Details

Novamente roubando a coluna do Diego, Fernando X recebe Alex_Seph para comentar sobre o jogo da Rockstar que não é GTA: L.A. Noire!

Encarne no corpo de Cole Phelps e solucione mistérios na Los Angeles de 1947! Entenda o que um dos jogos mais esperados do ano tem a oferecer a mais do que uma simples jogabilidade sandbox e se essa é a promessa do novo adventure dos games. Comentamos desde as expressões faciais até a jogabilidade única e pedestres com sensor aranha.

Não esqueça de comentar no post e no youtube, deixar um dedinho pra cima e divulgar o vídeo!

Qualquer dúvida, sugestão, crítica ou elogio, envie para contato@fenixdown.com.br! E siga-nos no twitter : @fenix_down !

Confira também a versão em áudio da coluna!

Fernando X de Megaman X! Não de pornografia ou de Xuxa!

Facebook Twitter YouTube 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

24 Comentario(s)

  • arkyuu 5 anos atrs

    Comprei o L.A. Noire pouco tempo depois que saiu e não tive tempo de jogar, tirar ele da estante empoeirada e começar a jogar logo mais, fiquei com vontade agora. Pelo pouco que joguei, achei bem divertido tentar coisas novas e não ficar preso sempre ao mais do mesmo. Muito legal o review, pessoal! Já estava esperando esse há um tempinho!

  • lucasbronze 5 anos atrs

    Eu achei o jogo genial, apesar das falhas ficarem evidentes.
    Não é só a revolução no aspecto de captura facial, mas todo o contexto do jogo em si é um diferencial, no que se refere a questão de jogos da Rockstar. Eu enxergo esse jogo como uma retratação dos antigos point and click, praticamente uma evolução.
    Apesar disso, eu fiquei com aquela sensação (talvez por ter GTA e RDR na cabeça) de que um cenarios vasto como de LA foi mal aproveitado, já que não há mais nada para se fazer além das quests principais e os chamados secundários, como vocês disseram.
    Enfim, é um jogo que pra mim leva o status de "Deve Ser Jogado".

  • mathgss 5 anos atrs

    O jogo parece muito bom, e mesmo com alguns problemas a dublagem e captura facial já valem uma chance, no aspecto de ser em um mundo aberto mas não ter muitas coisas pra fazer, me lembrou do que falaram de mafia 2, talvez esse estilo de jogo siga mais pro adventure mesmo e só use um cenário grande e aberto como palco pra historia que é o foco.

  • Finalmente acho que descobri o 'tchan' que falta no jogo LA Noir: cadê a SECRETÁRIA!!!
    Como é que tem um Detetive e não tem uma Secretária datilografando relatórios enquanto o ventilador gira devagar :D

  • pedrowoyames 5 anos atrs

    Ainda não joguei LA Noire. Tá na lista de "esperar o preço baixar", mas essa coisa da investigação me deixou bem interessado. Pena que é investigação super e o resto meh, pelo visto.

  • Drugue 5 anos atrs

    L.A. Noire é um jogo que me impressionou desde o começo, acho que ele, assim como Spore e From Dust, impressiona tanto por ter uma mecânica diferente, ou por prometer essa mecânica.
    Ainda não tive a oportunidade de jogá-lo, mas já considero um must buy, ta na minha lista(que esta ficando gigante diga-se de passagem) e com toda certeza é um dos primeiros dela. Só queria poder jogar um demo antes pra ver se eu vou conseguir jogar o game…rs

    • From Dust ainda estou para ver, pretendo comprá-lo quando sair no Steam. Mas o Spore foi uma boa promessa que acabou não vingando muito. Tenho o jogo e todas as suas expansões, mas faz quase uns 2 anos que não toco nele, mais :P

      • Drugue 5 anos atrs

        Spore eu curto muito cara, não estou jogando por que estou sem tempo, mas tenho ele e tudo o que saiu e me divirto pakas, apesar de concordar que ele não cumpriu o que prometeu. From Dust ainda é promessa pra mim, mas quero pegar ele e ver o que ele realmente tem a oferecer.

  • brunopessoa 5 anos atrs

    não tenho a mínima vontade de jogar esse jogo!!

  • pedrohenri 5 anos atrs

    Eu acho que não teria paciência para esse jogo, me pareceu um bocado parado.
    Mesmo com a qualidade técnica elevada eu não gastaria 15 minutos nele, eu sei que vou enjoar depois de 10.

    • FernandoX 5 anos atrs

      olha, a trama te envolve mto bem! daria uma chance se fosse vc por isso!
      ele é mais parado q um fps com certeza, mas tem suas partes de ação tb

  • No começo estava com um hype muito grande pelo Jogo, mas aí eu vi que, apesar de muito bom, ele peca nessas partes que vocês apontaram no review

    desisti de comprar o game justamente por causa disso. Acho que quando tiver alguma promoção com ele custando uns 100 reais eu penso se adquiro ele ou não

  • Estava de olho nesse jogo desde antes do seu lançamento. Mesmo com os seus problemas, ainda assim ele me interessou muito. Estava quase comprando para PS3 quando saiu a notícia de que sairá a versão para PC até o final do ano. Então, adiei para aguardar esse definição.
    E o jogo não é sandbox, é "mundo aberto": você pode ir onde bem entender, mas não quer dizer que terá algo para fazer por lá. Igualzinho na vida real :)

  • Gabriel Perux 5 anos atrs

    Eu joguei e gostei bastante do jogo.. acredito q ajudou fazer 1 caso por dia, mais do que isso nao dava..

    é uma temporada de CSI mesmo hehe.. só que sem teste de DNA ;)

    eu recomendo pra quem tem um inglês fluente.. pq vc tem q saber do q eles estao falando.. nao adianta ter 1 ano de cursinho que vc nao vai se virar.. e vai acabar se frustrando..

    recomendo! ;)

    ps: estou vendendo um LA NOIRE semi-novo – Baratinho, p quem quiser ;)
    interessados entrar em contato ;P

  • Este comentário contém Spoilers de LA.Noire e dos filmes do Capitão América e Thor

    Já avisando que mesmo que eu tenha visto mais defeitos do que qualidades no jogo,ainda o recomendo,vamos começar falando da grande propaganda feita em cima do jogo que foi suas expressões faciais que é algo simplesmente impressionante,porém só evidencia a disparidade da qualidade das texturas do cenário e da movimentação dos personagens.

    A qualidade do voice acting é realmente impressionante e se une as expressões faciais para dar uma maior veracidade aos personagens

    O ponto forte da história está na sua contextualização,muitos casos envolvem muitos dos problemas sociais e econômicos que os EUA passaram durante o final dos anos 40,logo a personalidades das pessoas esta bastante presa ao seu contexo historica assim como o filme do capitão América em que temos uma visão do nazista típica dos estereótipos dados na época

    Sobre a jogabilidade ela seria inovadora pero no mucho,a mecanica de resolução de casos se assemelha bastante ao phoneix writh,investigar um local pra procurar pistas para utiliza-las na hora de interrogar alguém e contradizer o que ela estiver falando,porém é claro que melhor trabalhada,me lembra bastante ,porém tem um grave o problema que é o fato de muitas vezes não sabermos a reação que Cole Phelps ao apertamos o botão dúvida,quem pode gerar um simples indagação até mesmo acusar a pessoa de matar Madre Teresa

    O maior problema talvez seja os tiroteios e o sandbox que soa altamente desnecessário

  • WolvessS 5 anos atrs

    ainda n joguei esse ai! até pretendia pegar ele para PS3, + quando ele foi anunciado para o PC eu preferi esperar mesmo, vou esperar uma promoção dele em algum do sites de compra online, ou seja, vai demorar um pouco =)

  • KrazyFox 5 anos atrs

    Uncanny valey na cara dura. [/PQP que piada RUIM]

    Ainda não joguei esse jogo, tô só na vontade. >__>
    Vocês que jogaram, tem realmente esse lance de que você fica tão impressionado e se acostuma tanto com a tecnologia de expressões faciais, que depois você pega outro jogo que não tem isso (Mass Effect, The Witcher, etc) e só falta vomitar?
    A parada é realmente tão revolucionária assim? a pessoa passa mesmo a sentir falta disso em outros jogos? '-'

    • Cara eu não sinto para ser sincero,mas vou utilizar para estabelecer uma comparação como faço ao comparar as escolhas de mass effect com as de infamous por exemplo

  • SeoCrispim 5 anos atrs

    Parece legal, mas não tenho interesse de comprar.
    Quanto tempo em média se fecha a campanha?
    Se for num tempo razoável acho que vale uma ou até duas alugadas…
    Além disso, acham que, tirando os DLCs, o jogo possui um bom fator replay???

    • alex_seph 5 anos atrs

      Gastei em média 10 horas, mas não fiz todos os extras. Particularmente não acho que tenha um bom fator replay, já que independente das respostas dadas nos interrogatórios o rumo da história não muda.

  • Achei ótima a tecnologia que o jogo trouxe e provavel que futuramente ela dê ótimos frutos, mas ainda acho que ela ficou meio estranha, ficou muito discrepante a diferença do rosto para o resto do persongem o qeu fica estranho as vezes. Como na parte do review que mostra o "Parkmam", ele está com a cabeça muito grande e fica bem diferente.

    O jogo em si parece intereçante, mas a critica de tudo que é lugar não me animaram tanto para pergar já, mas quem sabe em um futuro com a versão com todos os DLCs eu compre ele.

  • mzacarias 5 anos atrs

    Cara, eu comprei esse jogo em pré-venda e me arrependi…

    Não por detalhes como Gráficos discrepantes ou por não ser um GTA, e sim pela porra do Doubt. FRUSTRANTE!!

    Curto muito seriados como House e CSI, assim como ficar ligado nos filmes pra tentar descobrir quem é o bandido antes do protagonista e quase sempre acerto. No L.A. Noire é tranquilo também saber quem está mentindo ou não, mesmo se não tivesse a ajuda das expressões faciais isso seria tranquilo. O problema é tu saber se tem ou não provas sobre aquilo.

    Eu não me importaria tanto com isso se fosse tranquilo tu errar a opção, dar um reload e tentar de novo. O problema é que o jogo é muito detalhista e a prova geralmente não é bem intuitiva e, quando tu erra (e tu vai errar, pode ter certeza que vai, muitas vezes), tu tem que escolher se vai assim mesmo e não completa a história com perfeição, ou se tu volta para o FUCKING INÍCIO DO EPISÓDIO!!!

    Tudo bem para os hardcores quererem decorar cada detalhe do jogo, mas aposto que mesmo os hardcores (me considero muitas vezes um deles) se sentem muito frustrados com essa mecanica. Uma solução seria ter a opção truth e só ter ou Lie ou Doubt para escolher. Isso poderia ser uma opção de jogo mais fácil e deixar o Lie + Doubt como uma opção mais difícil, assim todos sairiam ganhando. Ou, então, tu ter opção de quick load e save, pra não ser tão penoso errar e tentar de novo.

    Resumindo, considero Braid um ótimo jogo por que me sinto inteligente de resolver os puzzles, ao contrário do que sinto no L.A. Noire, onde parece sempre sou um tapado por não ter me ligado em um detalhezinho e me fuder por isso…

    Ah, aproveitando, pessoal, o site tá FODA!