Todos os gamers já passaram por um trauma relacionado ao maravilhoso mundo dos jogos eletrônicos – seja uma mãe que adora chutar a tomada ou um amigo extremamente mala que joga melhor que você.

Neste episódios, acompanhe Panda, Baltar e Bubbles revelando seus respectivos traumas de infância e adolescência até serem interrompidos por um ataque repentino…

Categoria:

Sem categoria

Tags:

, , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

20 Comentario(s)

  • Junior 5 anos atrs

    Vocês se superam a cada vídeo novo.

    O único trauma que tive a respeito dos video games, era quando eu e meu irmão caiamos na porrada e ficavámos 1 mês sem poder jogar. Um mês pode não parecer muito, mas para duas crianças isso era o equivalente a uma vida inteira.

    Ela não reclamava quando me via atropelando pedestres transeuntes em Carmagedon, ou causando o caos em GTA, os únicos games que ela procurava proibir eram os de "terror" (Resident Evil 2) que ela sabia que iriam me privar do meu sono e por consequência do sono dela (ela não dormia enquanto eu e meu irmão não pegacemos no sono).

    Ela costumava jogar Super Mario Bros e Pacman no meu antigo Phantom System.

    • Cair na porrada com os irmãos era rotina em casa – éramos em 3 e cada um podia jogar 1 hora… o que acontecia era q eu "comprava" a hora dos meus irmãos, quase sempre na base do soco (isso só até eles ficarem maiores que eu)

      • Junior 5 anos atrs

        Nós brigavamos por tudo: pra ver quem ia ser primeiro a jogar, qual jogo iriamos jogar, se alguém perdesse para o outro em qualquer jogo etc.

        Nada como uma relação saudável entre dois irmãos.

  • mika_souza 5 anos atrs

    JESUS ADVENTURES!!!!!!!!!!!! AHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHU

    Cacete, que bom saber que existe bom humor assim no mundo videogamístico undergound brasileiro…

    Parabéns!

  • KrazyFox 5 anos atrs

    #PorraPanda

    Roubar o chinelo dos outros é foda! ù__u
    Tem mais é que apanhar mesmo! è__é

    • Não foi a primeira vez, mas espero que seja a última (ele realmente tava com o meu chinelo)

      • KrazyFox 5 anos atrs

        Odeio quando fazem isso comigo, principalmente quando (pra completar) ainda calçam com os pés sujos de areia com cola (porque você bate, bate, lava, e nunca aquela merda fica limpa de novo pro resto da eternidade). ù__ú

  • espantalho555 5 anos atrs

    Porra! Jesus Adventure já tem que virar o meme oficial do V8bits!!! hahahahahahahahahahah

    Meu trauma em videogames se resume a uma palavra: Nintendo 64

    O último videogame da Nintendo que tive, depois dele eu perdi minha fé na Big N. Todo mundo falando do Metal Gear Solid, do Final Fantasy e eu só podia jogar MORTAL KOMBAT 4 do N64!!!! Essa foi a época em que eu fiquei mais tempo sem jogar videogame, uns dois anos. Só voltei porque consegui um PSOne

    • Caaaaara! N64 foi meu videogame predileto (depois do PS2) – os dois Zeldas são clássicos, o Starfox é de morrer e o Mario Kart é o melhor até hoje pra mim! Mas MK4 realmente sucks no 64…

  • ThiagoSantosT 5 anos atrs

    caraca Jesus Adventure kopasskosakapkpso se tivesse pensado nisso poderia ter jogado mais diablo ate uma vizinha crente falar que o jogo era de satanas. Um trauma que tenho era na epcoa do SNES jogando uma fita desgraçada so superman dificil pra caramba o Snes ficava em cima de uma mesa com o fio atravesando meu quarto meu pai passa arrasta o fio quebra a fita e trinca a placa central do Super #tenso. Muito bom os videos de vc's continuem assim.

    • Uma vez eu tropecei no fio do PS1 (aquele maior antigo) e o videogame ia cair no chão – eu corri com a mão pra segurar e ele caiu de quina em cima da unha do meu dedo indicador! A unha arrebentou inteira, mas o videogame permaneceu inteiro!

  • Julio Baltazar 5 anos atrs

    Acho que meus piores traumas foram com o Mega Man 2: a fase do Flashman que fica escorregando, a fase do Heatman que tem os blocos de somem e aparecem, o dragão da primeira fase do Wily, e aquele chefe que vc precisa acertar os 7 tiros da arma do Clashman… :[ Eu desligava o video-game e ia chorar no quarto escuro (tinha uns 7 anos, acho).
    E a merda era tão grande que no Megaman 3 os chefes do 2 voltavam, só pra me fazer lembrar da humilhação que eu passei.
    Mas depois de 10 anos consegui novamente um cartucho do Megaman 2 e aí sim zerei aquele filadamãe e superei meu trauma, hehehe

  • Drugue 5 anos atrs

    Traumas com as nossas mães desligam nossos consoles pelos mais variados motivos vão sempre assombrar os sonhos de todos os gamers, acho que não tem ninguém que não passou por isso, mesmo que seja sem querer, aquela tropeçada no fio que acaba com o jogo.
    Acho que meu maior trauma tem a ver com minha mãe também, só que é um pouco diferente dos demais, minha mãe sempre gostou de jogos, desde que seja simples ela gosta de jogar, então os shooter eram a felicidade dela, até que um certo ouriço azul resolveu aparecer na memória do meu recém adquirido Master III, eu jogava aquele jogo como se fosse a ultima coisa que existisse no universo, eu precisava terminá-lo o quanto antes, principalmente pra zoar os amigos, eis que um dia eu chego da escola e minha querida mãe vem como sempre me receber com um sorriso e a noticia: "Terminei Sonic hoje!". Meu mundo caiu aquele dia, desde então eu só apresento um jogo pra ela quando eu já estou quase no final…rs
    Vocês estão se superando a cada semana, parabéns!

  • Meu maior trauma na verdade era um defeitinho basico do meu super nintendo, se vc desse resets em sequencia, nao importava a fita, ele zerava a memoria delas, entao sempre que um desavisado vinha na minha casa, eu tinha que proibir estritamente de dar resets, mas teve um dia que o fdp resolveu jogar FF 6 (que eu tinha a fita original e era o ff III americano), e ele acabou dando os resets em sequencia, eu ja estava no mundo alternativo das trevas e perdi meus saves =(, foi muito triste

    • Isso aconteceu comigo no Final Fantasy 6 e 7 por motivos diferentes – no 6 era um fita alugada que eu devolvi sem conseguir terminar (joguei 33 horas em um final de semana) e qdo fui alugar denovo na semana seguinte não tinha mais o save e no FF7 foi meu digníssimo irmão do meio que apagou o save do memory card.

      • Julio Baltazar 5 anos atrs

        Já aconteceu umas 4 vezes isso comigo no FF 6 (o 3 americano do snes… é, vcs conhecem essa história). Eu n sabia se era pela bateria fraca, mas eu evitava até de tirar o cartucho do snes pra isso n acontecer. w em todos os saves perdidos eu tinha pelo menos 30 horas de jogo.

  • Squallnathan 5 anos atrs

    Acho que traumas referentes a mães (quase) todos tivemos. Me lembro que minha mãe escondia os controles quando eu tirava notas baixas. Ela escondia num guarda roupas que ficava do lado da televisão, mas como eu era pequeno, nunca me veio a idéia de procurar ali. XD

    Um trauma recente meu é com God Of War 1 (pro PS3) tentando pegar o troféu de quando vc termina o Challenge of the Gods. PQP! Eu comecei por volta do meio dia e desisti na última fase, quase 7 horas da noite. Até hoje fico imaginando maneiras de como eu torturaria o FDP que programou aquela merda. ò.ó

  • rafael taira 4 anos atrs

    huhuauhuha ri muito pra não chorar com as suas histórias.
    Ma meus maiores traumas são coisas do tipo to na ultima volta da corrida ou na ultima fase/missão do jogo e ai começa a chover e a luz acaba. Isso me irrita muito da vontade de quebrar tudo quando isso acontece.