OBJECTION!

E se lançarmos um podcast por dia? Neste episódio Fernando, Diego e Ogro discutem os perigos para saúde do videogame e a declaração polêmica de Alex Hutchinson, diretor de Assassins Creed!

A série queridinha da Ubisoft é alvo de críticas por seguir a linha de lançamentos anuais, comuns a jogos de esporte e, mais recentemente, a série Call of Duty. Mas Hutchinson pensa diferente! Se pode lançar algo bom todo ano, por que não fazer?

Mas e quanto a série Assassins Creed? Precisava de tantos jogos seguidos? Houve mudança significativa durante a trajetória de Assassins Creed II até Revelations? E quando você sabe que jogou Assassins Creed demais?

Edição: Diego
Edição final e trilha: Samuka

Feed do podcast: http://feeds.feedburner.com/fenixdownpodcast

Qualquer dúvida, sugestão, crítica ou elogio, envie para contato@fenixdown.com.br! E siga-nos no twitter : @fenix_down !

Fernando X de Megaman X! Não de pornografia ou de Xuxa!

Facebook Twitter YouTube 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

101 Comentario(s)

  • leocamisa10crf 4 anos atrs

    Baixando pra ir escutando no caminho para o trabalho! E eu que terminei AC1 tem 1 mês.

  • Denied!

  • Opa! Nunca joguei muito Assassins Creed, mas gosto do jogo. Bora baixar!

  • Aê, ainda temos o Phoenix Wright no Fênix Down :D
    Mas não ouvirei agora, só quando estiver indo trabalhar. Mas já está no celular :)

  • leocamisa10crf 4 anos atrs

    Acabei de escutar e me identifiquei muito com esse objection, no primeiro caso foi referente a se machucar em uma jogatina. Diego essa voce vai gostar e qunanto ao Fernando acho que vai dessistir de jogar um tal de dead space 2 esse jogo simplesmente me deu 3 prejuizos ao mesmo tempo, em uma dessas jogatinas das madrugadas com a luz do quarto apagada, ao levar um susto eu simplesmente cai da cadeira de bunda no chão, a minha cadeira quebrou e o meu controle saiu voando da minha mão causando um problema em um dos botoes resumindo controle com pequeno problema, dor no "gluteo" e cadeira quebrada, tudo bem que não foi por tempo de jogatina mais foi engraçado mais eu finalizei o jogo superando os sustos. Sobre Assissin's Creed não posso comentar muito estou jogando o 2 mais o salto do primeiro para o segundo é enorme isso é fato e com a dica de voces vou jogar o brotherhood ao inves de ir direto para o revelations. Sobre titulos que sao lançados anualmente como jogos de esportes eu acho desnecessarios em alguns casos e deveriam ter um espaço de tempo maior para serem lançados a não ser que acrescentassem algo significativo como melhorias graficas e uma inovação em jogabilidade entre outros quisitos. Essa e a minha opniao desculpem os erros e o comentario gigante e porque estou na condução e não queria esquecer mais tarde sobre tudo que gostaria de comentar.
    Abraço a todos.

    • hauhauaha
      valeu! mais motivos para fugir dessa franquia! xD

      jogue os outros AC e depois comente de volta se achou que serviu como lançamentos anuais =)
      o salto do 1 para o 2 é XIGANTE mesmo!

    • Dead Space é sinonimo de imersão mesmo!
      nunca cheguei a cair da cadeira mas ja tremi jogando huahuahuauhhua

  • alwaysdsame 4 anos atrs

    Ainda não ouvi mas, já estou baixando.
    Antes mesmo de ouvir já deixo aqui que não concordo com essa de que deve haver um lançamento novo a cada ano…Isso é uma grande característica que me faz abandonar franquias, principalmente se essa tiver opção online. Um ano não é o suficiente para aproveitar bem o online, vide Dark Souls que eu ainda aproveito muito o Online até hoje e já faz uns 2 anos que lançou.
    O AC eu nem tenho mais vontade de jogar online pq tudo que eu fizer nele não vai valer de nada, ano que vem vou ter que comprar outro mesmo. E acho que ficaria muito corrido também, causaria um excesso de jogos dessa franquia na minha opinião pois, é algo que temos que saborear e não fazer um RUSH louco para pegar toda a história.
    Muitas coisas de AC tem que parar e prestar muita atenção, deixar a franquia descansar e dar espaço para os fans especularem sobre a história, pensarem mais nela…Eu ao descobrir que vai sair um a cada ano já me vejo jogando e deixando ele de lado pq no próximo ano a continuação já vai vir mesmo…

    Ficou meio porca essa opinião já que pensei na hora e estou sem muito tempo, quem acha o contrário da Reply e quem sabe me convenso que valha a pena =D

    • Dark Souls não fez nem um ano que saiu ainda, fio. É de setembro/outubro de 2011. http://en.wikipedia.org/wiki/Dark_souls

      Como tudo na vida, não existe resposta única e pronta e definitiva que se possa aplicar a *todos* os casos. Isso quer dizer que sim, há franquias que conseguem manter a qualidade mesmo lançando todo ano – mesmo que se considere que elas são exceções. Assassin's Creed, aliás, é o caso mais claro e evidente. Se todas as franquias trouxessem metade das novidades que cada jogo da série traz, ninguém reclamaria de falta de ousadia em jogos anuais.

      Mas o pessoal do podcast do qual participo falou sobre isso melhor e vai ao ar *hoje*, fique de olho lá no Respawn: http://www.respawn.com.br

      Abraços!

    • é, pra jogatina online isso é pior ainda, uma vez que passa um ano e fica sem com quem jogar. mas para jogos offline, desde que tenha uma evolução legal, pode ser uma boa pedida!

      • alwaysdsame 4 anos atrs

        Concordo, eu gosto do modo online da maioria dos jogos e 1 ano para aproveitar bem é pouco =/

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      Cara isso é bem relativo
      Se o jogo continuar com uma boa qualidade e continuar me divertindo não me importo se sair um por ano,por isso tenho a coleção toda
      O modo online na minha opinião normalmente é um bônus(menos que seja um FPS estilo CoD),julgar um jogo pelo modo online não faz muito sentido,principalmente na série AC,onde o online nào efluência no jogo,e é muio divertido
      Enquanto os jogos manterem esse mesmo padrão de qualidade,eu ficarei feliz em comprar um AC novo por ano(que vem com preços ótimos de lançamento),e tem outra coisa que não ta no seu comentário mas gostaria de constar,os AC's,se não me engano,não são feitos as pressas eles são muito bem planejados
      O excesso de jogos só mostra como a série tem sido popular
      Pra mim desde que o jogo seja de qualidade e que não me sature pode vir um por ano sem problema =D

      • alwaysdsame 4 anos atrs

        Eu concordo que realmente os AC's não são feito nas coxas e a história é muito boa até o momento, veja que têm até quadrinhos e outras midias que acompanham isso também.
        Os preços são uns dos mais em conta, anima comprar no lançamento ou até na Pré-venda.

        Na questão do Online, realmente é um bônus mas, como eu tenho que jogar ele um certo tempo para ir desbloqueando equipamentos e outras coisas eu acho que podia ter um tempo maior do que 1 ano para aproveitar direito isso. Um ano é muito pouco para vida util de um jogo, com esse rítimo pessoas que ainda não começaram a jogar podem ficar desmotivadas a começar e 1 por ano pode tornar o AC mais do mesmo, concorda que uma hora as boas idéias vão acabar se não tiverem um tempo maior?

        • GabrielVRosa 4 anos atrs

          Eu concordo com isso,alguma hora as boas idéias acabam,mas tem uma teoria que eu vi,que se eles tiverem planejando assim vai ser muito foda,toda a historia na verdade esta se convertendo em um único ponto que é o ano atual deles(2012),dessas cruzadas até a guerra da independência isto indo para o futuro,não retrocedendo mais,e de acordo com isso o ultimo AC seria interpretado pelo próprio Desmond,isso da a eles pelo menos idéias boas de histórias,sei lá,já imaginou assassinos na primeira guerra entre outros momentos históricos marcantes
          Eu concordo que o multiplayer deveria ser mais "desbloqueáveis",mas creio que eles fazem assim para fazer o jogador querer jogar mais e mais(ta vendo aquilo,se você jogar tantas horas ele será seu),concordo completamente na questão online mas isso não é o foco do jogo,o que me da vontade de comprar os jogos,mesmo que eles sejam anuais

          • alwaysdsame 4 anos atrs

            Eu ouvi essa teoria, e isso seria muito interessante, principalmente quando chegar no momento do Desmond.
            Só que certas coisas que brilham no AC seriam perdidas e isso me preoculpa um pouco, o melee por exemplo ficaria um pouco desnecessário já que as armas de hoje em dia tornariam todos os assassinatos mais tranquilos e fáceis a uma longa distância.
            O Parkour (não sei se escrevi certo) nos dias de hoje fariam tudo ficar ainda mais bizarro as saliencias não são mais tão comuns para ele se agarrar.

            Se conseguirem amarrar bem essas coisas e não perder a essência seria um Gran Finale digno, só que 1 por ano…EU ficaria saturado.

          • GabrielVRosa 4 anos atrs

            Isso que me preocupa também,talvez a formula do AC,ou até mesmo esse estilo de jogabilidade acabaçada sendo "tedioso",só queria deixar uma coisa bem clara,concordo que os jogos do AC deveriam demorar mais para sair,mas também não discordo de sair um acada ano
            Meu maior temor mesmo é de que uma das minhas séries preferidas acabe ficando sem graça,mas por enquanto isso não aconteceu,e olha que são muito jogos
            E essa rezao de eu não discordar,mas talvez isso não dure para sempre,pra mim ele poderiam lançar o AC de dois ou de três em três anos depois o AC3 que promete

          • caio_mota17 4 anos atrs

            Alwaysdsame,
            Mirror's Edge.
            Parkour numa cidade moderna com inimigos usando armas de fogo atuais
            E que funciona BEM

            Só isso…

          • alwaysdsame 4 anos atrs

            Ok Caio, então tenho umas coisas para dizer para você:

            1 Bem lembrado, Mirros Edge (Apesar de não ter jogado) é realmente um jogo que o fóco principal é o Parkour e é em uma cidade futuristica.

            2 Por que Mirros Edge não pode ser usado de base para AC?

            a. Mirros Edge é um jogo onde você é uma "carteira" que leva informações e a maioria do jogo você passa em fuga, enquanto que em AC você é um assassino que deve eliminar seus alvos.

            b. Mirros Edge se passa em uma mundo que não tem nada haver com o nosso enquanto que o AC se propõem que o mundo em que se passa É o nosso.

            c. Mirros Edge o combate só é melee porque você não precisa de armas já que seu objetivo é FUGIR com a informação e não eliminar um inimigo (Concorda que no caso de um assassino é bem mais prático usar uma arma a longo alcance que se jogar pessoalmente no meio do ninho dos inimigos?)

            e. Mirros Edge fica na maioria do tempo no topo dos telhados e as vezes em algumas partes em ambientes fechados, diferente de AC que se passa no meio das ruas. Em Mirros Edge não se vê muitas pessoas enquanto que no AC se misturar com o povo e usa-los a sua vantagem é um grande brilho.

            Conclusão: Mirros Edge é um maravilhoso jogo que está na minha lista, assim como AC.
            O jogo M.E. usou muito bem o parkour de uma forma divertida e interessante mas, não é o estilo que gostaria de ver o AC seguir.

            Só isso.

          • GabrielVRosa 4 anos atrs

            Eu acho que ele quis dizer que M.E. Mostra que o parkour não seria tão esquisito na atualidade;andei pensando e talvez eles poderiam ainda criar mecanismos na realidade de um assassino futurista,como arpões e tal,ele talvez não usaria armas de fogo porque algumas das vitimas tem certas informações que eles precisam,e matando os simplesmente não os daria as informações
            Sem fala que a um declínio na histria dos assassinos que diminui seu poder,e deixa os templários mas fortes,pois no futuro vemos que os templários parecem estar dominando pelo menos a área da Europa,e não sabemos quando ou como isso aconteceu

          • caio_mota17 4 anos atrs

            Meu objetivo não era comparar AC a Mirror's Edge. Ele ser um FPS já mata quase que totalmente a comparação, só quis dizer que não seria esquisito um AC num cenário atual, e que já fizeram isso num jogo.

          • GabrielVRosa 4 anos atrs

            voce me entendeu mau
            eu tambem disse isso,não comparei M.E. com AC só disse que M.E. mostra como o parkour pode ser utilizado nos dias atuais sem ficar estranho

          • alwaysdsame 4 anos atrs

            Como o Parkour pode ser utilizado realmente da uma boa idéia.
            Só que o Parkour do M.E. é bem diferente do AC concorda? Não só por um ser First Person e outro Third Person, também porque do ME tudo se passa no topo de prédios e as vezes em ambientes fechados(Tem poucas pessoas passando para lá e para cá) e no AC você começa da rua, onde teria várias pessoas andando etc.
            O que seria interessante até pelo fato da polícia e tal já que o mundo de AC não está dividido entre Assassinos e Templários, existem pessoas que nem sabem o que acontece e que se vissem alguém subindo um prédio derrepente chamaria a polícia.

          • GabrielVRosa 4 anos atrs

            concordo,só disse que ME mostra que o parkour não é tão difícil de ser mostrado no mundo atual,ele é muito diferente do AC mas mostra que isso é possível
            claro que é normal se você visse um cara pulando prédios chamaria a policia,só que ela não chegaria a tempo de pegar um assassino Professional,só os templários teriam tal noção porque eles enfrentam os assassinos á muitos anos e evoluíram junto com eles
            se você visse um cara correndo feito retardado na rua e depois subindo o prédio em segundo, você ou gritaria,ou nem se importaria e comentaria com algum amigo o que tinha visto na rua

          • alwaysdsame 4 anos atrs

            É verdade, eu não acho que seria estranho (Ta um pouquinho eu acho, gosto mais de ser na antiguidade) mas eu gostaria muito de ver como seria o AC moderno só que tenho medo de isso mudar de mais o estilo do jogo mais para um Hitman do que para um AC.

          • GabrielVRosa 4 anos atrs

            acho que não chegaria a esse ponto poque tem um pico na história dos assassinos onde eles perdem um pouco da sua importância
            o máximo da modernidade que o AC chegaria eu acho que é lá pros anos 60 ou 70,talvez até menos que isso

          • caio_mota17 4 anos atrs

            Gabriel, eu errei, eu ia dar reply em alwaysdsame, não em você.
            Eu entendi :)

    • ô cara Dark Souls saiu no final do ano passado!!! uhahuahuahu
      tem nem um ano ainda quanto mais 2 anos !
      e o servidor de demons ja esta pra ser desligado se nao ja foi….
      eu ja nao sou assim de parar de jogar se sair outro, na real eu quer aproveitar o maximo anets de pegar outro… vai entender XD

      • GabrielVRosa 4 anos atrs

        O server do demon souls já foi desligado :/
        E você tem mania de platinar ?Pra aproveitar o jogo ao máximo ?

      • alwaysdsame 4 anos atrs

        Pôo eu já me corrigi, dizendo que sou meio perdido no tempo mesmo =/
        Foi uma gafe feia, mas isso é o que escrever sem pesquisar antes faz ù.u nunca mais cometerei o mesmo erro (Sóquenão)

        Mania de platinar eu tenho quando o jogo é muito divertido, no caso do Online de AC, quando sai um novo o antigo fica mais parado, e o novo sempre tem mais coisas.
        Mas nunca joguei o Online para saber se é bom, joguei apenas o AC, mas depois de uma dica do Ogro no Twitter até to pensando em voltar a jogar o AC.

  • Bruno 4 anos atrs

    Em relação a Assassins Creed, pra mim se o jogo está saindo todo ano e os fãs gostam e está saindo um trabalho de qualidade, por mim tudo bem. Mas para mim eu joguei Assassins Creed 2 e ja me dei por satisfeito, não joguei o Brotherhood nem o Revelations por que ja saturei no 2, vou pegar o 3 por que esse parece ter completamente diferente em relação aos anteriores.

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      Brotherhood eu nem te aconselharia,porque é mais do mesmo,só fã mesmo,ou alguem que quer pegar a historia eu aconselharia,mas o revelations até que é legal,apesar de ter uns modos de jogo que não fazem muito sentido(tower defense)mas mesmo assim é muito legal
      Mas na minha opinião o dois continua sendo o melhor(até agora)

      • eu já diria o contrário! curti mais o Brotherhood do que o Revelations, e se vc quer saber da história então pegue o Revelations!

        apesar do Brotherhood reciclar mta coisa do AC2 ele ainda foi o responsável pelo refinamento da jogabilidade

        • GabrielVRosa 4 anos atrs

          Sei disso,só que pra mim o revelations tem um contexto novo,entendeu ?
          Mesmo o foco sendo mais a história ele trouxe algo diferente em contexto e em seus conceitos,,e até um pouco a jogabilidade
          Já o brotherhood deu uma reciclada nos conceitos e na jogabilidade do dois e deu uma refinada que o deixou bem melhor,mas esse contexto igual ao do segundo e algumas coisas não muito novas deixaram ele,na minha opinião,bem mais parecido com o segundo,pra alguem que ta saturado disso acho melhor jogar o revelations

          • é, nesse sentido vc tem razão!.

            mas acho que o revelations é mais para quem está ligado na história, ainda mais por fechar bem alguns arcos abertos!

          • caio_mota17 4 anos atrs

            Sinceramente eu acho que ele deveria jogar ambos.
            Mesmo Brotherhood se passando no mesmo contexto do 2, coisas acontecem cara, MUITAS coisas acontecem nele, além de que, para jogar o 3 você precisa entender as partes de Desmond, do Revelations, e pra entender as partes de Desmonds do Revelations você PRECISA jogar o Brotherhood.

            Eu falo isso por ser um viciado em Assassin's Creed que não se importa em jogar 12 horas seguidas, procurando penas pelas cidades. Mas vou tentar considerar suas opiniões…

          • GabrielVRosa 4 anos atrs

            sei disso,a história é muita importante porque mesmo sendo boa, convenhamos é muito confusa,me lembre até os tempos de ouro do lost
            só que ele disse que já estava saturado,pra mim acharia melhor ele pular pelo menos pro revelation que é por enquanto o mais diferente do dois,pular direto pro três seria meio extreme demais,sem falar que o revelations tenta mais fechar os arcos abertos e um jogador que pulasse o brotherhood só sentiria confuso no começo do jogo

          • GabrielVRosa 4 anos atrs

            sei disso,a história é muita importante porque mesmo sendo boa, convenhamos é muito confusa,e cheia de teorias
            mas pra alguém que ta saturado do dois,pular para o revelations seria o melhor,acho que pular direto para o AC3 seria meio extreme,e se você pulasse direto pro revelations você só se sentiria confuso no começo pois o objetivo principal é fechar os arcos abertos

    • aaaah cara, em termso de historia vc vai perder MUITO

      • GabrielVRosa 4 anos atrs

        Depende de como vai ser a introdução do três,mas mesmo assim ele ira perder a historia,isso é fato

  • Então. eu acho isso tudo um processo natural.

    A indústria dos games sempre foi assim, os jogos com números são os principais e quando você quer fazer um episódio a mais, você não incrementa número. Nisso você geralmente usa a mesma engine e tudo mais, se vier algo extra é lucro. Exemplos: Sonic & Knuckles, Resident Evil Code: Veronica, Final Fantasy X-2…

    Ogros tem compaixão com seus parentes Trolls e fingem que "entendem" eles (mesmo quando são gagos) pra tentar evitar que eles se queimem com o que dizem. Principalmente quando Anões os acusam de não saber o que é ética…

    Humanóides tem sangue quente, circulação, carne e essas coisas gosmentas aí, por isso precisam se mexer, se alongar e se aquecer de tempos em tempos. Por isso minha recomendação é que façam isso se quiserem jogar pelo resto da vida…

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      demorou um pouco para te reconhecer com essa foto nova XD

      • Engraçado você comentar, porque eu tô incomodado com essa foto… A antiga era tão característica, mas é tão antiga D=

      • Agora eu acho que tá mais de acordo =3

    • sim sim a questao é mais da periodicidade, ta saindo "muito rapido" para alguns

      • Então, nesse caso: Harry Potter saía todo ano (até começar a atrasar) e ninguém reclamava =p

  • rafael taira 4 anos atrs

    ri com essa parte do fernando falando francês.
    verdade nunca sei quando sai esses objection ja saiu em terça,em quarta, em quinta. é uma loucura.
    sendo um jogo de esportes como fifa e nba tudo bem sair todo ano. Agora se quer um fifa q não sai todo ano é só ver o street q só tem 4 e a franquia começou em 2006. No começo dos games até megaman saia todo ano. agora sai com bem menos frequência.
    o bom é fazer um jogo todo ano e ter dinheiro para fazer algo bom. O ruim e lançar jogo todo ano e não ter dinheiro suficiente para jogos bons.

  • Fala aí, galera. Agora que já escutei o cast e já cheguei num computador, posso comentar o assunto. Eu pessoalmente não tenho nada contra nem a favor de jogos anuais. Eu só sou a favor de BONS jogos, e, felizmente, no caso Assassin's Creed em destaque, ele é um bom jogo.

    Aliás, me estranha vocês se concentrarem justamente nele, que tem uma campanha single player espetacular e em cada jogo aborda toda uma cidade nova, que seria impraticável via DLC (se fosse antigamente, seriam lançados como EXPANSÕES: jogos completos e praticamente independentes, que trazem por vezes elementos novos de jogabilidade, mas que complementam o jogo principal). MUITO mais escabrosos são os casos dos jogos de esportes, como mencionado brevemente no início, e os FPS que o povo só compra quase que exclusivamente pelo Multiplayer, onde até mesmo a campanha solo é "qualquer coisa, só para tapar buraco, e ninguém joga pela história" (Modern Warfare, não fuja, é contigo mesmo). Tá certo que do Brotherhood para cá o Assassin's Creed passou a incluir multiplayer, que também estará presente no III, mas são adendos secundários, felizmente o foco continua todo no single player, na história de Desmond e seus ancestrais.

    E, como também mencionado, de certa forma foi bom mesmo ter saído o Brotherhood e o Revelations, pois por serem basicamente o II com melhorias, os seus custos de desenvolvimento foram muito baixos, o que permitiu financiar ainda mais o desenvolvimento do III. Como alguns de vocês devem saber, os produtores da franquia disseram que o 3 está em desenvolvimento desde a época do lançamento do 2, e que os outros jogos intermediários serviram justamente para permitir uma maior folga para mesmo, com mais investimentos e mais TEMPO para desenvolvimento.

    Mas só mesmo quando o jogo sair é que iremos comprovar se isso se justificará ou não. Eu digo que sim: só com as novidades já apresentadas nos diversos vídeos do jogo eu já vi muita coisa nova que mal posso esperar para poder vivenciar no jogo. Uma pena que, MAIS UMA VEZ, como não poderia deixar de ser, a Ubisoft adiou o lançamento para PC. Pelo menos foi só um mês, e sai ainda esse ano (antes do dia 21 de dezembro, que é uma data chave e fatídica, dentro da franquia), e não só no ano seguinte, como foi com o II e o Brotherhood.

    Bom, era isso. Aguardo pela próxima Objeção :)

    • o foco foi em AC pela declaração do produtor, que defende a franquia sendo lançada o "quanto antes".
      e citamos o AC como um BOM EXEMPLO do que se pode fazer quando leva a franquia para um período anual.

      a questão foi mais se cada jogo valeria a pena ser um jogo separado ou deveria esperar mais um tempo e lançar uma experiência mais "completa", por assim dizer.

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      concordo,e meus pêsames pelo lançamento de PC,pelo menos é só um mês =]

  • Cumprindo minha promessa de comentar nos casts com mais frequência!!!

    Gostei deste episódio e tenho as mesmas opiniões sobre esses DLCs anuais hehe. Brincadeiras a parte, acho sim que há casos e casos em relação ao lançamento anual de um mesmo títulos. Por exemplo, jogos esportivos, com algumas exceções, só alterar sprites e estatísticas. Sem desmerecer o trabalho, não acho que seja justo que seja cobrado preço cheio para eles. Acho que um DLC bem caro ou mesmo um custo de jogo de kinect ou wii já seria bem mais justo.

    No caso de CoD, eu fico meio na dúvida se é errado ou não, poi os últimos anos, sempre que está para sair uma versão nova, os gamer fazem um mimimi por todas as redes sociais, falando que não mudou nada e que é um lixo, dão nota 3 no metacritic, mas ai o jogo chega e quebra records de venda e domina a Live / PSN.

    Já o AC, esse sim eu estou concordando com o método adotado. Querendo ou não, esses jogos anuais estão ajudando a Ubisoft a pagar as contas e não sei se isso seria possível com um jogo de dois em dois anos. Sem falar que o Brotherhood e o Revelations foram grandes evoluções em relação ao seu antecessor. O ACB pode não ter adicionado nada muito visível, mas a mecânica ficou praticamente perfeita, a história ficou bem bacana o cenário ficou grande e relevante sem falar no modo multiplayer, que foi citado, mas como se fosse algo simples
    de fazer E MANTER (o que não é tão fácil assim). E o ACR trouxe um mapa totalmente diferente com skins BEM diferentes (e a hook blade! :D). Isso dá um trabalho grande pra fazer direito.

    Se é pra achar ruim, que reclamem das Capcons da vida. Essa sim faz um trabalho lixo. Lançam DLC de coisas que tem no game, fazem uma versão """nova""" em forma de disco em menos de um ano… Isso sim que é errado!

    (desculpa os erros se houverem, mas escrevi a resposta durante o horário do almoço!!!!)

    • opa, valeu por cumprir a promessa xD

      bom, CoD vai continuar assim enquanto pessoas comprarem (e pessoas VÃO comprar hahaha), como eu não compro então não me incomoda tanto assim

      sobre AC dizer que teve uma grande evolução entre as séries 2 é sacanagem! evolução teve sim, mas não foi tão grande assim (na minha opinião né)! a discussão foi exatamente se foi o suficiente para ter um jogo separado, que até que foi. além da evolução ter servido para justificar os jogos, ainda serve para os jogos futuros

      e bom, a gente SEMPRE reclama da Capcom xD

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      concordo em vários pontos
      e não sei o que aconteceu com a capcom,ela era tão legal antigamente
      agora parece até que só consegue viver de SF e DLC's
      uma pena =(

  • TMarT 4 anos atrs

    O perigo com franquias anuais é que pode cansar a formula, o que pode fazer com que uma franquia que poderia durar geraçoes morra prematuramente.
    Não joguei Assassins Creed, mas acredito que por mais que os jogos sejam boms, evoluam e procurem trazer coisas novas a cada novo titulo, eles compartilhem de uma mesma essencia, que em alguma hora poderá não parecer mais tão interessante para seus fãs.

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      então não importa quantos anos dure a produção,alguma hora ela vai acabar ficando maçante
      eu apoio a ideia de jogos anuais desde que eles consigam equilibrar isso,trazendo um jogo muito foda que da um salto na série e outros jogos que são sequencia dele e assim vai até a série acabar
      desse modo acho que eles não deixariam os jogos maçantes e manteriam seu publico fiel

  • GabrielVRosa 4 anos atrs

    Eae galera,acho que não vou conseguir deixar a minha opinião hoje :/
    Mas deixo meu comentário e amanha ouvirei ;)
    PS:agora que vi a descrição do cast acho que já deixei minha opinião em uma reply,mas depois de ouvir e tiver algo a acrescentar coloco meu comentário

  • Marcos Henrique 4 anos atrs

    O meu medo nesse negócio de lançarem jogo de uma determinada franquia todo ano é que isso esteja de alguma forma limitando o processo criativo e o polimento do jogo em si, que em tese podem ser devorados pelo curto prazo para o produto ser colocado no mercado. Em jogos de esporte isso é até natural e justificável, já que não é preciso trabalhar com histórias complexas e foca-se exclusivamente nas melhorias técnicas (que por sinal são geralmente bem sutis de um ano pra outro). A série Need For Speed é um bom exemplo desse perigo, falhou inúmeras vezes ao tentar se reinventar nos últimos tempos, e acredito que em grande parte por culpa desses prazos apertados.

    • bem colocado! quando o prazo é determinado pelo mercado ou pela publisher é um problema. mas quando é a própria desenvolvedora que estipula o prazo, considerando não afetar a qualidade, então fica ótimo!

      • GabrielVRosa 4 anos atrs

        foi isso que aconteceu com o AC1 ?
        ou estou enganado,tem muita coisa que ouço e depois não tenho certeza XD

  • Estou numa maratona louca para terminar brotherhood e revelations antes de jogar o AC3…bora ver o que vocês irão falar sobre esta série de jogos tão foooda!

  • rafael doidao 4 anos atrs

    esse podcast me fez pensar. no seguinte se uma franquia q lança jogos todo ano.
    começa a espaçar mais o seus jogos. E ae os fãs ficam pedindo jogo todo ano,pois ja estava acostumado antes. isso me lembrou uma música.
    mal acostumado,vc me deixoooooooooouuuuuuuuuu. mal acostumado com seu amor então volta tras de volta meu sorriso sem vc não posso ser felizzzz.

  • marcus maia 4 anos atrs

    Sim é valido quando vc pensa sobre o valor do jogo que provavelmente irá diminuir, também se torna algo positivo quando é utilizado uma nova engine para o jogo e para melhorar ou ampliar a historia original, o fato que as empresas precisam vender o para poder investir em jogos diferenciados e caso esse jogo se torne um sucesso, blz, caso contrário esse investimento não será um prejuizo significativo no final do mês.
    O pensamento mais simples que vem a minha cabeça é imaginar uma padaria, tem que ter pão frances todo dia porque todo mundo come, já um ´pão diferenciado são poucos.( sei lá é isso..rsrsr).

  • caio_mota17 4 anos atrs

    Eu já fiquei com dor nas costas jogando uma partida de Civilization V, com meu primo.
    Minha primeira partida… me lembro como se fosse hoje.

  • Olha só o Objection trazendo cada semana um assunto mais polemico que o outro…
    Os jogos anuais são complicados de se opinar, ainda mais por que eu sinceramente não "sigo" nenhuma dessas franquias, vejo muita gente reclamar de muito FIFA, muito PES, muito Assassins Creed ou muito Call of Duty, mas o que eu mais vejo é que quem reclama normalmente é quem não jogo as séries, eu por exemplo não jogo nenhuma delas, mas não vejo problema em ver todo ano uma nova saindo desdes que os novos jogos pelo menos mantenham a qualidade dos antigos, eu acho que isso talvez seja um tiro no pé da empresa por que por exemplo, se alguém hoje quiser jogar Assassins Creed vai ter ai uns bons 4 jogos pra zerar e entender a história o que acaba deixando a série um pouco inacessível para novatos(não agora, mas pensando nessa progressão, logo logo vai ficar)… Veremos se essa moda continuar, mas enquanto ela estiver trazendo qualidade, por mim sussa…
    Ah é… quanto a se quebrar jogando Video game, só mesmo com o Wii que eu me matava jogando Wii Sports Boxe…rs No outro dia não conseguia nem levantar o braço…rs

  • Se lançar um por dia, Samuka explode.

  • Mateus Medeiros 4 anos atrs

    Cara, isso é relativo, por exemplo a série AC, só foi melhorando até chegar no brotherhood, e decaiu um pouco somente com o revelations, e o grande diferencial de AC com relação a CoD, e outros é que se trata de um saga, se você jogou até o revelations é porque você quer saber o que acontece com Ezio e Altair, você é motivado pela história que o jogo esta te contando, pelo multiplayer(cof, cof, Call of Duty,cof, cof), ou simplesmente "por jogar", quem acompanha a serie, e a faz sucesso de vendas mesmo com as criticas, é a mesma tipo de pessoa que compra 3,5,7 livros, para acompanhar a historia, o os personagens que você gosta, pra descobrir o proximo movimento na trama, eu nao defendo o lançamente de um jogo por ano, por temer que AC se tone como um CoD, escrachadamente caça-níquel, sem se preocupar em, alem de ganhar dinheiro com o produto, oferecer inovaçoes, mudanças, que deixem a experiencia sempre refrescante e nova.

    • Mateus Medeiros 4 anos atrs

      (…) e não pelo multiplayer(…) ***

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      cara acho que isso não ira ocorrer porque,pelo menos até agora,eles conseguiram equilibrar bem para não ficar algo maçante,vai sair agora o AC3 que promete trazer varias mudanças,e bem na hora porque nó finalzinho do ACR achei que aquilo havia se tornado maçante mas o jogo já havia acabado
      por enquanto creio que isso não ocorrera,e se o salto do AC2 pro 3 for parecido com o salto do AC1 para o 2,eu vou ficar maluco

      • Mateus Medeiros 4 anos atrs

        Sim, concordo com voce, a tres promete muito, os saltos que ocorreram do 2 pro 1, e do brotherhood pro 2(mudanças suaves, algumas novas mecanicas e muito aperfeiçoamento do que ja existia), o terceiro jogo vai ser epico, se eles tem a capacidade de continuar inovando todo ano, acho que é valido lançar, um jogo por ano.

  • silviolcf 4 anos atrs

    Bom, eu não sou muito à favor do lançamento de alguns tipos de jogos todos os anos.

    1-) No caso de AC, acho complicado pois o jogo tem uma história bem complexa e se torna obrigatório jogar todos os jogos, então acho complicado ficar lançando todo ano, pois o jogador fica meio que forçado à jogar para poder acompanhar o plot.

    2-) Jogos como COD eu não vejo nem motivo para comprar todo ano, pois no MW3 por exemplo eu achei o modo campanha bem fraco, e sinceramente não vi grandes diferenças no MP para o MW2, gosto muito de jogos FPS, porém este ano não estou animado nem com Medal of Honor nem com o Black Ops 2…. os jogos que quero comprar são: Borderlands 2 e Far Cry 3… pois são jogos que não saem todo ano e tentam inovar em muitas coisas…. o proximo FPS mais comum que quero comprar é BF4, pois acho que lançara também para a nova geração. Acho que o intervalo entre um jogo e outro, dá mais tempo para que o jogo seja refinado e traga uma experiência mais consistente

    Para mim o mal desta geração é a quantidade exagerada de continuações… acho que alguns jogos que poderiam ser lançados como uma nova propriedade intelectual, acabam recebendo um nome de uma franquia somente para vender mais, e não concordo com isso!

    • o problema de COD é o multiplayer! se você não acompanhar você joga sozinho. mas claro, isso se você se importar com o MP =p

      já no AC ele consegue criar uma experiência nova e divertida a cada ano, além de avançar (as vezes beeeem pouco) na história

      • silviolcf 4 anos atrs

        Cara, eu tenho o COD 4 (primeiro MW) e até hoje tem gente jogando online, claro que poucas pessoas, mas da para jogar.

        E voltando ao AC, realmente ele cria novas experiências, mas isso poderia ser condensado em um jogo maior, com um intervalo maior de lançamento!

  • GabrielVRosa 4 anos atrs

    consegui um tempo e ouvi o objection e lá vai minha opinião
    meu pensamento é bem parecido com o do Ogro,e do produtor do jogo,não me importo se sair um por ano desde que a qualidade do jogo continue sempre sendo a mesma
    outras franquias que saem uma por ano normalmente não tem grandes prepósitos alem de se apoiar no titulo do jogo e visando lucro;no caso do AC creio que isso é um pouco diferente pois eles se importam com a história e pelo menos colocar algo novo que sera refinado no jogo seguinte,depois de ouvir o cast cheguei a conclusão de que não me importo em sair um AC por ano porque eu não ficaria saturado,pois chegaria um e mostraria um salto gigantesco no jogo em si,que agora é o caso do AC3
    sem falar que não sentiria falta da série
    se eles conseguirem medir a hora de lançar um jogo,vamos dizer assim,sequencia e outro jogo que daria um salto na franquia para o consumidor não ficar saturado,eu não vejo problema nenhum
    na verdade é isso que me afasta dos FPS em geral porque não vejo grandes mudanças de um jogo para outro,mesmo que já tenha outros aproveitando a mesma engine,normalmente tem campanha fraca e usa o multplayer como atrativo como é o caso do CoD,claro que tem jogos que conseguem se salvar mas na maioria é sempre a mesma história
    só pra finalizar gostaria de deixar claro que gosto dos jogos do AC e não me importo se eles lançarem anualmente desde que saibam como controlar isso para que não fiquemos saturados
    tem outra coisa que gostaria de falar é que as vezes a publicher(é assim que se escreve ?)que coloca uma pressão em cima para que o jogo sai rápido e eles não tem tempo de melhora-lo ,que se não me engano foi o caso AC1
    outra coisa que me deixa apoiar a ideai de sair um jogo por ano de certa franquia é o preço,normalmente os AC's ficam bem baratos,até no lançamento o que da vontade de comprar um jogo que você sabe que sera bom com um preço bem pequeno,e isso talvez não intimide alguém que quer começar a jogar agora,eu ja vi lojas venderem os quatro jogos em torno de 250 reais
    e só tem mais uma coisa que gostaria de falar,o wii é uma merda pra causar essas dores,lembro que quando ganhei o meu fiquei num frenesi jogando aquele wii sports,que me causou uma bela dor de ombro e punho no dia seguinte
    é isso continuem com o bom trabalho e espero velos na semana que vem não mês que vem viu
    não vou ficar saturado de podcast,principalmente o de vocês que são um dos melhores

  • safomatetor 4 anos atrs

    Sobre o AC que saiu o 1 o 2 o 3 e agora vai sair o 4, o que eu acho disso, foda-se té semana que vem ou até quando eu for gravar outro……………………………….

  • MuriloA 4 anos atrs

    Não vejo problema em lançarem um jogo por ano desde que seja bom, e no caso do Assassins Creed, como disseram no cast, tem um propósito maior, conseguir fundos pro Assassins Creed 3.

    Nunca joguei Assassins Creed, mas tenho vontade e estou bastante animado com o 3.

    Ótimo cast.

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      acho melhor voce jogar os outros primeiro,porque voce vai se sentir muito confuso pulando direto pro tres,e aproveita que eles estão com um ótimo preço

  • Ow, não ousem passar o podcast pra mensal!
    This will not stand!!!

    Btw, estou aqui para me despedir por um tempo, já que Dark Souls vai terminar de baixar aqui daqui a pouco e vou passar um tempo longe da vida o/

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      hahahahaha
      prefiro esperar o DLC,mesmo estando muito animado pro jogo pagar mais por uma coisa que vai sair tres vezes mais barato daqui alguns meses sai mais em conta

  • eber_frog 4 anos atrs

    Muito bom o cast. Minha opinião é contra a produção de jogos de uma mesma franquia em espaço tão curto de tempo como que de um ano…com uma exceção: sendo um jogo em que a história me agrada, em que há uma trama envolvente e significativa, acho positivo a produção de mais um jogo anual para a franquia desde que não prejudicando o desenvolvimento da história e mesmo que a mudança técnica/jogabilidade não seja tão significativa; que é o que vejo acontecendo com AC. A história se desenvolve bem e mesmo que as mudanças no parâmetro jogo propriamente dito não sejam tão relevantes, uma vez que a empresa consegue arcar com tal façanha, eu acho interessante. Diferente de Call of Duty, jogos de esporte…..onde puramente a jogabilidade é o que interessa. Logo, mudanças pequenas não são justificativas econômicas para o consumidor adquirir um novo produto (para o consumidor…para a empresa obviamente é, uma vez que ela procura seu lucro….).
    E muito boa a piadinha sobre podcast mensal Diego….haha……era uma piada né Diego?? né??? NÉÉÉÉÉÉÉÉÉ???????????????????

  • rafael doidão 4 anos atrs

    puxa vida estou surpreso como esses objections estão crescendo muito o numeros de comentários ultimamente. Ainda bem q não jogo esse jogo e entendo pq não saem tantos jogos de ação pro kinect.

  • Leonardo 4 anos atrs

    Qual o horário de terça que sai o objection?

  • GabrielVRosa 4 anos atrs

    Eu tava mó inspirado no dia e vocês nem olharam direito os comentários hahahaha
    Mas foi legal conversar com o pessoal nesse dia =]