Vocês pediram e nós trouxemos os nossos comentários sobre a Video Game Awards 2011, o evento que premia os melhores do ano em diversas categorias.

Mas será que foi um evento bom? Apesar de termos diversos lançamentos de trailers muito esperados para 2012 e até alguns anúncios especiais, o evento se mostrou não feito para gamers, e sim uma festividade onde o mais interessante, que seriam os prêmios, passaram despercebidos em meio a “tea bags”, cupcakes, celebridade não-gamers e efeitos de 3D muito estranhos.

Confira e assista junto todo o evento ao som dos comentário de Diego, Fernando X, Alex Seph e Ogro Himself e deixe nos comentários o que acharam do evento e quem deveria ter levado os prêmios de 2011!

Divirtam-se!

Pior host do mundo, criou o Fênix Down para continuar falando de games. Mas sua mania compulsiva acabou criando mais colunas do que ele aguenta.

Facebook Twitter YouTube 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

81 Comentario(s)

  • HAhaha, Show! Assistindo :D

  • Ogro Himself 5 anos atrs

    la vamos nós assistir essa bagaça pela terceira vez …

  • alex_seph 5 anos atrs

    Tá ai o gif prometido – http://i.imgur.com/jZDcP.gif

  • Vcs queriam MESMO que entrasse um gordo granudo pra apresentar os prêmios?

    Vai ser todo o prêmio analisando se a pessoa que apresenta sabe jogar ou não? XD

    • eu prefiro, o gordo q fez o jogo po!
      botar uns caras q nao entendem é meio tosco… é muito comercial o evento…

      • Mas chefe, não acha que tendo pessoas famosas para o público médio não dá um outro patamar para o evento?

        Acho que ajuda a mostrar o video game como mídia, e não apenas como hobby!

  • Ah sim!

    e sobre o Aranha vs robos gigantes, leiam O Retorno do Tri-Sentinela!

  • _MaTiaS_ 5 anos atrs

    hahaha vcs estavam trolando todo mundo…e a VGA ñ foi tão ruim assim e nem o 3D no palco.
    E eu fiquei com uma dúvida, se o Skyrim foi o jogo do ano o Dark Souls é o jogo da década? :P

    • uhahuauh opinião é opiniao =P
      tem gente q fica puto com a VGA, tem gente q curte… estamos tendo comentarios bem variados sobre ela, isso é q é legal

      sobre dark souls, uma pena nao ter recebido nenhum premio pq é fantastico!

  • caio_mota17 5 anos atrs

    YES! Vou assistir na TV!

  • Lucas Pires 5 anos atrs

    VGA ,sério?

    • qual o problema? nao é pq estamos fazendo a cobertura que iremos falar bem dela, estamos atendendo um pedido do nosso publico.

      • Lucas Pires 5 anos atrs

        Sei,da mesma maneira que ao fazer um review/preview voces estão fazendo isto por que tal jogo seja bom,só acho que é um evento que merece nem um quinto da atencão que recebe,mas se teu público clama por isto,não há problema algúm ^^.Da mesma maneira que deve ter leitores que não gostam de colunas que eu adoro como o Artwork ou o Gamer Divã.

        • exato =)
          cada um se diverte no siet com o q gosta mesmo…
          a VGA foi ruim, mas tem gente q quer assistir comentada e nós estamos ai pra trazer isso pra galera!

    • FernandoX 5 anos atrs

      sério!

  • Eu que também vi pelo streaming posso dizer que a premiação fica muito mais suportável quando assistido assim com os comentários.

    Que tal no ano que vem rolar um live streaming?

  • pedrohenri 5 anos atrs

    Boa!
    Só queria o arquivo em áudio para colocar no celular. Enfim…
    Parabéns, depois volto para comentar.

  • Goiaba 5 anos atrs

    Acho que o Uncharted ganha melhor de ps3 e n ganha o melhor de ação, justamente por n ser multiplataforma. O melhor em ação, em geral, deve ser um game bom e que atendeu um numero maior de gente, tendo mais fãs e etc.

  • killer-hd 5 anos atrs

    VGA é um LIXO, mas o video ficou bem legal
    Abs

  • Caio Santana 5 anos atrs

    Em minha humilde opinião, Portal não mereceu nem o melhor jogo de PC (Minecraft) e nem melhor multiplayer (Battlefield 3). Também achei que as categorias de melhor shooter e melhor jogo de luta foram dadas a esmo, mas, enfim, apenas minha opinião de merda. Esses prêmios de "melhor de tal console" são bem relativos, deveriam levar em conta o quanto o jogo usou do potencial do console, mas acaba ficando totalmente de lado, além de que isso é totalmente relativo, por isso concordo que deveria ser uma categoria pra exclusivos. Skyrim jogo do ano, merecidíssimo. A Video Game Awards em si foi detestável, muito teatrinho (puta que o pariu, essas piadinhas com teabag…) e pouco conteúdo voltado pra gamers. Há bastante tempo a VGA está precisando recuperar o foco, largar mão desse visual de blockbuster (e festival de facepalms) e repensar qual público ela realmente está querendo visar. Pra mim, o melhor anúncio foi o Last Of Us, que, apesar de ser exclusivo para o PS3, me pareceu incrivelmente promissor. Ah, e por mim a Felicia Day podia incorporar a Bayonetta, hein!

    • XxROXxX 5 anos atrs

      Na minha opinião nem tão humilde assim, o que chegou mais perto de ganhar de portal 2 foi witcher 2 (muitas pessoas vão falar que devia ter ganhado na verdade), minecraft foi um bom jogo indie mais o bom nele é a comunidade, oque não da pra se levar em conta em uma análise de jogo, não concorda?

      Multiplayer é de Portal sem dúvida, porque? porque call of duty se manteve na zona segura (não vamos mudar muito porque deu certo), Battlefield 3 foi pior ainda, deixou um multiplayer muito bom para trás para tentar a sorte com a zona do call of duty (ta dando certo pra eles, então vamos fazer o mesmo com nossos veículos!). Mas e Portal? Portal tem uma fórmula nova e divertida, tão boa que é fácil dizer que o co-op é melhor do que o próprio singleplayer (oque não é pouca merda!)

      ah sim, e porque voce faria isso com a Felicia Day cara?

  • XxROXxX 5 anos atrs

    O video ficou bem divertido, porém eu não consegui parar a voz na minha cabeça gritando em ódio a VGA enquanto eu assistia

    a premiação da VGA é uma coisa muito comercial, ao ponto de um jogo não ser nem listado simplesmente por não ter vendido tanto quanto um blockbuster que nem foi tão bom assim, sem contar esse maldito teatrinho que me levanta a duvida de que publico eles estão tentando agradar. As categorias também são superficiais e ocasionalmente se contradizem, ao ponto que é dificil dizer não só se eles estavam distribuindo prêmios pra qualquer um que merecia, mas se os jogos realmente mereciam ou só estavam ganhando prêmios por serem populares.

    Eu vou parar a crítica ao evento aqui, porque eu sei que alguem vai complementar

    Eu tenho que fazer uma crítica pessoal a Skyrim, não pelo GOTY, mas por ter ganhado a categoria melhor RPG do ano, oque não faz sentido algum, Skyrim como um RPG é incrivelmente fraco, para um jogo ser um Role Playing Game é necessário que se tenha um papel a se assumir, no momento em que você para num rpg e pensa "Oque EU faria?" algo esta terrivelmente errado, simplesmente porque você esta pensando como você, e não como seu personagem, e isso pode acontecer por alguns motivos, os principais normalmente são esses:
    seu personagem não tem personalidade própria o bastante, ou o jogo não te incentivou a pensar na posição DELE, e não da sua, oque curiosamente são os dois fatores que mais quebram Skyrim, algum jogador de Skyrim me responda essa pergunta, qual é a personalidade e atitude de Dovahkiin? se você falar que é determinado pelo jogador, tem alguma coisa errada ai meu amigo.
    Agora vamos falar de um RPG forte! Witcher 2 deveria ter levado sem dúvida esse prêmio, o personagem tem uma personalidade montada por nada menos que 8 LIVROS, e o jogo te incentiva constantemente a pensar como ele pensaria nas situações que o jogo te apresenta. é claro, o jogo pode ser assustadoramente complexo para jogadores que não estão acostumados, mas se não me engano, a categoria não era "mais fácil para casuais", afinal, se fosse, Skyrim ganharia de qualquer forma

    • Concordo plenamente com suas critica a VGA, em que premeia o jogo baseado no hype ao invés do fator artístico dele. Mas não concordo com sua analise de RPG, acho o Skyrim muito mais RPG do que o The Witcher 2, justamente pelo motivo de o Skyrim ser muito mais livre, se você para o jogo e pensa "Oque EU faria?" significa que o problema é seu e não do jogo, você não esta conseguindo se prender no personagem que criou. Já The Witcher você esta muito preso a uma personalidade já criada, podendo modificar pouca coisa apenas, comparado com o Skyrim, Witcher é extremamente linear. Um bom exemplo de estilo de jogo interpretado no Skyrim você pode ver nos vídeos do Jovem Nerd, que são muito bons por sinal. Porem tudo isso não significa que um é melhor que o outro, eu gosto dos dois, da liberdade do Skyrim e da historia muito bem construída do The Witcher…

      • Discordo plenamente, embora respeite sua opinião. Obrigado por usar um argumento bem formulado nessa defesa, de qualquer forma.
        Skyrim é um jogo raso, genérico, sem criatividade e que só ganha pontos por seu fator de mundo aberto. Francamente, RPGs nos games não deveriam te dar a ilusão de liberdade quando na verdade o jogador só caminha sem rumo por aí para fazer coisas que realmente não tem nenhum sentido justificado em uma história. Para que fazer tudo que o jogo te dá se não há um motivo para isso? Renascer e matar o dragão, esse é o seu objetivo, agora corra como um idiota por aí em um mundo mal desenvolvido e genérico fingindo que isso é um bom investimento de tempo!
        Witcher não te deixa preso, o Geralt é um personagem profundo e não-linear o suficiente para tomar uma gama de decisões grande mas com sentido, se você se sente preso ao Geralt é por que não está sendo capaz de entender a personalidade dele e interpretar o que ELE faria. E se parece mais linear é porque é afinal um jogo com um sentido. Se você quer criar o seu próprio objetivo e interpretar o que você faria, vá jogar um RPG ou escrever um livro, são investimentos mais promissores de criatividade e que geram frutos muito melhores.
        Me perdoem se pareço um fanboy demente, posso identificar várias falhas no witcher também, só o estou usando como exemplo e não tentando elevá-lo ao nível de maior RPG da história. Houve vários RPGs bons ao longo do ano que infelizmente foram esquecidos porque um jogo tão simplista e pobre como skyrim está aí. O tempo que joguei de Skyrim me deixou de queixo caído com a baixa qualidade que todos parecem engolir tão fácil, é como se de repente todos me dissessem que MW3 foi o melhor shooter já feito. Novamente, respeito as opiniões de todos, mas será que esse é o melhor investimento do seu tempo?

        • FernandoX 5 anos atrs

          acho q sua concepção de jogo de RPG q está limitada

          o que me empolga em Skyrim é a quantidade de coisas a se fazer e as maneiras diferentes de concluir cada missão, sem contar, lógico, com a progressão do seu personagem, que vai se tornando cada vez mais forte.

          respeito MTO Witcher e aposto que tem uma história fodástica, mas se o jogo não te prender o suficiente então não adianta

          opinião de cada um é opinião de cada um, mas quando o mundo inteiro (e não estou falando da VGA) diz que Skyrim é bom e vc acha uma merda, é bom vc pensar duas vezes. Tem grande diferença entre não gostar de um jogo por gosto e de achar o jogo ruim por não ver suas qualidades

          • Fernando, entendo o ponto forte de Skyrim em lhe dar tanta coisa para fazer. Mas não acho que você PRECISE de tanta coisa para fazer. Skyrim é um jogo que tenta SÓ te dar muita coisa para fazer. Você se afoga em muito conteúdo sem nenhuma qualidade. E quando falo de Witcher estou falando do 2, sei que martírio é jogar o 1.
            Mas claro, você está certo quanto ao mundo todo achar Skyrim bom e eu precisar rever meus conceitos. Inclusive vou aproveitar e rever minha opinião sobre o Justin Bieber e MW3 e_e
            Falando sério, não gosto de medir qualidade pela fama de um jogo. Quem aí jogou Child of Eden (que tem o uso mais magistral de efeitos sonoros que contemplei em um jogo)? Quem aí ficou arrasado com o final de To the Moon? Quem aí se encantou com Stacking? São grandes jogos que nem todos conseguem apreciar e em grande parte porque nem todos conseguem entender. Mas novamente, se vocês preferem jogar noventa horas de Skyrim ao invés de experimentar qualquer coisa diferente devem ter um motivo para isso e respeito tal motivo =)

          • Apesar de ter me referido ao Skyrim eu pouco joguei ele, falei mais pela experiência que tive com os jogos anteriores da Bethesda como o Morrowind, Oblivion e recentemente o New Vegas, acredito que com o Skyrim não seja diferente. Todos que joguei achei o conteúdo deles de excelente qualidade, com varias sides quests interessantíssimas, ou o Skyrim desceu o nível ou você esta muito exigente, mas ai caímos na questão de gosto pessoal, cada um tem o seus e etc…

          • Curiosamente gosto de Fallout embora não de Elder Scrolls. Acho que aí é por gosto, mas comparando New Vegas a Skyrim posso dizer com certeza que as situações de Skyrim são bem menos memoráveis. Não por serem mal feitas ou fracas, mas por serem genéricas. Se você jogar esperando coisas que já viu milhares de vezes não terá problemas e, deixando meu lado de leitor compulsivo e chato de fantasia de lado, tenho certeza de que gostará do jogo. Mas ainda deixo a dica: se investir em um RPG de tabuleiro pode ter uma experiencia bem legal no mesmo sentido.

          • FernandoX 5 anos atrs

            bom, ae vc distorceu o q eu falei

            se um jogo é aclamado por mtos como bom, então ele provavelmente é bom, mas em nenhum momento afirmei q a recíproca é verdadeira! já defendi vários jogos desconhecidos q são bons. E se vc acha realmente q tem mais gente no mundo q curte Justin Bieber q odeia então vc precisa acessar mais a internet.

            e não vejo nada de errado um jogo ser grande e vc jogar mto ele se vc se diverte, sem contar que de maneira nenhuma isso me impede de jogar outros jogos, n entendi sua colocação ae

            um jogo pra ser bom não precisa ter a melhor história do mundo, vide Mario. E bom, é o que eu disse antes, é gosto. Se vc curte o estilo de progressão de skyrim, então esse jogo é pra vc, se vc n curte então pega outro jogo.

            o que não concordo é falar "tal jogo é ruim pq ele não tem os pontos q eu gosto", pra isso a gente diz "eu não gosto de tal jogo pq ele n tem os pontos q eu gosto"

          • Fernando, o que eu quis dizer é que um jogo ser bom não tem nada a ver com a quantidade de fãs. E se você acha que tem mais haters que fãs do Justin Bieber é porque passa o dia todo no 9gag,o número de fãs é muito maior fora da internet. E não vejo nada de errado em jogar algo que te diverte, mas repito o que já disse antes: um jogo que só te diverte é vil e pobre. Não acho que Skyrim te torna cego a outros jogos, só acho que as 100 horas que gastou com skyrim nunca vão voltar, é um tempo em que dá para terminar dez jogos menores e mais profundos. E estamos falando de uma premiação, dar o "melhor jogo" para Skyrim é como dizer que Angry Birds é o melhor indie. Não estou dizendo que skyrim seja ruim por não ter os pontos que gosto, estou dizendo que ao avaliar qualidade de conteúdo, inovação, refinamento técnico e criatividade de jogabilidade ou situações, é um jogo medíocre. Tudo bem gostar de jogos medíocres, gosto de Bulletstorm e Bayonetta, mas não há sentido em elevá-los a um pedestal de tanta grandiosidade.

          • Higolx 5 anos atrs

            Bom Fernando, a sua opinião e valida mas, na minha opinião esse maremoto de coisas a se fazer em skyrim é um exagero. A maioria das quests são rasas e não chamam a atenção.Existem as exceções como as quests da Dark Brotherhood e das outras guilds.Nas minhas 67 horas de skyrim eu, praticamente, só fiz a main questline e as quests das guilds.
            Além disso, as suas escolhas não mudam praticamente nada, com excessão da questline da guerra civil entre Legion e Stormcloacks que voçe muda quem comanda skyrim

          • FernandoX 5 anos atrs

            com certeza tem mta quest inútil e encheção de linguiça! em momento nenhum eu falei o contrário! mas eu me divirto mto fazendo elas, que ai que está a graça pra mim. explorar um mundo, dungeons, ler livros sobre o universo do skyrim, etc e tal

            não sei se concordo com vc sobre s quests serem rasas. várias quests tem histórias legais. pessoas de guerra, seriais killers, traições, etc. a grnade maioria das side quests tem sim uma história legal por trás. elas podem se resumir entre pegar itens ou matar pessoas, mas a motivação é bacana (excluindo claro as de recompensas ou mtas das guilds de ladrão, q é mais pra ganhar dinheiro do q pra fazer parte da historia)

            e eu nunca tomei skyrim como um rpg de escolhas, além de claro, escolha da sua própria jogabilidade. se for pensar ele é bem linear se vc seguir a história principal

    • FernandoX 5 anos atrs

      o conceito de RPG em games é BEM DIFERENTE de Role Playing Game. Ou vai dizer q vc tem liberdade de escolher o que fazer em FFVII?

      vários jogos implementam idéias diferentes oras. Alguns contam histórias, alguns te dão liberdade e alguns ligam o foda-se

      • XxROXxX 5 anos atrs

        Daí já são limitações de época Fernando, na época de FFVII, era impossível fazer um jogo onde suas decisões tivessem um impacto como mass effect, não é?

        Hoje o conceito de RPG em games esta avançando, mass effect por exemplo é um bom RPG, você é voce mesmo, mas você além de tudo é o commander shepard, e você tem as opções de diálogo que ele poderia ter no momento (assumindo que você já não tenha garantido uma reputação full paragon ou renegade), só que isso é feito de um jeito natural e que se sente livre, e é nesse caminho que RPGs devem seguir, as pessoas assumem que ao tomar o papel de uma outra pessoa, elas vão estar presas a as decisões que são daquelas pessoas, e não as delas, mas elas esquecem que parte do Role-Playing é perceber que o seu personagem não é uma personalidade vazia ditada por "folinhas de atributos", é uma pessoa com profundidade, dilemas e a capacidade de fazer qualquer tipo de escolha, e quem toma essas decisões é VOCÊ, não é uma questão de destruir sua própria personalidade pra assumir a do personagem, é simplesmente saber analisar as coisas no ponto de vista dele, antes de tomar SUAS decisões.

        Mas onde esta o problema de Skyrim? exatamente no que você falou Fernando, RPG em games é diferente do de RPG de mesa, e Skyrim tenta ser tão livre quanto um de mesa, oque no final, ele não consegue, eles tentaram de tudo para fazer um jogo completamente livre, e não perceberam as implicância que isso causa, se qualquer personagem pode ser morto a qualquer instante, os personagens começam a ser genéricos, se qualquer missão exceto a principal pode ou não ser aceita dependendo apenas da vontade dos jogadores de ganharem itens, as missões perdem importância, e eventualmente o próprio jogo passa a ser muito raso.

        • Vejo que para jogos eletrônicos cada um interpreta o RPG de uma maneira diferente, que não esta errado, nunca existiu uma regra bem clara, mas no caso do Skyrim jamais acharei ele raso e menos RPG por isso, muito pelo contrario, ele tem muito coisa para fazer, cidades, pessoas, cavernas, tesouros, monstros, etc. E justamente cabe a você se emergir nisso tudo, para mim esse estilo que mais se aproxima do RPG de mesa. Concordo que ele não tem uma historia profunda que nem a do Mass Effect e Witcher, mas em um RPG de mesa se for ver a historia não é lá essas coisas também, o legal dele é justamente a liberdade.

          Mas é isso, na minha percepção hoje em dia um RPG de jogos eletrônicos, esta ligado com liberdade e imersão que podem proporcionar, sempre digo que não há exemplo melhor para um RPG do que um simulador, por exemplo o jogo ARMA que é um simulador militar de guerra, a liberdade e imersão do jogo é a máxima possível para o que o jogo pretende simular. No mais, quando digo que um jogo é mais RPG que outro, estou me referindo ao potência de liberdade e imersão apenas, nunca que um é melhor que outro, acho The Witcher e Mass Effect dois excelentes jogos, não comparo eles com Skyrim em questão de qualidade, pois acho que são jogos com propostas diferentes…

          • XxROXxX 5 anos atrs

            O único ponto que eu tenho que discordar completamente é a afirmação que histórias de RPGs de mesa não são lá essas coisas, não apenas isso depende inteiramente do mestre, como existem histórias de RPG fortíssimas por aí, se você não sabe disso recomendo muitíssimo que você junte alguns amigos e comece a jogar RPG ocasionalmente com um bom mestre. Eu no momento jogando em uma campanha que esta sendo mestrada pelo lord worth aqui do site a mais de um ano e a história e universo que ele montou são excelentes.

            Agora, existem muitas diferenças entre Skyrim e RPG de mesa, isso não seria um problema se a proposta não fosse ser muito parecido, mas eu posso entregar de cara algumas diferenças aqui:
            Em primeiro lugar, campanhas de RPGdm (vou usar esta abreviação para não ficar falando a mesma palavra várias e várias vezes) são completamente livres, porém, elas não são aleatórias, existe um ponto a ser seguido, mas é responsabilidade do mestre deixar o caminho o menos linear possível. Se o mestre for bom, ele vai organizar a campanha em vários pontos importantes que dependendo da decisão dos personagens, alteram o resto da campanha e cria um caminho para o próximo ponto, se o mestre for ruim, ele vai fazer apenas um caminho para chegar ao ponto onde os jogadores apenas escolhem entre 2 ou três caminhos que ele planejou, isso não dá certo porque o mestre não considera a liberdade dos jogadores e eles se sentem restringidos (minha primeira campanha como mestre foi assim e deu merda total depois de 1 hora). O mestre também pode tentar fazer uma coisa bem mais livre do que isso e fazer muitos pontos na história com um mundo mais livre, mas o problema nessa técnica é que as decisões dos jogadores sobrecarregam o mestre e ele não consegue dar conta, tendo que improvisar demais, e uma história improvisada é uma história fraca.

            Enquanto eu jogava Skyrim, eu sentia que eu estava numa história improvisada, ok tem um ponto principal a seguir, mas se o jogo esta me dando tantas opções eu acho que posso checar todas, e quanto mais caminhos eu tomava menos eu sentia que o jogo estava realmente se adaptando as minhas decisões e tacando mais e mais coisas de menos importância na minha cara pra eu não ficar entediado, ao invés de simplesmente fazer eu avançar no jogo onde obviamente iam ter coisas mais importantes e divertidas a fazer.

          • Quando digo que as historias de um RPG de mesa não é lá essas coisas estou comparando com grandes historias como a do Mass Effect por exemplo, onde você só vai ter uma historia desse nível, se pegar uma aventura pronta e ficar atrelada nela, o que tornaria o jogo um pouco linear, ou se o mestre for um cara super criativo e um excelente improvisador, algo que deve ser bem raro encontrar, mas no fim pelo menos para mim o legal no RPG de mesa sempre foi a liberdade de decisões, a historia sempre ficou em um segundo plano, sem menospreza-la claro, é que nem nos jogos eletrônicos em gerais, para mim a jogabilidade sempre vai ficar acima de qualquer coisa, o jogo pode ter uma historia ridícula, mas se tiver um jogabilidade boa é o que basta…

          • Sabe, Julio, comecei a simpatizar com a sua causa ao defender skyrim aqui. Aliás, parabéns por dar argumentos tão fortes ao invés de dizer "skyrim é o melhor jogo da história e eu o defenderia caso não tivesse tomado uma flecha no joelho". Ainda mantenho minhas posturas frente a RPGs mas sou capaz de aceitar as suas. Entendo por que você votaria em Skyrim para melhor RPG, também costumo deixar a história de lado em jogos cuja jogabilidade é muito boa (leia-se bayonetta e vanquish, que inclusive platinei), mas se tivesse que escolher entre uma história muito boa e uma jogabilidade muito boa escolheria a segunda. Ainda acho que Skyrim é pobre e não merece melhor RPG, mas o seu gosto justifica que você ache que merece. Selemos essa discussão aqui, já consumiu muito tempo da minha vida XD

    • Ogro Himself 5 anos atrs

      Discordo em alguns pontos ponto. Realmente o Skyrim é um RPG q te da liberdade demais e não tem profundidade de um Mass Effect, mas isso não torna ele menos RPG que os outros. É só um estilo diferente.

      Btw, por mais que eu AME Mass Effect e ache ele o melhor RPG ocidental do mundo, fiquei meio decepcionado com a "desRPGização" dele do 1 para o 2 .. mas isso é outra coisa…

      Estou jogando Skyrim e não estou jogando exatamente "como o eu naquele mundo". Depois do tutorial no inicio do jogo, decidi fazer um guerreiro de 2 armas e com foco em smithing pra fazer bons equipamentos. Eu ajudo as pessoas, mas dou meus golpes e pratico alguns delitos.

      E já estou pensando no proximo personagem onde eu vou fazer uma assassina egoista e furtiva. Ou um mago especializado em magias destruidoras que salva as pessoas. Tu pode escolher o que fazer, e não precisa "se interpretar" ali dentro.

      O mundo aberto e a simplicidade foram que me atrairam pra Skyrim. Eu jogo RPG de mesa a 15 anos e sentia falta disso: vai pra dungeon, cumpre a quest, recolhe a recompensa. Não da pra ser mais TRUE a um bom RPG clássico do que isso. Espada, magia, tesouros e raparigas na taverna.

      • XxROXxX 5 anos atrs

        Eu também fiz esse tipo de interpretação, e normalmente crio meus próprios personagens em qualquer tipo de RPG, até em alguns jogos onde pouquíssima gente faz, por exemplo, a alguns anos atras eu jogava WoW, e até hoje não sei se alguém realmente faz RPG naquele jogo, eu só sei que quando eu jogava com meu paladino eu não agia apenas como eu, eu decidi fazer um ex-guerreiro que foi ferido mortalmente por zumbis no cerco de stratholme e foi salvo apenas por sua fé na luz, se tornando um paladino cujo objetivo era evitar que mais reinos fossem fossem arrasados pela scourge, era muito tosco essa história mas era mais divertido jogar o jogo desta forma do que jogar sem objetivo algum sem ser upar até o 80 xD

        Agora, o mundo de Skyrim foi o motivo principal de eu ter ficado interessado no jogo, porém enquanto o mundo é lindo, é como eu falei, o que eu achei fraco foi a falta de profundidade, não do mundo, mas dos elementos nele, personagens, quests e afins, o RPG não fluia naturalmente porque eu não me sentia em um mundo complexo com grandes figuras em que eu poderia me imergir, eu me sentia mais em um mundo bonito com poucas coisas memoráveis.

        Eu nunca senti que a melhor forma de jogar RPG de mesa era a forma "vão la, arrombem a porta, pega vadia e volta pra taverna", eu gostei até da primeira vez que joguei mas depois eu sempre tive preferência por campanhas criativas e complexas, se o sistema permite que o mestre monte qualquer coisa, porque se sentir preso a o esquema clássico?

        • Ogro Himself 5 anos atrs

          Tu não precisa ficar preso ao esquema clássico, Xerox. Mas é sempre bom REVISITA-LO.

          E pra mim é isso que o Skyrim faz e é isso que eu gosto dele. Continuo achando Mass Effect mais legal, mas não torna Skyrim um "Não RPG" ou um "RPG Ruim". É RPG, é um ótimo RPG, e mereceu o premio de melhor do ano.

          Não sei dizer se mereceu o "Melhor RPG" pq não joguei tudo que saiu.

          • Ogro, concordo que é bom revisitar o esquema clássico as vezes. Não precisamos ficar eternamente presos em uma grande reflexão, é bom fazer uma campanha descerebrada e lobotomizada de uma hora e tanto de tempos em tempos. Acho que isso também vale para um jogo. Adoro Vanquish, Bulletstorm, Angry Birds e outras coisas rápidas e estúpidas.
            No entanto, dar um prêmio para um jogo completamente vazio é algo que não consigo entender. Em meio a obras tão criativas, complexas, críticas, emocionantes ou então artísticas parece que todos decidem dar os prêmios para os jogos mais básicos, mais burros. O melhor jogo do ano? O que você absorveu de Skyrim? O que você aprendeu ou admirou? É quase como olhar uma parede por 60 horas.
            Claro, pode me dizer que de jogos você não espera qualidade de som, arte ou história, mas sim de jogabilidade. Nesse caso digo que Skyrim ainda não é o melhor jogo. Tudo que está lá já foi feito antes, mal foi aperfeiçoado. Cadê a criatividade? O aprimoramento? O desafio?
            Dizer que Skyrim é legal, divertido e imersivo tudo bem. Dizer que é O MELHOR JOGO LANÇADO EM 2011 é no mínimo cuspir na cara de todas as pessoas que fizeram algo novo e legal na indústria.

      • Só pra entrar nessa discussão de RPG e expressar minha opinião rapidinho:

        quer um RPG REALMENTE com possbilidades infinitas?

        Joguem RPG de mesa. RPG de video game nunca será profundo o suficiente, não importa oquanto seja complexo.

        Mas é só minha opinião, como falei!

    • mcsundaeguy 5 anos atrs

      Então pessoal, 6 páginas justificadas e sem paragrafação no word. chegaram a alguma conclusão?
      Sacanaaaagem. xD Nesse ritmo dava até pra rolar um fórum.

  • Paulo Victor 5 anos atrs

    SObre o premio de jogos de luta
    Não que o jogo não mereça (pelo contrário, o jogo é excelente tanto casualmente quanto competitivamente), mas dar algum valor a algum premio no VGA é tenso, essa premiação sempre foi uma palhaçada em diversos gêneros e nunca um jogo não mainstream consegue um prêmio la (pqp, melhor jogo indepedente e melhor jogo pra download sendo um jogo distribuido pela warner bros, com limbo e Hardcorps: Uprising nem ao menos aparecendo na lista, isso sem contar q botaram WWE no lugar de Arcana Heart 3 na lista de convocados a melhor jogo de luta do ano).

  • marcelsn 5 anos atrs

    Ogro qual nome da ruiva?

  • Ives Aguiar 5 anos atrs

    Concertando o Ogro: A engine de Rising era a Fox Engine, não a de MGS4. E FINALMENTE alguém sensato e sabe o que Kojimão quis fazer, é exatamente o que o Ogro falou.

    E não me venham falar 'é tudo menos Metal Gear' por que vcs foram os mesmo que xingavam a série na época do Now Loading.

    • ow ow ow
      NUNCA falei mal de Metal Gear, muito menos xingar a série, na real eu era do time contra essa opinião! e a frase, é tudo menos metal gear é minha huahuahua
      sou fã da série e conheço o suficiente pra afirmar, é tudo menos metal gear =P
      mas nao deixa de parecer um bom jogo

    • FernandoX 5 anos atrs

      xinguei q n era a proposta inicial do MG Rising, e não q n era MG em geral
      =P

    • Ogro Himself 5 anos atrs

      ah, verdade. Mas deve ter sido feita em cima do MGS4 porque o gráfico tava bem parecidão …

      Se vai ser mais um Bayonetta style eu to esperando o jogo empolgado =D

  • Disgaea 4 para melhor RPG!

  • pedrowoyames 5 anos atrs

    VGA foi beeem chatinho. Por isso geralmente só vejo os trailers lançados no dia seguinte. Mas os comentários de vocês fizeram a diferença pra ver esse treco todo :D

    • killer-hd 5 anos atrs

      Verdade, os trailer são muito bacanas mais o resto todo minha nossa, muito zuado
      e pior que a E3 esta ficando assim tbm, porem ainda bem que tem os caras do Fênix
      Down pra nos salvar dessas porcarias XD !

    • FernandoX 5 anos atrs

      obrigado =D
      tentamos fazer o pessoal assistir nem que seja só pra ver como foi uma merda hahahaha

  • Muito legal a cobertura, mesmo esse VGA me dando um sono profundo!

    Sério, foi o pior VGA que eu assisti nos últimos anos, triste isso… xD

  • Quando eu fiquei sabendo que iria rolar um anuncio de um MEGA(nas palavras deles) exclusivo pra PS3 eu sinceramente pensei em assistir o premio, todo mundo sempre fala do VGA e eu nunca parei pra assistir e com a oportunidade de ver em primeira mão um grande anuncio isso ficava ainda melhor, hoje, depois de ver a cobertura de vocês eu fico feliz por não ter perdido meu tempo.
    Os trailers foram ótimos, os comentários de vocês foram melhores ainda, mas só né? De premio mesmo não teve quase nada, o que custava entregar um a um os prêmios, afinal de contas isso era uma premiação e quem para pra assistir premiações quer ver entregas de prêmios e uma ou outra novidade ou "comédia" no meio e foi exatamente o que a gente não teve nesse VGA.
    A cobertura foi excelente, ri muito (apesar de ter demorado 4 horas pra assistir esse vídeo(interrupções aqui no trabalho)), mas a VGA foi realmente triste. Só curti ver Skyrim ganhando GOTY.

  • fahrofa 5 anos atrs

    Que porcaria esse VGA, falta de respeito com as produtoras, passando em 15 segundos prêmios importantes.

  • Marco_Alves 5 anos atrs

    Baixando (Sim, to baixando o video :P) Po vlw mesmo pela cobertura, ñ esperava por isso lol

  • Dr_Shenanigans 5 anos atrs

    Eu tenho uma teoria de que a organização da VGA faz um esforço consciente todo ano pra ficar cada vez pior. Felizmente, o Fênix Down veio pra tornar essa premiação chechelenta em algo assistível e divertido.

  • fahrofa 5 anos atrs

    Não acho que o ano do XBOX foi ruim como comentaram. Julgar pelo quesito não ter ganhando com um exclusivo o melhor jogo do console é parâmetro? VGA é uma fraude. Olha o tratamento para os vencedores, 15 segundos de video. Eu curti muito Gears 3 que é exclusivo, e o restante saiu para ambos os consoles. Ainda terei um PS3 para jogar Uncharted.

    • Ogro Himself 5 anos atrs

      Meu parametro nao foi o premio (obviamente).

      Não comentei isso por não ser fã de Gears, mas até a imprensa especializada considerou o Arkham City um jogo melhor do que GoW3. Ja nao posso opinar sobre o Uncharted 3 porque ainda nao o joguei (maldito Skyrim) mas nao duvido que o Arkham ainda seja melhor

      Mas tb o numero de exclusivos fodas pro 360 foi pequeno … Acho que os titulos realmente esperados pelos caixistas foram Forza 4 e Gears 3 …

      Isso é pouco pra um ano que o PS3 teve Uncharted 3, Infamous 2, LBP 2, Kilzone 3, Resistance 3, Ico e SotC em alta definição …

      Ou teve algum outro jogo exclusivo SIGNIFICATIVO pra 360 esse ano? Ja que eu não tenho o console não sei dizer.

  • fahrofa 5 anos atrs

    Maldito Skyrim ahahhaha. Que bom que ainda não comprei o meu, pois quero jogar Dark Souls depois de Batman.

    Em matéria de exclusivos, tu tens razão o PS3 deu de lavada, mas em qualidade os do 360 não perdem nada para os de PS3, mesmo com uma quantidade menor.

    Espero que a MS preste mais atenção nesse quesito no ano de 2012.

    Abração.

  • Jeff Aizen 5 anos atrs

    Achei o premio de FPS bem entregue e o de melhor game do ano fail. A parte do kojima foi a mais engraçada,, DIDIIIIIIIIIIIII kkkkkkkkkkkkkkkkk !!