o programa com carinho e cuidado, que vocês entendem do que estão falando e que são sim pontos válidos, perspectivas válidas. Enfim, agora o cast de vocês é compromisso semanal obrigatório pra mim.

            Além do mais, é muito mais divertido quando a gente discorda – gera discussão, a gente aprende a ver as coisas por um outro ângulo e tira muito mais daquele cast do que tiraria de um que eu simplesmente abaixasse a cabeça pra tudo que vocês falassem e dissesse "essa é a verdade absoluta, obrigado Overcasters, meus amos e senhores".

          • O Chefe 5 anos atrs

            Cara com certeza véio.

            Nosso maior pagamento é um comentario de vocês dando um feedback para nós, outro pagamento muito valido é quando um comentario gera discussão produtiva e um debate legal, nós damos sempre opnião no Overcast por causa disto, queremos que vocês saibam o que estamos pensando e quando discordarem devem nos dar seus pontos de vista, eu realmente acho isso o maximo, é muito gratificante.

            Cara agente faz com muito amor mesmo esse podcast e gravar toda semana não é facil, mas somos guerreiros e honramos essa camiseta do #Programadoresdejogos que é um sonho muito antigo meu e do Alexandre que hoje se tornou uma realiadade.

            Enquanto tiver um ouvinte qurendo nos escutar pode ter certeza que estaremos gravando e tentando dar nosso melhor.

            Grande abraço

  • A repetição de Alan Wake não me incomodou muito, porém eu pude perceber que ela estava lá.
    Você vaga por muitas trilhas idênticas nas montanhas e na floresta e algumas partes do jogo realmente acabam se tornando incrívelmente chatas! Chega uma certa hora em que você não aguenta mais ver aqueles pássaros!! A história e personagens também são bem pobres e derivativas de livros do Stephen King, o jogo tentou fazer uma referência ao autor como uma homenagem e acabou copiando algumas das piores características dos trabalhos dele.
    Porém o que esse jogo teve de fraco por um ângulo teve de fascinante por outro. A estrutura da história em capítulos semelhante à de um seriado foi muito bem empregada e inovadora, assim como o foco na trilha sonora muito boa e variada, sempre sombria (com destaque para a banda de estimação da Remedy, Poets of the Fall que é FÓDA!), bem como o clima que não poderia ser mais soturno pingando nervosismo.
    O gameplay em si achei bastante terciário. Simples e efetivo, mas não muito inovador a não ser pela mecânica da lanterna.

    No geral, Alan Wake não é um jogo ruim, mas é um daqueles jogos que, quando você termina, já passa pra frente e esquece, não tem mais por que guardar. A não ser por um ou dois DLCs sem vergonha que eu, pessoalmente, me recuso a apoiar.

    • Eu joguei bem pouco do Alan Wake, estava curtindo o comecinho do jogo, principalmente a história – o lance de med de escuro da mulher dele e tal…
      Mas o fato dos inimigos repetitivos me incomodou demais. Eu não sei, quando jogava RE1, que tinha aquelas 2 variações de zumbi (camisa verde e camisa branca), aquilo não me incomodava. Eu entendia a limitação do console… mas quando você passa meia hora jogando um jogo que todos os inimigos usam a mesma camisa vermelha de flanela de lenhador, num jogo de 2010 – eu acho imperdoável. Posso ter dado um julgamento precipitado ao jogo, mas foi um que eu encostei há alguns meses pra nunca mais pegar nele de volta.
      A opinião do pessoal do Cast, bem como a sua, me deu uma vontadeziiiiiiiinha de jogar… mas bem pequena…

      Bom, minhas férias entram agora no fim de abril, quem sabe dou mais uma chance.

      • Henri Zombie 5 anos atrs

        Alan Wake vale a pena meu amigo, só que como eu falei no cast… é repetitivo, é… te deixa em alguns momentos muito entediado, com toda a precisão do mundo!

        Mas, é um jogo que te prende, saber o que vai acontecer e como tudo vai terminar, eu mesmo fui até a metade do jogo e tenho que continuar, e fiz tudo isso em apenas 1 tarde.

        Faço até as minhas palavras as suas, uma pena eu estar meio "sonolento" no podcast e não ter lembrado de falar coisas como tu citou agora, os inimigos são pessoas tomadas e são basicamente todas iguais para enfrentar… e o cenário é cansativo, e sim isso não pode ser comparado a jogos antigos que não podiam criar uma diferença maior por questões técnicas.

        Eu espero que saia realmente um Alan Wake 2, pois acho que vão acertar mais a mão em uma sequência do que seu original, considero um tipo de jogo que evolui com o tempo, são raros estes tipos, mas acontecem.

        • É, em casos como esses, onde os erros são coisinhas bestas, fáceis de se arrumar, é que a gente cria uma certa expectativa pra uma continuação épica.
          Espero que acertem a mão numa possível continuação (como especulada durante o Cast).

          Mas voltando ao AW1… quanto tempo estimado de gameplay numa jogatina normal (sem considerar o tempo rastejando em volta do cenário pra procurar os collectibles – as páginas do livro e outras porcarias dessas – , que eu acho uma das piores maneiras que os desenvolvedores de jogos encontraram pra falar que um jogo tem um "fator replay")

          • O Chefe 5 anos atrs

            Eu estou apostando que a continuaçã será multi-plataforma.

      • Acho que um dos grandes problemas do jogo foi mesmo o hype que rolou antecipando que ele ia ser incrível e ele acabou sendo só bom.
        Se tiver a oportunidade finaliza. Como eu disse: o jogo segue a linha de um livro do Stephen King, as vezes não é tão bom assim em algumas partes, mas sempre vale a pena ler até o final.

  • concordo, muitos games decepcionam no final (GOW 3 hahah), mas o jogo em si pode ser muito bom, mesmo com esse defeito

  • O que é complicado é quando a jornada é composta só de lenhadores de camisa vermelha de flanela

  • Anarcker 5 anos atrs

    Eu gostei muito de Alan Wake, mas infelizmente não tive como jogá-lo por completo.

    E no fim o site da Capcom era o Drangon's Dogma… que parece ser uma tentativa de RPG ocidental medieval da Capcom… não sei, vamos ver no que vai dar.

    Quanto ao cast, ficou bem legal o formato com vídeos e etc. \O