Olá galera, hoje é dia de uma edição cinematográfica da Checkpoint!

A todo momento, um jogo é lançado no mercado para aproveitar o embalo de algum filme que está em cartaz. Talvez por conta do comprometimento crítico com os prazos, já que o lançamento na maioria das vezes é simultâneo com a entrada do filme em cartaz, muitas vezes a qualidade dos mesmos deixa bastante a desejar.

Mas como sempre existem as exceções, nesse post, irei comentar alguns dos melhores games de filmes na minha opinião.


5º – The Lion King (SNES, Mega Drive)

Esse tinha tudo para dar errado: Baseado em um filme infantil de sucesso estrondoso, podiam lançar qualquer porcaria que iria vender que nem água. Mas surpreendentemente, o jogo é muito bom.

Gráficos excelentes, com uma animação linda para a época, músicas muito bem feitas e fases variadas, são os componentes que tornam The Lion King um jogo recomendadíssimo para os fãs de plataforma lateral. Uma coisa bastante interessante é que durante o jogo, Simba vai ficando mais velho, conforme o jogador progride nas fases.

A última fase é épica, e culmina na luta de Simba contra o seu tio Scar em cima de um desfiladeiro. É possível também jogar com Timão e o Pumba nas fases de bônus.


4º – Star Wars – The Force Unleashed (PS3, Wii, Xbox 360)

Embora não seja baseado em um dos filmes da série principal, The Force Unleashed possui uma história que se passa entre os eventos de A Vingança dos Sith e Uma Nova Esperança. O jogador assume o controle do aprendiz secreto de Darth Vader, conhecido como Starkiller, treinado para exterminar Jedis.

O game saiu para quase todas as plataformas disponíveis na época. Um dos seus diferenciais, como o próprio nome sugere, é o uso intenso da força, o que acrescenta muito na jogabilidade. Os gráficos são muito bons e a trilha sonora segue o padrão da Lucasarts, ou seja, excelente.


3º – Rocky Legends (PS2,Xbox)

Rocky Balboa é um dos caras mais bacanas do cinema, mas na época do auge, a série só recebeu um jogo, lançado para Master System (que por sinal não é lá essas coisas).

Felizmente, em 2004 foi lançado Rocky Legends, que engloba os 5 primeiros filmes. Você começava por baixo, tinha que fazer lutas com adversários desconhecidos para subir no ranking, e poder disputar o título com Apollo Creed.

No intervalo das lutas, o jogador tinha uma certa quantidade de treinamentos disponíveis, que se completados com sucesso, possibilitavam o aumento dos atributos do personagem.

Os gráficos eram excelentes, e permitiam que os ferimentos na cara do jogador ficassem visíveis depois de alguns sopapos. Muitas das cenas do filme foram refeitas em CGs, que aparecem antes e depois de algumas das lutas. Como jogos de boxe são meio escassos, também é uma boa pedida mesmo pra quem não é fã da série e goste do gênero.


2º – The Warriors (PS2,XBOX,PSP)

O filme The Warriors (conhecido no Brasil como Os Selvagens da Noite), que trata da época em que as gangues de rua tinham seus dias de glória não foi muito valorizado na época do seu lançamento, no fim da década de 70, mas ganhou status de “cult” algum tempo depois.

O jogo, lançado pela Rockstar em 2005, é um verdadeiro tributo ao filme, já que ele não apenas retrata a história, mas a expande de tal maneira que preenche muitas lacunas da película. Outro ponto bastante positivo do game, é trazer de volta o estilo Beat’ Em Up de Streets of Rage e Final Fight, que foi deixado de lado desde a geração 32 bits, e tudo isso num ambiente 3D e com hordas de inimigos na tela simultaneamente.

A trilha sonora é a mesma do filme, e apesar de as músicas serem poucas, são boas o suficiente para não se tornarem um ponto negativo.


1º – 007 GoldenEye (Nintendo 64)

Revolucionário. É a palavra que resume o jogo de tiro da Rare, lançado em 1997. Jogos de tiro em primeira pessoa nunca tinham feito sucesso fora dos PCs, e GoldenEye certamente ajudou a popularizar o gênero nos consoles domésticos.

Dentre as inovações, a primeira, e talvez a mais importante, era o sistema de missões. Nos FPSs anteriores, tudo o que o jogador tinha que fazer era mandar bala em qualquer coisa que se movesse e coletar chaves para abrir portas. Em GoldenEye, dependendo da fase, os objetivos eram os mais variados possíveis, o que incluia sabotar computadores e tirar fotografias na base do inimigo. Esse conceito é utilizado até hoje em jogos como Call of Duty e Medal of Honor.

Graficamente, na época o jogo impressionou. Apesar de hoje em dia os personagens parecerem um monte de caixas empilhadas, não havia nada parecido até aquele momento. Aparecia sangue na roupa dos inimigos, e a preocupação com os detalhes era tão grande que eles reagiam de acordo com o local onde eram atingidos. Um tiro na bunda de um soldado o fazia saltitar de dor.

Mas o que realmente levou GoldenEye ao sucesso absoluto foi o multiplayer para 4 jogadores. Com ótimas arenas e grande possibilidade de customização, além de modos pré-definidos, como Flag Tag e The Man With The Golden Gun (onde quem conseguisse pegar a pistola de ouro matava os adversários com um só tiro), era divertidíssimo jogar em tela dividida com os amigos. Nos tempos de vício, uns amigos de jogatina já sabiam até onde o personagem iria dar um respawn depois de ser eliminado.

Por hoje é só, nos vemos na próxima quinzena com mais uma lista aleatória!

Marcos Henrique

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

26 Comentario(s)

  • AndPeroty 4 anos atrs

    Belo ranking.
    Mas vale corrigir que "The Force Unleashed" tem pra PC tbem, e roda mais bonito que nos consoles, por módicos R$39,99 no Steam.

  • leocamisa10crf 4 anos atrs

    Coloquem o jogo The Matrix que na época eu gostei bastante.
    Parabéns ótima matéria.

  • Eu pensei que era o top 5 de jogos que bons e não de jogos ruins que eram bons a 15 anos atrás. GoldenEye já foi um jogo bom, mas não é mais. Não me venha com essa de analisar no conceito da época, porque não estamos no passado e não tenho uma máquina do tempo para jogar esse game na época. Estamos no presente e esse jogo é uma bosta. Quem discorda com certeza acha a princesa Leia hoje em dia muito gostosa: http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2012/05/07/article… Você tem que comer ela pensando no conceito da época.

    • diegogc 4 anos atrs

      O checkpoint nao eh um top… Eh só uma lista… Nao eh pra ser levado como os melhores jogos baseados em filmes…sao apenas 5 bons q ele listou…

      • "Mas como sempre existem as exceções, nesse post, irei comentar alguns dos melhores games de filmes na minha opinião." – tirado do próprio texto.

        • GabrielVRosa 4 anos atrs

          na opinião dele,talvez ele ainda goste de 007,sem falar que ele falou que ia comentar de alguns dos melhores,não os melhores

    • Marcos Henrique 4 anos atrs

      Goldeneye é um jogo de 15 anos atrás cara. Você não precisa jogar o jogo para entender que ele foi um marco. Seguindo o seu raciocínio, só teremos jogos dessa geração entre os melhores, e pensar assim é o mesmo que descartar a importância histórica de jogos como Wolfenstein, Doom, Quake, Unreal e todos os outros que foram precursores de alguma coisa no gênero de FPS, mesmo que hoje em dia eles pareçam ultrapassados.

      O fato é que o jogo foi inovador pra caramba, recebeu notas altas na época, vendeu milhões de cópias, estabeleceu o gênero em consoles domésticos mesmo com a limitação dos controles e ainda teve um mutiplayer que marcou época e seguramente consumiu uma das maiores quantidades de horas que já passei em um jogo. E como você quotou, é um dos melhores na minha opinião, que vivi o contexto da época.

      • pedrohenri 4 anos atrs

        O grande problema de ter listado jogos 3D é que, graficamente, todos os que não são de hoje são super datados. No lançamento você aceita e acha incrível pois a sua base comparativa é sempre a de coisas mais antigas e mais toscas, mas quando olhamos para trás e tentamos compará-los com os atuais soa meio que um absurdo, pois a defasagem é gigante.
        007 sim foi um marco e inovou no conceito, mas olhando hoje em dia aquele jogo é uma bosta grande, sem ofensas!

        De acordo com o que você citou "Goldeneye é um jogo de 15 anos atrás cara. Você não precisa jogar o jogo para entender que ele foi um marco. Seguindo o seu raciocínio, só teremos jogos dessa geração entre os melhores (…)" Eu jogo qualquer Mario, Sonic, Donkey Kong, Zelda da geração 32 bits e os continuo achando do caralho. Jogos 2D cartunescos envelhecem bem melhor do que 3D, que são jogos em constante evolução gráfica.

        • Marcos Henrique 4 anos atrs

          Mas veja que em nenhum momento eu comparei o jogo com algum outro atual. É até covardia analisar assim. O contexto da época é uma coisa que deve ser avaliada em conjunto, as limitações eram muitas, ainda era a primeira geração de jogos em 3D e era uma época de muita inovação, mesmo que grande parte obtida na tentativa e erro.

          Não concordo com a sua opinião, tem muito jogo extremamente "datado" para os padrões atuais que estão na minha lista de favoritos, tipo Metal Gear Solid (esse é feio ao extremo), Resident Evil 2 (jogabilidade totalmente defasada), Ocarina of Time (muito quadrado para os padrões atuais), dentre tantos outros que marcaram época. A importância dos jogos no seu tempo tem que ser levada em consideração, e calhou de um jogo de filme (no caso o Goldeneye) ser o melhor FPS e um dos melhores multiplayers de toda uma geração de consoles.

          • Eles foi um grande jogo no passado. Ninguém aqui está desmerecendo a importância histórica de GondenEye e o quanto ele mudou os fps, porém não estamos no ano de 1997 e sim em 2012. Se essa matéria estivesse na ação games do ano de lançamento nem estaríamos tendo essa discussão, mas ela foi feita no presente, onde existem centenas de títulos muito melhores que um fps sem mira desengonçada e com um multiplayer que permite mais de 4 pessoas em telas separadas, alias naquela época já tinha fps com jogabilidade muito melhor no PC e ainda era possível jogar online. Se quisermos falar de console, Halo fez toda a sua fama trazendo uma jogabilidade satisfatória para fps em console, deixando 007 totalmente ultrapassado.

            Se é covardia ou não compará-lo com títulos atuais, todo mundo faz isso quando escolhe jogar um Cod ou Bioshock no lugar do 007 ou vários outros jogos datados do passado. Se analisar um jogo antigo como jogos novos é uma covardia, comparar jogos que acabaram de sair com lembranças nostálgicas de uma época que a gente não tinha senso critico não me parece justo também. Uma lembrança ilusória de uma época de fantasia nunca pode concorrer com algo concreto.

            Falar que um jogo datado é bom até hoje é como colocar um velho de 90 anos correndo uma olimpíada. É triste que aquela pessoa no passado era um atleta formidável, porém a vida é assim e temos que parar de ficar supervalorizando coisas do passado.

            Nem estou falando da questão gráfica ou dificuldade. Esse tipo de coisa não costuma deixar um jogo datado, já que se falarmos de dificuldade temos hoje em dia Dark Souls que é praticamente um jogo antigo com nova roupagem e mecânicas funcionais, mas difícil que só o inferno, porém justo, ele não te faz voltar para primeira fase se você fracassar..

            Sobre gráficos temos minecraft e nada é tão feio quanto aquele jogo.

            Enfim, tem jogos que envelheceram bem e 007 não é um deles.

          • Sobre essa questão gráfica, eu tenho que concordar com o cara ali de cima: Muitos jogos naquela época queriam dar um passo além da perna, sendo "mega realistas" e isso hoje é meio galhofa. O minecraft não tenta ser épico e acaba conseguindo o ser charme. Mesmo assim, se o jogo compensar, ele ainda pode ser jogado hoje em dia. Joguei Metal Gear Solid pela primeira vez mês passado e zerei ele morrendo mais de 200 vezes, pois a história e as mecânicas do jogo ainda continuam excelentes. Os gráficos são uma merda, mas o jogo é tão incrível que você acaba relevando, como as tirinhas memes na internet, que são mal desenhadas pra caralho, mas as vezes fazem a gente rir muito. O problema de 007 é que ele não faz nada NADA que qualquer jogo por mais mixuruca hoje em dia não dá uma banho nele.

      • felpemarins 4 anos atrs

        Concordo com você, Marcos.
        Pra mim Goldeneye foi o melhor FPS de consoles até o lançamento de Black pro PS2.
        Mesmo na geração de 128 bits, tinhamos muito poucos FPS bons que agregavam alguma coisa nova, com todo respeito aos CoDs e MoH da epoca, eram só porcarias bonitas….enquanto o Goldeneye é um jogo bom que ficou feio…

  • peron_ 4 anos atrs

    Alguns que eu gosto:

    Batman Begins: representa bem o filme, tem vários elementos de stealth.
    Spider-man 2 (PS2): melhor jogo 3D do Homem-aranha, na minha opinião.
    Enter The Matrix: descobri depois que esse jogo é execrado pela maioria dos jogadores, mas curti muito na época.
    Path of Neo
    Batman Returns (SNES)
    Mighty Morphin Power Rangers – The Movie

    • Batman Begins é um jogo muito foda, um dos títulos que mais gosto do ps2.

      Path of Neo eu joguei ano passado e até que é um bom jogo. Gostei da forma que ele te dá uma monte de possibilidades com poucos botões.

      Batman Returns joguei no ultimo domingo e apesar de estar um pouco datado no lance dos continues que se você perder tudo volta para a primeira fase, ainda está bem divertido. Porra, muito foda você jogar os bandidos no chão como se eles não fossem nada. É um jogo de personalidade.

      Mighty Morphin Power Rangers – The Movie – Joguei com o meu cunhado nesse final de semana. O jogo ainda é muito bom e com certeza envelheceu melhor que aqueles Cgs toscos do filme.

      Enter The Matrix… porra, esse não dá.

      • peron_ 4 anos atrs

        Hahahahahha

        Enter The Matrix foi o primeiro jogo que joguei no PS2, só deve ter funcionado em 2002 mesmo, heheheh

  • LesmaPsicotica 4 anos atrs

    Nossa, o game do The Lion King era muito bom! Passava tardes inteiras jogando ele.

  • Poisony 4 anos atrs

    Esse jogo do Rocky é bom mesmo? Minha memória desse jogo é no episódio sobre glitches do AVGN, em que o jogo era extremamente bugado, então né.

    O Lion King era massa, mas ele veio de uma época em que ainda davam bola pra jogos licenciados da Disney. Aliás, taí algo que daria um bom Checkpoint. =D

    • GabrielVRosa 4 anos atrs

      só ia ter jogos do mickey xD

    • Marcos Henrique 4 anos atrs

      Cara, eu fiz tudo nele e gostei pra caramba, não me lembro de ter me deparado com glitches. Joguei um que foi lançado depois, o Rocky Balboa no PSP, esse é incrivelmente horrível.

    • O jogo não é bugado, a copia do AVGN que estava danificada e foi isso que ele quis dizer. Alguns jogos, principalmente de cds, se você deixar eles muito tempo guardados, quando foi jogar, vai ver que eles não rodam mais ou estão totalmente danificados. O Mofo é um dos maiores destruidores de cds.

  • Eu gostava muito do Toy Story 2 para ps1. Eu deve ter terminado umas 300x esse jogo, lembro a tela do banheiro achava ela muito bem feita fora que ficava impressionado com a água. Esse é pra mim um jogo que não envelheceu…

    O the lion king é um jogo foda demais até hoje, na minha opinião, nessa época não se tinha muitos jogos que vc via o personagem evoluindo (ficando mais velho) e eu achava isso muito fod*.

    Star Wars eu joguei no PSP eu lembro que caguei gigante para o jogo. Sempre gostei dos filmes do star wars, mas eles nos jogos sempre tive um certo preconceito. A não ser um do pc que eu tinha que controlar a milenium falcon eu usava o manche e era difícil demais instalar ele no win98 hahaha.

    007 eu não gostava na época…Mas não pelo jogo e sim pelo controle do N64 que eu achava uma BOSTA