E vamos para mais uma quinzena de GamerDivã! Dessa vez Fernando e Kazz voltam ao assunto de multiplayer!

Porque tantas pessoas parecem ter medo de multiplayer? O que leva um jogador a deixar de lado o fator mais marcante desta geração e curtir sua jogatina forever alone? Atacando tanto o lado de cooperativo quanto de competitivo, tentamos entender o que se passa na cabecinha dos excluídos online!

Então ouça já!

Para enviar seu conteúdo, comentários, sugestões, críticas ou elogios mande um e-mail para contato@fenixdown.com.br.

Não esqueça de seguir nosso twitter @fenix_down, se inscrever no nosso canal no youtube, dar jóinha no vídeo, deixar um comentário e divulgar o vídeo!

Fernando X de Megaman X! Não de pornografia ou de Xuxa!

Facebook Twitter YouTube 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

56 Comentario(s)

  • Lubomir 4 anos atrs

    Pra mim, o pior problema de competir online é vc não jogar tal jogo com frequência e ter que competir com jogadores que jogam sempre desde o lançamento ou desde versões anteriores.

    O jogo, além e ficar desequilibrado, com chances do noob ser kickado da sala, acaba perdendo o fator diversão. O ser humano não gosta de competir, gosta de vencer. Se não vence no multiplayer online, ou se esforça pra ganhar 'jogando sério' ou vai caçar vencer com outro jogo.

    • Alguns bons jogos com modo online equilibram jogadores baseados no nível, valor de ranking e coisas do tipo.
      Cito aí League of Legends, que equilibra os times baseado no nível e na pontuação de cada jogador.
      Ou mesmo o citado Gears of War, que no modo PVP ranked faz o mesmo.
      Então, basta procurar direitinho, tem bons jogos online e competitivos por aí.

    • Lpolon 4 anos atrs

      Kun bem falou. Para de dar desculpa, noob =p

    • FernandoX 4 anos atrs

      e se vc é ruim então treine e jogue de novo!
      fuck yeah!

  • Excelente programa, ri muito com a frase final do Sr. Kazz e várias outras no meio.
    Concordo em gênero, número e grau sobre as pessoas terem que aprender a superar esse medo de competição…
    Tenho inclusive um amigo que se recusa de todas as maneiras a jogar 'versus', por esse medo de não ser bom o suficiente.
    Aguardo o próximo com ansiedade!

  • Dannfranco 4 anos atrs

    Quem não joga online é idiota.

  • J. Oliveira 4 anos atrs

    Duas coisas: Koreanos.e nerds comedores de cheetos.

  • ogrokun 4 anos atrs

    O principal motivo para eu não jogar tanto online é a minha própria rotina. Como tenho pouco tempo pra jogar e muitos jogos na fila para serem jogados, a minha historia com um jogo precisa de um ciclo fechado definido. Jogo até terminar, e aí posso decidir se termino ele em mais algum modo ou tento platinar.

    Jogo online não tem fim. A principal vantagem dele, para mim, acaba sendo um contra …

    Eu jogo para esquecer do mundo e mergulhar de cabeça naquele mundinho, então pra mim isso acaba mesmo sendo uma experiencia fechada e pessoal. Algumas vezes até prefiro que não tenha ninguém comigo em casa na hora de jogar, pra não me tirar da vibe. Mas tive tambem muita experiencia legal com coop de Portal 2, Lost Planet 2 e Resident Evil 5 (que joguei no PLAYSTATION 3, sr Kazz)

    Meu espirito competitivo acabo guardando para jogo multiplayer offline, truco e Magic.

    Mas o dia que eu conseguir um Battlefield 3 baratinho, eu quero dar uma chance pro multiplayer dele.

    • pedrohenri 4 anos atrs

      Flamewar de novo! o/

    • FernandoX 4 anos atrs

      Mas ele não ter fim não é um contra! Jogos online competitivos servem para divertir, não pra finalizar

      São maneiras bem diferentes de jogar

    • Sem provocações agora, analisando um pouco o que o Ogro falou, a mim parece que algumas pessoas (incluindo o monstro dos jogos Alex Seph) veem os jogos como uma pilha a ser terminada. Algo que no final das contas só serve pra falar "olha, terminei tais jogos"

      Como o Fernando falou, não ter fim não é um contra. O multiplayer é um fator de entretenimento como outro qualquer, onde vc jogará enquanto estiver disposto.

      Sei lá, me soa artificial esse negocio de priorizar os jogos. "Tenho n jogos que PRECISO terminar e y tempo, então não jogarei esse modo de jogo pra agilizar o processo".

      • Ogro Himself 4 anos atrs

        E foi o que eu disse também Kazz e Fernandóx, um bom multiplayer é o ponto forte de muitos jogos, mas para MIM é algo que não influencia.

        Eu não sigo mais aquela rotina da era 16 bits, onde eu jogava Sonic 2 todos os dias por 2 anos seguidos. Gostaria muito de poder continua me entretendo assim (afinal eh a melhor maneira de fazer teu dinheiro em um jogo valer), mas eu nao consigo.

        Diferente do monstro_seph, eu nao consigo horas suficientes na semana para jogar, quando jogo 8 horas na semana é muito. E tenho vários jogos que eu gostaria de experimentar.

        Ser adepto de um jogo multiplayer exige dedicacao, porque tu precisa jogar com relativa frequencia, senao tu acaba virando bucha e feedando todos adversários. E na minha rotina, não consigo =(

        • Sobre dedicação, depende. Tem jogos sim que exigem, mas a maioria não. Como o Kun falou no comentário acima a maioria equilibra o nível dos jogadores, ai é só entrar e jogar o quanto você achar que deve, sem dedicação nenhuma.

  • Concordo com tudo que foi dito, eu jogo tanto on-line como single player, são duas experiências bem distintas e ambas valem a pena, nunca tive problema em começar a jogar um jogo on-line onde todo mundo já domina, no começo pode até ser meio ruim, mas depois que você pega o jeito o jogo flui. Atualmente estou jogando Red Dead, Skyrim e BF3, e por incrível que pareça o jogo que mais me divirto é com o BF3, não que os outros não sejam divertidos, já estou com 120 horas de jogo e não pretendo parar tão cedo, sempre que jogo me surpreendo com algo novo nele.

    • Rafael Junio 4 anos atrs

      Eu, até já mandei um e-mail pro fenixdown falando sobre o single player de muitos jogos que para mim não valem a pena ser jogados, ficam chatos depois de um tempo.

      E a única coisa de boa que eu vejo é o multiplayer, aquela jogatina intensa, surpresa, a vontade de vencer é o que me motiva a tentar melhorar.

      Atualmente também jogo BF3 e cara, que jogo! Me arrependo por não ter comprado antes. O multiplayer em times para mim é o melhor jeito de se jogar pois equilibra um pouco, pois nenhum super jogador vai conseguir carregar um time inteiro de noobs nas costas XD

  • Lpolon 4 anos atrs

    Piada troll gratuíta no fim. genial! haahah

    LeoOP #977 quem quiser apanhar no SC2.

  • pedrohenri 4 anos atrs

    Me identifiquei com algumas partes que esses senhores disseram.

  • Eu sou um dos que passam loooonge do multiplayer competitivo. Simplesmente não consigo me divertir dessa forma. Prefiro muito mais cooperar com amigos num Left4Dead do que um mata-mata no mesmo jogo, no Modern Warfare, no Battlefield ou até mesmo nos dois últimos Assassin's Creeds

    • FernandoX 4 anos atrs

      claro, gosto é gosto mas poxa, uma competiçãozinha n faz mal a ninguem xD

  • Thiago Musashi 4 anos atrs

    Eu não vejo necessidade de ser melhor do que os outros (por isso não jogo competitivo) e não tenho muita paciência pra depender de outra pessoa (por isso não jogo coop).

    • Que bom que você nem vive em sociedade, onde essas coisas acontecem o tempo todo e todos os dias…
      ops…

    • Lpolon 4 anos atrs

      uhm.. faz sentido que você tenha Musashi no nome e fale isso

    • FernandoX 4 anos atrs

      poh, claro que tem tentar ser melhor do que os outros! isso não é algo mal poxa
      querer ser melhor é querer melhorar como pessoa e não ter a prepotência de se achar fodão, são coisas diferentes

      e você depende de pessoas na sua vida!

      acho q vc precisa de uma abraço!

      • Poisony 4 anos atrs

        Na boa, nesse mundo de jogo online tem mais gente se achando fodona do que melhorando como pessoa…

        E você quis dizer: "isso não é algo ruim" e não "isso não é algo mal"

        • FernandoX 4 anos atrs

          com certeza tem mais é gente se achando, mas VC n precisa ser uma dessas pessoas
          e dá satisfação vencer de quem se acha demais
          =P

          • Poisony 4 anos atrs

            Sei lá, se você pensar ninguém tem a obrigação de ser uma pessoa melhor (eticamente) nos jogos. O que explica muita gente que deve ser uma pessoa maravilhosa na vida real, mas um escroto no multiplayer.

            Tipo o Kazz, só que sem a primeira parte!

  • Daniel Avelan 4 anos atrs

    Esse foi a maior quantidade de bobagens que eu ouvi em um bom tempo,parou de escutar antes mesmo do primeiro minuto.Que que foi isso?quem não joga online é retardado,é forever alone,não quer viver em sociedade.A pessoa não pode simplismente ter a opinião de que não gosta e ponto final?Se eu prefiro jogar o meu jogo com um level design bem feito,uma boa narrativa e momentos marcantes à competir com outros jogadores pra ver quem tem o maior e-pênis,é a MINHA opnião.
    E se não preferir o multiplayer ao single player é motivo para ir pro inferno então ok,me deem o portal do inferno,eu e o capeta seremos BFF's,porque prefiro estar lá do que no céu com pessoas de uma mentalidade tão babaca jogando jogos anuais genericos.

    • FernandoX 4 anos atrs

      hauhauahuhhauahua
      seu comentário é tão troll q nem vou me dar trabalho de responder
      =D

      continue assim \o

      • Daniel Avelan 4 anos atrs

        eu que sou troll?você chama pessoas de forever alone,jogadores de quarto escuro,antisociais e EU sou o troll?.Beleza então

        • FernandoX 4 anos atrs

          se vc n sabe distinguir entre sarcasmo e falar sério entao desculpa, n é troll, é outra coisa
          =)

    • Bem cara, se você disse que parou de ouvir em menos de um minuto fica realmente difícil de entender o contexto e fazer qualquer critica.

      E você tem que separar o que é dito no tom de brincadeira e o que é falado seriamente. Em seu comentário você deturpou completamente o que foi dito no episódio. Não criticamos que não gosta ou não prefere multiplayer, criticamos alguns motivos em especial. Bem, fica difícil discutir qualquer coisa se você nem ouviu.

      Finalizando, de acordo com a minha pouca experiencia de vida, alguém que se ofende tanto e tão facilmente com algo desse tipo é porque não é bem resolvido quanto à aquela questão. Mas essa é só a MINHA opinião.

      • Poisony 4 anos atrs

        E como seria a opinião de OUTRA pessoa? É claro que é a SUA opinião, porra, tu não é porta-voz de ninguém! Ou é?

        Cada coisa que eu tenho que ler, mano.

        • Alem de chato, inconveniente, corretor ortográfico tu tb é burro e não entende ironia?

          Leia o comentário que eu dei reply antes de LER ESSES COISAS.

          Realmente, to com a galera que prefere o fake, pelo menos ele dá backflip.

          • Poisony 4 anos atrs

            Nah, tava de zua. Eu entendi sua alfinetadinha covarde dirigida ao Avelan aí. Típico de quem não fala as coisas na cara.

            Aproveito pra enviar todo o meu amor aos seus elogios e a toda galera que pertence ao clube VOLTA POISONY FAKE.

            Cuide da pressão.

  • Poisony 4 anos atrs

    Eu me divirto em jogos online que são competitivos, mas por enquanto acho a experiência single player de um game MELHOR. Single player traz história, narrativa, personagens marcantes e carrega uma experiência mais emocional e pessoal quando você termina (inclusive é competitivo contra você mesmo). Multiplayer é diversão, você experiencia momentos de tensão e fúria e tenta se tornar melhor.

    Aliás, acho engraçado rotular como "forever alone" quem não joga "competitivo" como se a experiência multiplayer do online hoje em dia não fosse tão solitária quanto. A não ser que o nego jogue em lan ou tenha um grupo que jogue presencial e regularmente (conheço um pessoal em POA que joga LOL assim, marcando esquenta no bar e tudo).

    Multiplayer pra mim é sobremesa. Pode ser gostosa, mas não dá pra ficar se empanturrando só de sobremesa.

    • FernandoX 4 anos atrs

      minha experiência no online é mto conferência do skype + jogatina, então talvez fiquei pensando que todo mundo fazia isso. mas ainda sim, um headset e sua experiência passa a ser menos solitária

      e como dizemos, são dois jeitos de jogar completamente diferentes! tem sim jogos com experiência focada no single, e até mesmo que é o objetivo do jogo, assim como tem outros que sua diversão é jogada toda pro multiplayer

      claro, sempre exageramos quando gravamos, mas fico esperando um pouco de compreensão de vcs pra saberem diferenciar o que é verdade do que é encher o saco =P

      • Poisony 4 anos atrs

        Tô ligado, quando o Samuka me convida pro L4D é a mesma coisa. É maneiro, é engraçado, mas não é uma parada orgânica. É um monte de gente sozinha jogando junta no final das contas. É tipo o argumento de namorar à distância: é menos solitário, mas é uma merda em comparação ao namoro FOR REALS.

        Diferenças a parte, meu ponto é que, por enquanto, não tem nada que torne o multiplayer melhor enquanto experiência de jogo do que o single player. É o que penso como um motivo pra pessoas que preferem o single player: ele é melhor racionalmente, no saldo final das coisas. É só contar quantas experiências memoráveis de jogos single player um jogador costuma ter em relação aos de multiplayer. Outra coisa que poderia acrescentar é a falta de contexto que jogos focados no multiplayer costumam ter, criando um círculo vicioso. As primeiras partidas são divertidas, depois acaba repetindo.

        Não vai esperar nada! O assunto é multiplayer, então exijo uma encheção de saco co-op!

  • Alderic 4 anos atrs

    Não posso de multiplayer em fps por quase não joga-los, mas no caso de pvp (em suas diferente formas,como rvr) em mmos me parece que o medo tem raiz muito no que acontecia em mmos antigos como ultima onde ao ser morto voce perdia tudo, o problema era que o pvp em Ultima ficou fora de controle devido a exploits, bots, hacks ect… O que fez muito jogadores de mmo da época trocarem para outros mmos ou preferirem servidores sem pvp.

    Mas de algum modo me parece que o medo do que tinha acontecido continuou, principalmente entre os jogadores de rp (jogadores de mmo que procuram interpretar mais os personagens) que fogem de pvp como o diabo foge da cruz…eu mesmo pensava meio assim e isso que nunca tinha jogado Ultima…levou bastante tempo até eu ver que pvp podia ser legal o que aconteceu mesmo quando jogueio o Warhammer Online.

    Ou seja me parece que rola um temor de que você não apenas ira perder, mas que será esmagado sem ter qualquer chances (por várias razões, nível de personagem, exploit, bots, ect…) e que logo nem valeria apena tentar. Porém nem sempre isso é verdade (depende em parte do jogo é claro), algo que eu mesmo descobrir quando passei a me divertir mais com pvp.

    O mesmo aconteceu comigo com jogos de estratégia com multiplayer, eu nunca joga sem ter uma real razão clara, até que um dia jogando Empire Total War comecei a jogar uma batalha ou outra e comecei a curtir, agora com o Shogun 2 eu jogo direto batalhas online e uma experiencia muito diferente e boa.

    • FernandoX 4 anos atrs

      tem jogo que é bem cruel mesmo quando se perde

      é claro, mmo ainda é algo mais tenso pois sempre tem alguém que pode não ser exatamente melhor que você, mas com lvls maiores e o equipamento certo, transforma a batalha em um massacre!

      cabe ao jogo saber lidar com isso também. limitar combates por lvl seria uma

  • É um belo tema, inclusive dá margem pra muita conversa. Eu sou velho em videogames, meu primeiro videogame foi um Atari 2600 que vinha com um cartucho de enduro, isso no final dos anos 80. Lembro que tinha vários amigos que tinham videogame tbm e a gente se reunia cada dia na casa de um pra jogar, comer pipoca e tomar refrigerante, ô época boa, quantos controles não quebramos jogando decathlon :D esse era nosso multiplayer.
    Hoje em dia prefiro reunir os amigos para jogar, a gente se junta pra resolver os puzzles, uma vez eu e uma amigo passamos quase a noite toda pra descobrir como matar o Kraken no God of War 2. Não costumo jogar muito on line, apesar de alguns jogos eu achar bem legal. Mas não é por medo de competição, aliás não sei se é medo o que impede as pessoas de experimentar um multiplayer, eu pelo menos, simplesmente não me divirto tanto como jogando a campanha. As únicas experiências relamente memoráveis que tive com o Multiplayer foi jogando Diablo I e II, mesmo morrendo nas mão de inexcrupulosos feiticeiros e guerreiros poderosos.
    E é isso, não é por medo que que não jogo on line mas sim por não ter encontrado um multiplayer que me cativasse. E se alguém tiver com paciência pra me convencer do contrário ou simplesmente queiser fazer amizade é só me procurar, uspinhal tanto na XBLive como na PSN.
    Abraços.

    • Ogro Himself 4 anos atrs

      Esse é dos meu. Enduro FTW

    • FernandoX 4 anos atrs

      campanha e multiplayer são experiências bem diferentes (claro, em alguns jogos né)
      tem vários que a campanha é sim o charme e o que carrega o jogo, deixando o MP bem vazio, mas também tem vários jogos que o foco e a diversão tá mesmo no MP!

      e claro, nada melhor do que jogar com amigos em casa, só que uma experiência online é legal também para se aprender outras maneiras de jogar

  • yuri ferreira 4 anos atrs

    Cheio dos forever alone reclamando ai.

    • Engraçado são alguns argumentos do tipo "no online só tem gente querendo se exibir, eu não preciso disso pra mim". Será que as pessoas que ficam se aparecendo na jogatina online são assim tão diferentes daqueles que ficam ostentando prateleiras cheias de jogo, edições de colecionadores, achievements ou "a incrível experiencia que os jogos lhe proporcionam"?

      • Poisony 4 anos atrs

        Mas é claro que são. Se as pessoas fossem todas iguais estaríamos generalizando OU avançando ferozmente na clonagem humana!

        Fora que é idiota categorizar pessoas que fazem x ou y em uma cagação de regra dessas.

        Pense nisso.

        • Tu podia ser menos babaca né? Bem, duvido muito, mas de qualquer maneira, bem que podia direcionar sua babaquice gratuita a outros seres que não eu.

          Sério, se não for pra dizer nada útil pra mim, apenas ignore meu comentário assim como faço com os seus. Beleza?

          • Poisony 4 anos atrs

            Ao meu ver, não falei nenhuma inutilidade. Estou invalidando a sua pergunta e insinuação inicial lá em cima baseando-me em isso ser a) generalização ou b) um grande avanço na clonagem humana.

            E nem cheguei a comentar que essa questão separa comportamentos que não são excludentes (alguém que se exibe na jogatina online pode ostentar prateleiras e achievements), o que é extremamente zoado.

          • Ok.

          • Poisony 4 anos atrs

            okay.jpg

  • FelipeRaabe 4 anos atrs

    Se precisa competir, beleza, nunca tive problema em perder. Até acho que um jogo perde a graça quando eu só ganho.
    Só não gosto de Competitivo porque prefiro Cooperativo.
    Lembrem que é da natureza do humano querer se aliar as pessoas também.
    Se aliar pra ganhar mais notas.
    Se aliar pra conseguir mais dinheiro.
    Se aliar pra conhecer as melhores garotas.
    E assim vai…

    • Poisony 4 anos atrs

      Falou TUDO.

      Deixemos a competitividade pra vida que já é tão mais complicada por causa disso…

      Essa geração é a do co-op.

  • Rafaeltaira 4 anos atrs

    A cara acho q o maior medo é pessoal q é noob q muitas vezes não é tolerado. Ma tbm multiplayer acho melhor quando é na casa do amigo ou na lan house. Que pelo menos tem uma interação com o adversário bem maior. Já via internet vc nem sabe quem é a pessoa direito e nem consegue falar com ela enquanto joga na maioria das vezes.