E vamos para o segundo vídeo do nosso Game Journey de I Am Alive!

Nessa segunda parte da aventura é reforçada a importância de administrar  seus escassos recursos e a crueldade do jogo fica ainda mais evidente. Será que vale mais a pena seguir adiante, mesmo tendo desperdiçado itens importantes no caminho? Ou refazer todo o estágio desde o último checkpoint tentando errar menos movimentos?

Quantos problemas de design do jogo o Ogro vai amaldiçoar dessa vez? Como aliciar criancinhas com gadgets eletrônicos? E o que Benny Hill tem a ver com I Am Alive?

Essas respostas e muitas outras você encontra no vídeo abaixo. Assiste aí, vai.

Computólogo, RPGista, Gamer, viúvo da Sega e Sonysta.

Twitter 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

5 Comentario(s)

  • Tiago Dayrell 4 anos atrs

    Terminei agora a pouco o I Am Alive e achei bem fraquinho, nem é pelo grafico, acho q esse é o de menos, não gostei pq era um jogo com uma premissa que eu gosto muito (adoro desastres naturais, q nem são tao bem explorados nos jogos, queria mto ter jogado o Disaster: Day of Crisis pro Wii q saiu so no Japão), mas que foi muito mal executado… a historia é fraquinha demais, o combate é bem tosquinho tmb!

    • FernandoX 4 anos atrs

      só joguei a demo mas achei a ideia do jogo fantástica (como todos nós)

      to vendo se o ogro me anima a pegar =P

    • Ogro Himself 4 anos atrs

      Até o momento, eu acho que I Am Alive tem IDÉIAS fodas … mas pecou na execução. O fato dele ter trocado varias vezes de estudio e ter demorado demais no desenvolvimento fica bem claro durante o jogo.

      Um novo jogo que aproveite bem esses conceitos, e que seja bem projetado ia ser foda.

  • Zacarias 4 anos atrs

    Eu curti o jogo, principalmente comparado a outros jogos da live. Falta polimento aqui e ali, mas achei ele melhor que muito jogo retail de 60 doletas por aí. Curti o combate, q te faz pensar muito antes de qualquer ação, curti a jogabilidade baseada em poupar itens e curti o "realismo" de termos uma barra de estamina que não te deixa fixar 6 anos pendurado como no Uncharted e assassin's creed.

    Enfim, como disse o Ogro, fica evidente o lance de o jogo ter passado por vários estúdios. Se o jogo merece uma nota, sei lah, 7, mesmo com todos os defeitos, imagina se esse cara tivesse um investimento, produção e polimento de um AAA?

  • Putz eu estava num hype absurdo por esse jogo desde que sairam os primeiros videos, ai o tempo foi passando e ficou naquele chove não molha, lança ou desiste e saiu meio nas coxas… As idéias são ótimas, o cenário é bacana, a história é clichê mas até aí foda-se, o que realmente me brochou de I`m Alive foi o descaso, a Ubisoft só lançou ele aos 45 do 2º tempo pra recuperar uma parte do investimento… uma pena, poderiam ter utilizado a grana dos trocentos ACs e aplicar nesse jogo que tinha tudo pra ser uma AAA.