Olá pessoal!

Desculpem a não postagem 15 dias atrás. Literalmente esqueci de fazer o post! O pior é que eu pensei no tema, li o mangá que vou falar e tudo era propício: feriadão, de pernas pro ar… Mas esqueci. Não se preocupem, isso não vai mais acontecer. Muito.

Entre os jogos de luta, um foi muito pouco explorado em outras mídias. Um dos games de luta de maior projeção, que foi hegemônico na segunda metade dos anos 90, The King of Fighters tinha muito mais história que seus rivais, mas foi muito pouco explorado como produto. Porém, como tudo no Japão, a série virou uma penca de mangás: a maioria, claro, com desenhos (no mínimo) estranhos. Porém, uma dessas séries de mangás foi muito bem feita. Acredito que a maioria dos fãs japaixão de KoF conhecem o game The King of Fighters: Kyo, certo?

Pois pra quem acha que é apenas um “date RPG” da série se engana e muito! O game é baseado no mangá homônimo, de Massato Natsumoto (Record of Lodoss War) e conta o clímax de KoF 95 até o fim de KoF 96. O game retirou KoF 96, para expandir para a história do 97. Foi publicado em 1996 pela HaohKc (sim, são sempre editoras obscuras) e não tem nem previsão nem especulação nem nada de publicar por aqui.

Cheguei a ler os primeiros capítulos, e diferente do mangá de Kingdom Hearts, este mantém muito bem o clima do jogo, apesar das lutas não terem o mesmo impacto que podemos ver em mangás tradicionais (sendo uma característica negativa do artista, pois Lodoss também é assim), mas o traço é espetacular (que foi reaproveitado no jogo). Aqui é mostrado mais como são os personagens. Kyo, por exemplo, é praticamente um delinquente na escola, além de um lutador bem arrogante (o que deve mudar ao levar uma sova de Goenitz). É explorado também o relacionamento de Kyo e sua namorada Yuki, de forma bem Yusuke/Keiko.

A história começa com o fim de KoF 95, onde o time do Japão enfrenta Saisyu Kusanagi (pai de Kyo), que foi dominado pelo vilão Rugal. Nosso herói consegue derrotá-lo, mas não sem antes ficar intrigado com as palavras do vilão mais famoso e icônico da série. Como o mangá não foi publicado por aqui trago um link para vocês lerem Online.

Gosto muito da história de KoF (apesar de como jogo, preferir Street Fighter), e The King of Fighters Kyo é o melhor mangá baseado no game (tanto é que gerou o jogo, certo?)

no images were found

Escritor frustrado e viúva da Sega, acho que sou o único que gosta dos amigos do Sonic (até mesmo aquele gato estranho do Adventure 2).

Facebook Twitter YouTube 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

6 Comentario(s)

  • SeoCrispim 4 anos atrs

    Cara, joguei esse jogo na insistência pois não sei nada de japonês.
    Meu sonho é ver uma versão hack traduzida pra qualquer língua com caracteres reconhecíveis.
    No auge da minha febre de KOF, cheguei a procurar umas histórias em quadrinhos, mas não esse mangá.
    Vou conferir.
    Valew pela dica.
    Ah, e quem souber de uma versão de KOF Kyo sem ser em japonês, favor avisar.

  • Tohno Shiki 4 anos atrs

    O interessante no KOF Kyo é saber que nem a própria família Kusanagi está salva dos efeitos da maldição do Orochi.

    Tirando as cenas de brolove entre o Kyo e o Iori que vende para as moças de lá, é um manga legal para quem gosta da série

  • GabrielVRosa 4 anos atrs

    joguei muito os KoF's antigas e admito que durante muito tempo não entendia a numeração :P
    esse eu não conhecia,muito legal Diorod

  • pocket vin diesel 4 anos atrs

    Caraca velho fizeram a Leona…sem cintura….e sem bundaaaaaaaa!!!!!!!!!!

  • Nossa… eu cheguei a traduzir esse manga pro português quando tinha um grupo de scanlation… lááá em meados de 2002, 2003…

  • pierren buisson 2 anos atrs

    anime kof movie . desenho bom grafico o pior quer é tradução é japones e ingles. é dificil encotrar pra portuques