Um ano de Gamics!!!

AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE ~ The Final Countdown tocando

Belezinha, galera? Esse ano passou voando! Indo de altos e baixos aqui na coluna, a comemoração não poderia ser outra senão falar de Rockman! Já fiz uma resenha disso no Gambiarra e também no Tudo no Pote, mas dando uma de Capcom farei uma versão definitiva desse review, para nunca mais falar dessa bomba novamente!

Relembrei essa pérola com um encontro no mínimo incomum: caçava imagens do nosso querido robozinho azul para referências, quando no Google encontrei um site que mostrava mostrava como título “The most bizarre Megaman comics”, ou algo assim. Ao abrir o site, qual foi minha surpresa quando vi um artigo falando sobre “As Novas Aventuras de Megaman”, mangá nacional publicado há anos pelo Estúdio PPA e Editora Magnum, com roteiros de José Roberto Pereira, depois de Orlando Tosseto e por fim, de Sérgio Peixoto (o idealizador das revistas Animax e Hypercomics, além da Animecon- tradicional evento de anime e mangá).

Lendo a matéria (com auxílio do bom e velho tradutor do Google), vi que a própria Capcom tinha meio que vergonha em admitir ter liberado os direitos pra esta publicação. A questão é que em pleno 1996 pudemos ter a oportunidade de ter um mangá publicado por aqui nos moldes do que temos hoje, mas o estúdio PPA optou por uma outra estratégia: utilizando talentos nacionais (e que até onde eu sei, sem remuneração), fariam uma história inédita do Blue Bomber, passados 30 anos da série original, onde Megaman (eles não conseguiram os direitos do nome original- a licença era americana) reencontra seus “irmãos”, com direitos a algumas bizarrices, como um Megaman X pagodeiro e querendo pegar a Roll, Forte/Bass estranhamente sendo chamado de Slasher (até hoje não entendo isso) e dr Willy ter virado um robô, além de diversos “mistérios”, como a idade da Karinka, e as participações de Zero e Protoman. Mas o mais bizarro de tudo era ser revelado no número quatro (desenhado por Érika Awano) que Roll era uma criança de rua humana, que foi recolhida para experimentos malignos envolvendo o dr Light!

De toda forma, as histórias que tiveram três roteiristas diferentes teve alguns personagens interessantes e outros extremamente estúpidos, aos quais listo a seguir:

Nastenka

Uma robô russa, que acompanhava Karinka. Sua primeira aparição foi em Megaman número 7 e no seguinte entrou para o grupo junto com sua mestra. é de citar que Karinka em nenhum momento é citada como filha do Dr Cossack.

A personagem, aparentemente, surgiu apenas para ser o par romântico do X, tirando sua tara maluca pela Roll (que no frigir dos ovos é sua irmã).

Princesa

Esse foi o maior marketing safado já feito. A personagem foi criada pelo próprio José Roberto bem antes da HQ ou mesmo da Animax. Fez diversas aparições desde o número 2 e enfrenta os heróis no sete (onde eles conhecem Karinka).

seus poderes são o mais Marvel possível, apesar dos roteiristas alegarem total repulsa pela Casa das Ideias.

 

Maludijan

União dos nomes de prefeitos da Cidade de São Paulo Maluf, Erundina e Janio Quadros (é….) é o prefeito de São Paulo, e foi responsável pela primeira destruição da Roll. Aparentemente era um assecla do Willy, mas depois foi revelado ser um dos opositores ao doutor que sobreviveu muito mais que deveria.

 

Jirimum, o Robô Cangaceiro (é…)

Dono do Norte/Nordeste brasileiro, Jirimum tem cinco robôs cangaceiros que o acompanha e podem formar um sexto robô gigantesco. Apareceram (e foram destruídos) em Megaman 6. Acredito que essa tenha sido a colaboração mais original da HQ nacional, mas ainda sim não conseguem convencer.

Turboman

O único que seguiu os moldes do Game, Turboman aparece no número 5 como um organizador de corridas entre robôs, onde Rock e X disputam não sei por quê. Nesse número aparece Slasher/Bass/Forte.

Sand Troopers, Magicman, N-Man, G-Man e S-Man

Neo Mavericks (como são determinados os vilões da HQ) bem fracos, apareceram em Megaman 9 e enfrentaram os heróis em Megaman 10. Serviram apenas para dar falsa confiança para os heróis.

Já os Sandtroopers aparecem e são destruído em Megaman n°1. São simplesmente robôs menores, bucha de canhão mesmo.

 

Os Cinco

Originalmente chamados de “Os Seis” (o Protoman estava incluído), eram os grandes vilões. Aparentemente mandavam em Willy, e era pra ser a referência dos Robot Masters do primeiro game da série. A aparição d’Os Cinco em sua forma verdadeira dá uma esperança nas lutas que viriam, mas os personagens foram extremamente mal utilizados.

É digno de nota citar que no número 16 chegaram a aparecer alienígenas na HQ (que era desenhada por nada mais nada menos que Daniel HDR), mas a revista entre vários atrasos acabou por ser descontinuada sem nenhuma justificativa.

Apesar da péssima execução, As Novas Aventuras de Megaman foram responsáveis por criar toda uma geração de desenhistas. Se hoje caras como Erika Awano, Edu Francisco ou Daniel HDR são conhecidos do grande público otaku, podemos dizer que deve-se a HQ, mas que infelizmente serviu mais de portfólio do que um marco efetivamente para a HQB (Histórias em Quadrinhos Brasileiras).

E é isso aí galera! Queria agradecer imensamente a todos que acompanham a coluna desde o começo. Sei que muitos não tem tempo de comentar, mas sei que tem sempre uma galera que bate o ponto aqui. Agradeço imensamente ao Diego e ao Fernando pela oportunidade, e juro que falarei de Rockman por aqui só ano que vem, afinal terá o maior crossover de todos os tempos!

 

Valeu galera!

no images were found

Escritor frustrado e viúva da Sega, acho que sou o único que gosta dos amigos do Sonic (até mesmo aquele gato estranho do Adventure 2).

Facebook Twitter YouTube 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

45 Comentario(s)

  • Knight Blazer 4 anos atrs

    HQ da Roll peituda. Era muito difícil ela aparecer com roupa em alguma edição.

    Ali no quadro onde tem o Bass/Forte, tem três referências atrás dele:
    – Bishamon do Darkstalkers
    – E.Honda do Street Fighter
    – Sokaku Mochizuki do Real Bout Fatal Fury

    Já dá para ver alguma coisa do traço de Holy Avengers nesse povo aí. Não sei se já fez alguma coluna sobre, mas ainda tem o Super Street Fighter II, desenhado pelo Alexandre Nagado.

  • Quando eu era mais novo eu adorava essa série, mas sei bem que ela é bem ruinzinha.
    Por outro lado, a edição do Turboman e a dos Robôs cangaceiros ainda me faz rir, por mais nonsense que seja. XD

    Sonic + Megaman!? WTF!? @__@

  • Zé Verissimo 4 anos atrs

    EU AINDA TENHO ESSE MANGÁ ashuashauhauhauas
    Quase completo (eu acho)…

    Ele não é de todo ruim, o problema é que a qualidade varia MUITO em todos os aspectos. Desde os desenhos (que contam com edições até que bem feitinhas do HDR e da Awano intercalando com uns desenhistas amadores e de qualidade… hã… questionável…) passando pelo clima às vezes sombrio às vezes comédia non-sense, mudando do nada, e chegando numa história confusa, com MUITA ponta solta, mas que tinha umas ideias interessantes e uns mistérios legais (só que mal aproveitados)…

    Achei a definição "mal executada" perfeita pra essa obra… Boa coluna ^^

  • Legal você ter falado justamente sobre essa HQ =D
    Bom, que era ruim, era, mas era alguma coisa e realmente foi grande coisa pra alavancar o pessoal.
    Sinto falta dos anos 90 e da quantidade de material trash que era produzido… hoje não o mundo não nos permite arriscar mais tanto =[

    Anyway… Tenho esperança nessa HQ de Sonic com Megaman se for feito pela Archie, porque (apesar das merdas que fizeram num passado distante) eles tem tratado Sonic muito melhor que os jogos (e animé) depois da série Adventure…

  • Ah, é mesmo da Archie, vai ser foda.

  • Bruno 4 anos atrs

    WTF is that??? WHAT THE FUCK IS THAT????

    Roll sexualizada no MAXIMO, com cintura a lá Lifield. E depois os japoneses que são pervertidos (ok, eles são mesmo, mas essa merece um WTF Brasil seriously?)

  • Ainda tenho essa HQ completa no fundo do guarda-roupa. Apesar de algumas edições bem-feitas como a do HDR e da Érica Awano, no geral era um pastiche mequetrefe com tudo de pior que havia na era massavéio dos quadrinhos, aka era Liefeld, além de ter desvirtuado o robozinho azul absurdamente.

  • peron_ 4 anos atrs

    HAHAHAHAHAH

    Há 2 anos um amigo me deu de sacanagem um dos exemplares que ele tinha. O conteúdo era tão mindfuck que eu toquei fogo na churrasqueira do meu prédio.

  • Léo Corinthians 4 anos atrs

    kkkkkkkk Sensacional.

  • Colorismo no lápis-de-cor safadão! Até eu faço melhor HUAHUAHUHUA

  • BTW, o Diorod estragou uma parte do email que eu ia mandar referente ao Sidequest de Megaman XD

  • Ogro Himself 4 anos atrs

    regra dos 15 anos pegou forte agora. Eu nao achava essa coisa tao ruim antes, mas agora … ><

  • Ok, agora eu percebi o quão zoada é esse mangá. E pensar que eu realmente curtia pakas ele antes, nunca cheguei a ter todos os números, mas tinha um mega encadernado com alguns números e mega curtia… Ainda bem que li a coluna e de agora em diante eu não vou mais elogiar esse mangá…rs Vlw!

  • GabrielVRosa 4 anos atrs

    só consegui ler agora,muito bom sua coluna ta cada vez melhor(não que ela era ruim,ela sempre foi uma das minhas preferidas)
    eu acabei descobrindo essa HQ por causa do robô cangaceiro mas nunca fui atras(pelo jeito inda bem que nunca fui)
    e parabéns pelo um ano de gamics ,e se a gente sobreviver ao 2012 que venha muito mais anos,sempre estarei apoiando sua coluna o/

  • Cara, que o Zé Roberto descanse em paz. Sim, um dos roteiristas já partiu dessa pra melhor. Como acho que já comentei nas outras versões deste post em outros blogs, realmente a intensão era das melhores, mas a execução foi de doer! Até eu cheguei a desenhar um teste pra revista, mas não cheguei a mandar. Tem caras aí que admiro muito até hj principalmente o HDR e o PH (que tá sumido). Se não me engano a galera ganhava 20,00 por página.

    Hoje acho que as coisas seriam diferentes, temos exemplos de artistas realmente fodões que poderiam dar um ar muito mais profissional a bagaça, fora a questão da finalização do trabalho, pois hj observando melhor é fácil identificar muitas falahas de arte final e principalmente de cores (o que eu achava o máximo na época).

    Post bem mais completo que os outros, mas acho que poderia pelo menos render homenagens a iniciativa falando mais dos autores tmb.

    Abraço brother e continue nessa pegada que tá legal pra caramba tua coluna!

  • DioRod 4 anos atrs

    Comentário de um dos roteiristas no post do Gambiarra:

    "Eu, na qualidade de roteirista dos gibis citados, afirmo que nunca gostei e nem deixei de gostar do respectivo personagem.Pois era apenas meu trabalho fazer a história e não ter que me "casar" com o personagem.E se vocês acham que ficou assim tão ruim…Faz melhor."

  • GabrielVRosa 4 anos atrs

    Zé Roberto(R.I.P)?

  • Nostalgia pesadíssima. Eu tinha ao menos 2 edições dessa revista quando eu era criança. Lembro que rolava umas cenas de Roll pelada e não faço idéia de qual era o contexto delas.

    Será que é possível achar esse negócio pra baixar em algum lugar hoje em dia?

  • Mano, que parada zuada!

  • Wesley 4 anos atrs

    Eu vivi bem essa época! Colecionei a Animax na época e eles lançaram o MegaMan… A intenção era boa… pena q deslizaram nas ideias… lembro q um amigo comprou o número q eles apostam corrida… quem desenhou foi uma garota q na época havia enviado um desenho e eles gostaram… tinha muita vontade de desenhar uma revista… hehehe… boa época!

  • andre luiz 3 anos atrs

    cara,adorei fazer o Megaman 9.
    foi uma esperiencia muito boa pra quem estava começando.
    Ja havia feito algumas Hypercomix, como o kamen de ryder e eva é a véia, mas megaman foi
    a realização de um sonho.agradeço a oportunidade que Sergio Peixoto me deu, e a todos
    que curtiram

    • DioRod 3 anos atrs

      André, não é por que vc comentou não, mas o número 9 é o que eu mais gosto dos 16 do quadrinho. A forma como finalmente explicam como tudo aconteceu, mais o traço mais fiel ao original ficou bem legal.

  • Wesley Alves Quintão 3 anos atrs

    Na época do lançamento eu achava top por causa da oportunidade mas só li uma história que era sobre uma corrida entre os personagens. Achei fraco mas gostei do traço da garota q o fez.
    Hoje analisando bem eu vejo q perdemos uma grande oportunidade de criarmos algo bom!

  • Demetrio 3 anos atrs

    da uma pena ver o povo so falando mal, Ria litros com o manga, tava pouco me lixando se a roll tava pelada ou vestida, tem gente q so compra por isso, senão pânico n fazia sucesso, o manga era é muito top, as piadas muito boas e o nonsense dele por si so ja demonstra o quanto os brasileiros são criativos, clichês que foram 'copiados' são so proprio estilo manga e HQ, o resto foi criado e feito pelos artistas. Da agonia ver tanta gente vendo apenas lado ruim -_-''

  • Ahrun 2 anos atrs

    Bons tempos XD

    -E aí? Vamos pro pau? – Roll usando seu traje de batalha.
    -Mas como “vamos pro pau”? Que história é essa de guerreira sexy? Você vai ficar sentadinha destilando um WD-40 enquanto o maninho e eu cuidaremos deles. -MM-X

    -Vamos mostrar para estes caras com quantos pacotes se faz uma entrega!! – MM

  • Doul 1 ano atrs

    Eu tive somente a edição número 9, que veio de brinde em uma revista de Games, no começo dos anos 90 (nasci em 86). Eu era novo, mas já tinha muito apreço por mangás e animes. Esta HQ foi responsável por uma paixão tão intensa por megaman e toda a história. Fora que naquela época, não se tinha tanto acesso (porque por aqui nem se tinha internet), então não tinham tantas coisas pra comparar, logo era o máximo ver aqueles desenhos que pra mim era bem feitíssimos. Pena ter perdido esta edição em uma mudança, adoraria poder pagina-las de novo.
    Comparar esta HQ com desenhos feitos hoje, acho uma injustiça, mas mesmo assim se algum editor ou desenhista desta obra ler isto, saiba que fez ao menos uma pessoa feliz. (Y)

  • noresp 1 ano atrs

    Acho que essa série era mais como um experimento e ajudar alguns amadores a ganhar um certo conhecimento, talvez eles tenham tido sua "hora de fama" // "-nossa estou desenhando um gibi do mega man , que legaaal………"

  • If you are interested in topic: earn cash online
    nz education recognized – you should read about Bucksflooder first