Minha saga para retomar a Terra:

Era dezembro de 2011, faltavam 3 ou 4 dias para a véspera de natal. Estava em mais uma pilhagem na internet quando me deparo com um fato meio desagradável: os DLCs de Mass Effect 2 para PS3 tinham data de validade. E o pior, o prazo terminaria no fim do ano. A essa altura, o jogo estava na minha (quase quilométrica) lista de jogos a serem comprados por muito tempo e essa seria uma boa oportunidade para comprá-lo de uma vez (afinal, eu não daria o gostinho à EA de comprar os DLC’s em separado).

Fui correndo pro Mercado Livre e comprei no anúncio mais barato que encontrei na ocasião, afinal, teria que pagar o frete mais caro para não correr o risco de o feriadão natalino atrapalhar a entrega e eu acabar perdendo o conteúdo baixável.

Faltando 2 dias para o fim do ano/prazo, recebi o jogo (o Sedex acabou não valendo a pena no fim das contas…). Usei imediatamente os códigos e comecei a joga-lo e não consegui mais parar. Antes mesmo de terminar Mass Effect 2 eu pensei: “Tenho que comprar Mass Effect 3 assim que sair! Melhor ainda, comprarei a Edição de Colecionador!

Ignorando completamente o fato de que eu nem sabia se o jogo teria uma edição de colecionador ou não, o hype foi crescendo a cada novo teaser, trailer ou imagem que “vazava” na internet.

O jogo foi lançado, e como eu não tinha 1 centavo no bolso, vi a desejada edição esgotar em todas as lojas online gringas que conhecia. A salvação foi novamente recorrer ao Mercado (cinza) Livre. E como meu aniversário se avizinhava, acabei ganhando a versão de PS3 do jogo sem gastar meu dinheirinho.

Conteúdo da edição:

Mass Effect 3 N7 Collector’s Edition foi lançado para PC, PS3 e Xbox 360 possuindo poucas diferenças entre elas, já que a edição de X360 possui um item baixável para seu avatar da Live.

Os itens vêm dentro de uma luva de papelão relativamente resistente, com abertura lateral e uma arte bastante sóbria com o nome escrito em verniz e o símbolo N7 em relevo com uma imagem metalizada da Terra ao fundo. Dentro da luva encontramos dois itens: o jogo (ah, vá!) e uma segunda caixa que abriga os colecionáveis da edição.

Abrigados na segunda caixa temos:

  • Uma litografia 10x15cm da Alliance Normandy SR2, a nave do terceiro capítulo da franquia;
  • Um patch bordado do emblema N7 com velcro no verso;
  • A primeira edição (de um total de 4 edições) da comic Mass Effect Invasion impressa pela editora Dark Horse Comics em um papel de alta qualidade e com uma arte de capa exclusiva dessa edição. A HQ conta uma história da “Rainha” de Omega Aria T’Loak, que se passa entre a história do segundo e terceiro jogo;
  • E por último, mas não menos importante, o artbook de capa dura “The art of Mass Effect 3”. Com mais de 70 páginas muito bem impressas e ricamente ilustradas, o livro possui fichas de personagens da sua equipe, artes conceituais de cenários, inimigos, naves e muito mais, além comentários da equipe de produção na maioria das ilustrações.
  • O jogo possui uma embalagem diferenciada aos jogos comuns. Ele vem acondicionado em um Metal Pack com uma excelente impressão metalizada do Male Commander Shepard de um lado e a Fem Shepard do outro. Em seu interior, o estojo possui uma arte interna também metalizada da chegada dos Reapers à Terra. Ainda dentro da embalagem, encontramos o disco do jogo (na versão de PC e X360 são duas mídias), o manual do jogo (em preto e branco, como de costume nos jogos da EA), e o folheto com o online pass e os códigos para o conteúdo baixável.
  • Achou pouco? É que ainda não acabou. Temos ainda os conteúdos disponibilizados por download:
  • 4 novas armas: a handgun N7 Eagle, a submetralhadora N7 Hurricane, a shotgun N7 Crusader e o sniper riffle N7 Valiant;
  • Uma mascote robótica para a Normandy;
  • Novas roupas para os personagens Kaidan, Ashley, James Vega, Liara T’Soni e uma roupa casual para o/a Shepard;
  • Uma nova missão chamada From Ashes. Nessa side story, a organização Cerberus encontra um artefato dos Protheans em Eden Prime (local onde você começa o primeiro jogo). No decorrer do DLC, você descobre a história de Javik, personagem recrutável último representante da raça dos Protheans;
  • Conteúdo para avatar da Live (exclusivo da versão de X360);
  • 25 músicas da trilha sonora de Mass Effect 3.

Considerações finais:

Apesar de ser uma excelente edição de colecionador e ser bastante rica em itens colecionáveis, um deles me deixou um pouco desapontado. Na edição especial de Mass Effect 2, o estojo do jogo era um Steelbook, estojo feito de metal com qualidade e acabamento superior ao Metal Pack de ME3. Nele, as duas metades do estojo são unidas por duas dobradiças de plástico que se eventualmente se quebrarem, deixarão as duas partes penduradas ou no pior caso, soltas.

Outro “problema” é que a versão de PS3 o estojo tem formato G1 (tem o tamanho de um estojo regular de DVD), enquanto que os jogos da Sony utilizam estojos G2 (tamanho de estojo de Blu-ray). Pode parecer frescura, mas ele se destoar do resto da coleção pode incomodar os colecionadores mais ferrenhos.

Contudo, os outros itens compensam esse pequeno deslize. O artbook é lindíssimo, e muito informativo; a HQ é bem interessante (mas bem que poderiam ter dado a série inteira XD); o patch é legal e bem bordado, mas a parte “fêmea” do velcro faz falta; sem contar o farto conteúdo para download.

Em suma, é uma edição obrigatória para colecionadores e fãs mais entusiastas da série, mas que apesar de ter sido muito bem produzida, por pouco não chegou a ser perfeita.

Este review foi escrito enquanto o conteúdo por download era baixado, e como ele já foi concluído, peço licença, pois tenho que ir salvar o universo novamente!

Nathan Ferreira

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

14 Comentario(s)

  • Danlost 4 anos atrs

    Show!!!

  • Putz, só porque eu também iria escrever um texto sobre a N7 que eu tenho :(

    Mas pelo jeito foi até melhor, o texto aí tá muito melhor que o meu, hehehe.

    No entanto, discurso do autor quando fala que a edição é boa. Sou aficionado por edições de colecionador e essa N7 está longe, beem longe de ser uma das melhores.

    Os itens que ela apresenta são só "legais", o que mais me chamou a atenção na N7 foi o preview da HQ, que realmente é muito boa e dá vontade de ler o resto, e o DLC "from Ashes" gratuito, que vale a pena pelo personagem a mais que adiciona no game.

    A Bioware sempre primou, nas edições especiais dos seus jogos, em conteúdo in-game do que itens colecionáveis e na N7 edition não foi diferente.

    Pena, porque todo mundo há de concordar que ela ficaria muito mais desejável se viesse com uma réplica da Normandy, tal qual o próprio Shepard tem na cabine dele no game

    • Mister_I 4 anos atrs

      dá pra poupar na edição de colecionador e comprar uma na loja da bioware…

      • Squallnathan 4 anos atrs

        Eu não trocaria o conteúdo dessa edição por aquela miniaturazinha. Mas bem que poderiam ter posto uma na N7 edition.

  • Sensacional! Só o patch bordado do N7 já vale toda a caixa (exagero :D).

  • Nenhum boneco?
    XD

  • E esse RE5 autografado ai?

  • happyjoin 4 anos atrs

    O único jogo de colecionador que eu tenho é o do uncharted 3. =[

    • Squallnathan 4 anos atrs

      Putz, e ainda diz só? É muito foda a edição de Uncharted 3!

  • inominavel 4 anos atrs

    to doido por essa edição………..

  • Muito legal! Sempre quis ter as edições de colecionador de Mass Effect 1 e 2 (que são ótimas também), mas elas são supervalorizadas no mercado depois de um tempo, para se ter uma idéia, a do ME 1 custa US$ 750.00 na Amazon!!!

    Sendo assim, fiz questão de fazer a pre order dessa do ME3 para Xbox 360, com 6 MESES de antecedência, hehehe. Deu tudo certo e chegou aqui. Quem tiver oportunidade de pegar essa edição pegue, se puder pegue 2 unidades, pois no futuro pode ficar bastante valorizada ;-)

    • Squallnathan 4 anos atrs

      A de Mass Effect 1 eu nunca vi nem vendendo, imagino que deva ser bem cara mesmo. A do 2 eu já vi algumas vezes e uma vez quase cheguei a comprá-la, mas alguém chegou na minha frente e comprou antes.

  • Eu comprei a versão deluxe digital. Pra me sentir melhor, peguei o poster da Normandy e mandei fazer um poster gigante com ela e coloquei na parede do meu quarto. Esta lá até hoje.