Hello, brotherhood!

Mais uma quinzena e o CartUUUUUUcho game clube fazendo da sua vida uma doce aventura!

Nessa quarta feira linda de meu GOD falaremos sobre as cheirosas e nostálgicas revistas de video-games!

Lembraremos de sua importância para aumentar o grau de imaginação dos pirralhos jogadores. Traremos à sua memória os pontos mais importantes de uma revistinha dessa, como seus autores, editores, dicas, truques, reviews, rating e outras encheções de linguiças…

Na Operação T.R.I.F.O.R.C.E. eu joguei mais um pokito de LoZ II: Adventure of link. Andamos pouco, pois tive pouco tempo e esse jogo é OSSO!

Agradecimento mais que especial para o nosso telespectador mcsundaeguy pela criatividade de definir o significado da sigla T.R.I.F.O.R.C.E. dessa semana!!!!!!!

mande seu desenho : @fenix_down e @michelvvs .

Guarde direitinho pra não fazer orelha!

Michel Victor

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

17 Comentario(s)

  • "Arco iru" DAORA xD

    Eu nunca comprei uma revista no lançamento, eu apenas comprava em Sebos, as usadas a preço de banana (=

    Você colocou a música que tinhamos comentado ontem na operação T.R.I.F.O.R.C.E #Amo!

    Beijos MIKA, "mikaba" logo esse LOZ 2, que eu quero te ver jogando LOZ: A link to the past (=

    • mika_souza 5 anos atrs

      Nossa, Zabz! tava com saudades dos trocadilhos com meu nick!!

      BEJO

  • Pô, apesar de eu ter achado meio curto, esse deve ter sido um dos melhores CGC ever!
    Muita nostalgia estas revistas. Resquícios de um era na qual a internet ainda não era tão soberana quando o assunto era informação.

    Esse Zelda Side-Scrolling é muito estranho, mas até que fiquei com vontade de jogar ._.

    Muito bom trabalho, continue assim =D

  • mika_souza 5 anos atrs

    Realmente foi curto, não queria ficar enchendo linguiça. O bom é que a operação T.R.I.F.O.R.C.E. dá uns minutos a mais pro vídeo. Mas sério que você achou esse um dos melhores?

    Fico feliz que alguém queira jogar um zelda que comentei, mesmo ele sendo A BIG F**KING SHIT.

    • Como eu disse pode ter sido a nostalgia. Pra quem viveu durante o auge dessas revistas relembrar destas é reviver uma época mais simples e de bits inferiores à 200.

      É que eu sou um fã de Side-Scrollings, por piores que sejam XD

  • No começo achei que as revistas do vídeo fossem só velharias e relíquias de colacionador, no máximo uma da geração passada, depois percebi uma de metroid prime trilogy no canto. De repente comecei a reconhecer uma porrada de capas. Olhando minha coleção agora, tenho a impressão de que muitas revistas parecem mais velhas que games da mesma época que estão na minha estante. Realmente foi uma boa ideia para um CGC, revistas trazem até mais nostalgia que os próprios games.
    A locadora que frequento tem uma biblioteca de revistas de cheats e detonados, desde jogos para nes até os atuais, que foi colecionada, organizada e arquivada pelo dono do lugar, acredito inclusive que ele próprio tenha usado mais de metade delas nas décadas passadas. Sempre me impressiona como uma parte delas parece ter pertencido a um museu antes.

  • Ah as revistas… Elas eram realmente a alegria na infância, ia na banca praticamente todos os dias só pra ver se tinha alguma novidade nesse quesito e sou uma pessoa mais triste por ter me desfeito de muitas das minhas raridades. Hoje em dia eu coleciono as revistas mais atuais mas elas já não tem mais o mesmo glamour que tinham antigamente, é realmente triste ver isso, Super Game Power, Ação Games mesmo a Nintendo World tinham toda uma pegada diferente que teve que mudar muito pra se adequar a esse novo mundo e concorrer com a internet, acho que a que mais ficou com a mesma cara desde sempre foi a Dicas e Truques para Playstation(atual Playstation Revista Oficial Brasil), e se tem uma coisa que eu não abro mão é sem duvida ter pelo menos uma revistinha de games por mes pra ler, cheguei até mesmo a assinar a ROX – BR mesmo sem nunca ter tido um XBox 360…rs
    Quanto ao Zelda II, eu tinha dito…rs Esse foi um dos únicos Zeldas que eu ainda não terminei exatamente por isso…

  • lucasbronze 5 anos atrs

    As revistas tiveram papel fundamental na minha formação gamer, pois na tenra juventude eu manjava pouco ou nada de inglês, e justamente nelas que eu entendia a história dos games que eu estava jogando. Óbvio que a enxurrada de códigos divertidos também eram um atrativo massa xD

  • McSundaeGuy 5 anos atrs

    Essa é para quando zerar: “Tamanha foi a Responsablidade, mas Insistiu com Força! Orgulhoso, sua Recompensa: o ‘Cremoso’ Entretenimento.” Agradecimento ao Poisony pelo adjetivo para o A Link to the Past. xD só uso esse a partir de então. Desenho legal, Michel. Mas parece o bonk fantasiado de sonic, heh.

    • Poisony 5 anos atrs

      Hahaha,"cremoso" é um adjetivo que deveria ser mais usado fora da área culinária!

      Vou tentar fazer um outro aqui, vejamos:

      Tentando Reconciliar a Idílica Franquia Onde Relembramos de Capa e Espada

  • marcos melo 5 anos atrs

    Hahaha, o Bonk fantasiado de Sonic foi foda… Um ponto interessante e que foi comentado é que queríamos (pelo menos eu) jogar todos os jogos que estavam na revista. Os screenshots não eram de qualidade às vezes, o jogo não era tão bom assim, mas jogar aquilo que estava sendo divulgado era uma forma de satisfazer o ego em relação àquele produto impresso.
    Parabéns pela coluna, chapa! Me fez reviver bons dias da vida. ^^

  • Rafael Junio 5 anos atrs

    Nossa, nem vi ainda o CGC mas já posso comentar que eu comprava nintendo world porque eu sempre quis ter um 64 mas nunca tive, e EGM até ela acabar ne P:

    Não sei porque, mas quando vi a imagem e o titulo achei que ia falar das anotações gamisticas em um caderno especial onde tinha coisas do tipo : Passwords, combos, cheats, como conseguir certa coisa e etc…

    fui

  • Poisony 5 anos atrs

    Foi curtinho, mas foi um bom tema. Pra quem quiser ouvir mais, recomendo o podcast do 99 vidas número 9, sobre revistas de games. Nunca me esqueço da primeira Super Game Power que eu peguei com o detonado de Super Metroid, a primeira Nintendo World que um coleguinha meu levou numa excursão da escola (detonado de Super Mario World) e as diversas revistas que vinham com CD-ROMS de demos e mais demos, como a TOPGAMES e a CDGamer.

  • inominavel 5 anos atrs

    Nostalgia PURA! eita tempo bom….. as revista concerteza era um universo gamistico aparte, era o nosso jornal nacional dos games, unica maneira de se informar sobre jogos na epoca, hoje em dia não, aconteceu agente já esta sabendo de imediato, antes tinhamos que esperar UM MÊS para saber das novidades, mais era legal porque gerava uma certa expectativa! mais poxa… como assim não apareceu as rarissimas e preciosas GAMERS BOOK ???? a de Final fantasy VII, a de Zelda e claro a de Breath of Fire e porque não a de Xenogears ??? muito bom CGC !!!

  • Dom-ken 5 anos atrs

    Um dos sentimentos mais dificeis de aflora em mim é a nostalgia, nao me entenda como um cara frio so que acho que o passado passo com ele aprendemos mais o futuro é o importante.

    Mais tenho que dizer que nunca fiquei tao feliz (se falando de game) quando vendo as capas das revistas nitendo wolrd que por muito tempo foi minha leitura e tive que me desfazer delas nesse ultimo ano (pois foram mal conservadas).

    Parabens mesmo pelo episodio.

  • rafael Taira(Kojiro) 5 anos atrs

    muito bom. to vendo tantas revistas. q me deu nostalgia e inveja de vc ter tantas revistas e eu só umas 3.