Quem acompanha o Fênix Down há algum tempo deve saber que antes de League of Legends eu costumava jogar muito fightgames, em especial Super Street Fighter IV. Naquela época eu lia e estudava muito sobre o jogo, mais até do que faço hoje com LoL (que admito, leio bem pouco). Aprendi bastante coisa com isso, muitas delas aplicáveis a vários outros jogos eletrônicos ou até mesmo à vida no geral.

Hoje falarei de um dos primeiros artigos que li e que foi, com certeza, um dos que mais mudaram a minha forma de enxergar o jogo e, conseqüentemente, o meu jeito de jogar.

O artigo era o Play To Win part 1, escrito por David Sirlin e você pode conferir clicando aqui.

O Cotoco
No artigo original o autor falava do scrub, que na linguagem dos fightgames define aquele jogador que não é lá muito bom. A meu ver, um termo apropriado em português seria “pato”, mas aqui usarei o termo “cotoco”, já que é o que a galera usa no servidor brasileiro de League of Legends.

Pois bem, cotoco é aquele jogador ruim, inexperiente e de concepções equivocadas sobre o jogo. Todos os jogadores, em algum momento, já foram cotocos. Mesmo os jogadores profissionais provavelmente não sabiam direito o que fazer no inicio.

No entanto, alguns jogadores acabam estendendo esse estado e, sinceramente, isso não tem muito a ver com o quão bons são com skill shots e suas capacidades de fazer scores altos.

A maioria dos cotocos tende a ser prepotente e extremamente irritante enquanto está ganhando, gabando-se em excesso e ávido por apontar qualquer erro do oponente. Mas é quando perde que ele se mostra – por falta de expressão melhor – duplamente derrotado.

Eles mostram uma perigosa tendência de transferir sua própria culpa em outrem. As desculpas são numerosas: o oponente está com um campeão OP, o jungler inimigo não sai da minha lane, meu support não faz nada, maldita Riot que não arruma o logo esse ping, seu campeão é para noobs etc.

Tais jogadores sempre têm uma desculpa para suas derrotas. E o mais prejudicial de tudo isso é que acabam gastando energia valiosa se queixando quando poderiam direcionar para algo mais útil.

Sim, eu sei o quão clichê é dizer isso, mas é fato que se aprende muito na derrota. Ao invés de culparem a Riot por fazer campeões desequilibrados eles poderiam analisar friamente por que foram derrotados. Às vezes a resposta é bastante óbvia e está diante do nosso nariz, mas acabamos não a enxergando por uma simples questão de ego.

Jogo de Equipe
Obviamente é mais fácil assumir integralmente culpa por algo em fightgames, já que, em essência, são jogos de 1 contra 1. League of Legends não é tão simples assim, no jogo clássico são 5 contra 5 e trabalhar em equipe é sempre complicado.

Ninguém ganha sozinho e, em contrapartida, ninguém perde sozinho. Claro que uma única jogada, de um único jogador, pode entregar ou ganhar uma partida, mas uma vitória ou derrota é construída por mais de uma pessoa.

Tendo isso em mente é fácil colocar a culpa em um companheiro, mas será que é o ideal?

Antes de responsabilizar alguém (que não você) pela sua derrota, não seria melhor repensar o que você poderia ter feito de diferente para evitar essa derrota?

Sem choradeira, por favor
Em um artigo para o Reign of Gaming, o Stonewall escreveu como pick não usual naquela função mexe com a moral dos outros jogadores, deixando-os, mesmo antes de a partida começar, mais fracos para exercer aquela função do que realmente deveriam estar.

Digo que um efeito semelhante ocorre quando um jogador começa a morrer repetidamente e prematuramente. Isso se intensifica quando além de morrer ele começa a transferir a culpa para outros elementos. A instabilidade emocional daquele jogador em dizer, a cada burst tomado, que o campeão do oponente é “roubado” acaba por também mexer com a estabilidade de seus companheiros.

Isso aos poucos vai minando a vontade da equipe inteira, até levá-los a derrota.

Foco
Claro que há campeões desequilibrados, não é à toa que a Riot constantemente faz ajustes numa tentativa de equilibrar o jogo, mas em vez de a cada morte sua você atentar a esse fato, não seria melhor gastar essa energia para aprender a lidar com essa desvantagem?

Jogadores maduros gastam muito mais tempo estudando e aprimorando suas técnicas de jogo do que se queixando, seja de seus companheiros, seja da mecânica do jogo.

Se você desejar mesmo se tornar melhor nesse jogo, procure focar suas energias de maneira correta. Leia, estude, observe bons jogadores jogando e sempre faça uma autocritica do seu próprio desempenho antes de culpar qualquer outra coisa.

Tenho certeza que se você mudar sua postura e deixar o seu ego um pouquinho de lado, melhorará significativamente seu jogo.

Conclusão
Eu sei que muitas vezes é difícil não fazer essa típica transferência de culpa dos nossos próprios erros, mas acredito que a partir do momento em que a pessoa tiver a consciência de que isso é ruim e prejudica a ela mesma e aos outros, isso tende a diminuir drasticamente.

Obvio que eu mesmo ainda cometo esse erro, mas com menos freqüência e, principalmente, menos intensidade.

E acima de tudo: saiba perder. Em vez de discutir com os companheiros e atrair reports é muito mais fácil você se fazer perguntas simples como: Por que perdi? Tomei muitos ganks? Faltaram wards? Minha build era a mais apropriada pra esse jogo? Iniciei corretamente os teamfights?

E se o problema for realmente um companheiro, dê-lhe dicas e ajude-o a melhorar. Indique uma build, ofereça uma troca de lane ou, talvez, um gank. Apoie-o num erro e incentive-o a não cometê-lo novamente. Pode parecer bobagem, mas ajuda muito quando você comete um erro ouvir (ou ler) uma palavra de incentivo do que um xingamento como “noob retardado”.

Host do Last Hit, atração sobre League of Legends do Fênix Down. Videos, podcasts e futuramente muito mais.

Facebook Twitter 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

46 Comentario(s)

  • pedrohenri 3 anos atrs

    As pessoas ganham coragem atrás da tela, as ofensas são muito frequentes, principalmente no Low Lvl.
    São poucos são os que entendem que LOL é um jogo de equipe, muitos acham que são só eles. Nunca jogam como time e sempre reclamam/xingam quando as coisas não estão indo tão bem.
    Acho que a opção de o outro time estar melhor nunca é a resposta para esse tipo de pessoa. Infelizmente!

    • Sim, quando eles ganham é pq são bons, mas quando perdem é pq os companheiros são ruins, os inimigos serem melhores jamais ocorres em suas cabeças duras. :/

      • Exato. Esse tipo de jogador nunca fala coisas do tipo "nossa, esse Vladimir que estou enfrentando joga muito".

        Acho que isso vem com a maturidade de jogo. Quando você começa a reconhecer que, apesar de vc ter feito tudo certo, o seu oponente simplesmente joga melhor que você.

    • É meio estranho isso né. Os jogadores de lvl mais baixo deveriam ser mais tranquilos, já que não tem tanta experiencia. Mas é bem o contrario. A tendencia é que quanto menos experiente o jogador é, mais babaca também.

      • pedrohenri 3 anos atrs

        É que você quase nunca joga comigo, pergunte ao Kun como os nossos aliados são sempre muito educados e gentis. Fora a analfabetização generalizada que ocorre no LOL como um todo.
        Nunca vi tantas palavras erradas juntas, não dá nem para falar que é erro de digitação.

  • Esse tipo de atitute citada no artigo é bem comum em qualquer jogo de equipe, e quanto maior a equipe, quanto mais o jogo depender do desempenho de todos os jogadores pra vencer mais esse tipo de comportamento tende a aparecer e a estragar o jogo dos outros. O problema maior é que tirando algumas pessoas que "se divertem" tendo esse tipo de comportamente, o resto simplesmente acaba deixando a pressão do jogo subir e quando veem a derrota ali na frente, batendo na porta já começam a transferencia de culpa e as ofensas, as pessoas esquecem que o mais importante é a diversão e não ganhar ou perder, por isso que eu muitas vezes fico fora desses "circuitos competitivos" eu sei que fácilmente posso me tornar um jogador desses mais extremos e isso iria destruir a diversão pra mim.
    O artigo está excelente, muito bem escrito, parabens!

    • Isso é verdade, ao menor sinal de desvantagem no jogo começa a choradeira…

      Outro dia estava perdendo, eu era Malphite jungle e o mid era um TF feeder e chorão, quando caiu a segunda torre do mid ele já queria desistir.
      Então vejo 4 integrantes do time inimigo fazendo o dragão, sendo que eles não tinham jungle, portanto não tinham smite, então fui lá, ultei de Malphitão boladão, roubei o dragão e saí pelos fundos com o flash ileso, lindo, lindo, nunca tinha feito isso, daí falo pro time "que sirva de motivação esse dragão" e "vamo time!!!"…o que acontece depois disso? O TF continua chorando até o fim da partida, a cada morte dele um choro "não dá mais cara", e eu "acredita que dá"…enfim não deu, mas ele nunca acreditou que daria mesmo, como iria dar?

      • Mas essa é sempre a posição dos caras, uma vez que começa a perder foda-se…. Mesmo dando pra virar e ganhar o jogo fácil ainda assim os caras desanimam, choram e partem pra xingar a galera. Na época que eu comecei a jogar DotA peguei vários jogos assim, alguns a gente até ganhou no final, mas o cara mesmo ganhou continuou chorando.
        Essa situação que você citou é a que eu acho a mais foda, por que você ta lá, dando o sangue pro time, ta se matando pra conseguir equilibrar ou ganhar, faz A jogada do dia e mesmo assim nego caga pra motivação que você ta passando e simplesmente entrega o jogo…
        Eu sou daqueles que só considero o jogo perdido no momento em que ele acaba, se tiver jogo ainda a ser jogado bora jogar e tentar ganhar… Prova disso é um campeonato de Magic que eu ostento no meu DCI, fui com um Deck montado, campeão, mas chegando na loja o Juiz erroneamente disse que aquele deck não era mais válido, montei um rogue na hora com as cartas que eu tinha e joguei, perdi TODAS as partidas do dia, mas joguei e me diverti até o final…

        • Foda hahaha o lance do Magic, não manjo nada, mas realmente é como se o cara banisse todos os champs que tu sabe jogar.

          Sobre jogar até o final, sabe quando tu está tomando um stomp e os inimigos começam a pedir surrender? Eu só largo assim pra eles "Quer ganhar IP fácil compra IP boost, aqui tu vai ter que destruir o nexus, que é quando o jogo acaba!"

          • Esse negócio do surrender eu acho mego zoado…rs Bora jogar até o fim né… Começou termina!

          • Sim, imagina se no futebol quando rolasse goleado nego desistisse no meio?

            Fora que tu pode além de tentar dificultar a vitória, quando stomp está severo demais, tentar arrumar outros objetivos, como matar o cara feedado que ainda não morreu hahaha.

          • Então é bem isso mesmo, é oq eu faço quando to jogando WAR por exemplo, se vejo que meu objetivo já era, arrumo outro pra continuar me divertindo, se não arrumar outro realmente o jogo vai indo pra saco…rs

          • pedrohenri 3 anos atrs

            Cara, eu tbm nunca dou surrender. Eu odeio ganhar ou perder no surrender, quero ver o nexus caindo.
            Eu só aceito surrender quando acontece algo anormal, como 3 AFKs ou nego mala enchendo o saco o jogo inteiro. Na grande maioria das vezes eu sempre respondo não ao surrender.

          • Eu não sou contra o surrender não. Acho que tem jogo que é mais lucro tu desistir e partir pra outro renovado.

            Mas o que acho escroto é quando alguém do time fica insistindo pra vc dar surrender, te induzindo. Cada um tem direito a um voto, as pessoas tem que respeitar isso.

          • Acho que tem surrender e surrender, dependendo do caso não tem como insistir pra nego jogar, mas eu sempre opto por jogar até o final…

          • É que é o seguinte, as vezes continuar uma partida causa um desgaste emocional que um simples surrender resolveria.

            Não sei se já acontece com vc, de depois de uma partida se sentir cansado, desanimado.

          • Nesse caso o melhor é dar surrender mesmo e partir pra outra, como eu disse, sou a favor de manter a partida até o final se ela continuar divertindo, se a diversão acabou naquela partida o melhor e dar/aceitar o surrender e partir pra próxima. Se desgastar nesse nivel que você comentou pra mim só é aceitavel em campeonatos, por que ai tu realmente ta no gás pra lutar até o final pela vitória.

  • Mais um texto mto bom, Kazz. Vocês vão acabar me convencendo a jogar LoL. =)

    • Valeu Fred. Espero que meus textos sobre comportamento (ruim) dos jogadores não te desmotive ao invés de incentivar.

      E só pra constar: recebi algumas dicas do Kun e novamente a revisão do Tohru.

  • Heitor Polidoro 3 anos atrs

    Excelente! Vou ler com calma depois os artigos citados.

    Acho que são dois pontos principais, um é que as pessoas não sabem perder, e preferem admitir que o jogador do seu time que é noob e não que o oponente dele joga muito bem. E a outra é que elas não sabem se adaptar a essas situações ruins, e ficam xingando que o cara feedou ao invés de mudar a estratégia.

    ps: Mas agora com o tribunal estou me 'vingando' desses jogadores tóxicos :P

    • Eu jogo muito pouco com random, mas espero imensamente que com a vinda do Tribunal a galera dê uma maneirada nesse comportamento bizarro. No Tribunal a gente vê muito babaca, fora racismo, discriminação e coisas do gênero.

      • Eu notei uma melhora já, entro com full random, 3, 2 ou 1 random e tem sido bem melhor já, nada de xingamentos muito exagerados, mas pode ter sido situacional claro…posso jogar hoje e cair no meio de crianças xingonas, vai saber?

  • Teve uma coisa que eu não citei no texto mas depois o Kun comentou comigo e realmente acontece muito.

    Quando as pessoas jogam premade (2 ou mais jogadores entram na fila juntos) há uma tendencia a sempre culpar os jogadores random. Mesmo que você ou um de seus colegas esteja jogando mal, a culpa sempre recai sobre o jogador random.

    • Isso eu vejo diariamente, sempre que converso com camaradas meus que jogam premade a culpa é do Random, isso por que as vezes se você pegar o "perfil do jogo" no LoLKing o random jogou bem pakas e um ou outro dos camaradas é que fez toda a cagada, mas a culpa é do random…

  • Uma coisa interessante que eu passei a notar em alguns jogos, principalmente ranqueados, foi que quando eu assumo a culpa de coisas que eu fiz errado(fiz isso em dois jogos) os outros jogadores tendem a parar de reclamar um pouco. Alguns até me deram palavras de incentivo e dicas.
    Então eu sei que isso pode ter sido uma rara chance de pegar pessoas atualmente conscientes do que estavam fazendo ou pessoas racionais, e sei também que muitas vezes vc não comete erros relacionados ao que fez a partida ser perdida, mas eu sigo as palavras que uma vez li de um jogador profissional(Elementz, do time Curse):
    "Antes de criticar os outros jogadores pelos erros deles, pense no que você poderia ter feito melhor."

    Sei que parece bobo ou clichê, mas eu acabei achando coisas novas no jogo pra auxiliar os companheiros de equipe, independente da função que eu esteja jogando.
    Não é só obrigação do Jungler ajudar as lanes, é obrigação de todo mundo ajudar o time a chegar a vitória.

    • Essa parada de assumir o próprio erro eu havia notado também Kun. Acho que é porque desarma as pessoas. Por mais que você esteja bravo, o que vai falar pra alguém que acabou de assumir que errou?

      O que me faz lembrar de uma historia, que não tem nada a ver com LoL ou jogos, mas que segue o mesmo principio. Uma vez o nosso cachorro atacou o filho do vizinho. A mãe dele ficou indignada e veio na porta da minha casa, pronta pra brigar. Meus pais mal saíram e lá já despejou todo seu ódio e indignação. Ai meus pais viraram e disseram: "Entendo e peço desculpas. Você quer que a gente leve seu filho no hospital, talvez pagar os medicamentos?"

      A mulher tinha vindo até em casa pronta pra brigar, mas ficou totalmente sem reação com a resposta. No final ela disse que não precisava e que não tinha sido assim tão sério e foi embora.

  • william rosa 3 anos atrs

    blz? aqui é o Casado que JOGA, mas agora não mais… pelo menos no caso do LOL. Sim, já faz um tempo que parei de jogar League of Legends. Na minha opinião quando eu estava low level me divertia muito mais… mas agora no lvl 30, o nivel de cobrança de metagame e de escrotisse dos jogares está exagerado. Não me divirto mais nesse jogo, sempre saia das partidas chateado, bravo e estressado. E quando comecei a descontar a raiva que os Trolls me faziam, no trabalho e nas pessoas que amo, percebi que esse era meu limite. Quero jogar um jogo com um sorriso na cara, me divertir… não encontro mais essa diversão no lol. um abraço a todos. Vou continuar acompanhando o Last Hit pois sou mega fã dos caras desde o finado animecast.

    • Realmente, League of Legends não é um tipico jogo para se distrair e dar risadas. Há cobranças e infelizmente por muitas vezes passam dos limites.

      O que posso te recomendar é reunir um grupo de amigos e jogar. Com um grupo fechado e o time oponente mutado, você terá pouco problema. Mas ainda haverão desentendimentos e talvez até cobranças, mas pelo fato de você ter alguma intimidade com as pessoas fica muito mais fácil resolver sem grandes estresses.

      • william silva 3 anos atrs

        Obrigado pela resposta… vou dar um tempo no LOL, mas tarde tento por em prática tal ideia, manda um a abraço pro Tohru. até mais…. abs.

    • Cara, no LOL quando bate o stress a solução é um ARAMzinho maroto…senão, tu pode jogar outro jogo pra desencanar. Eu vejo o LOL como aquela pelada de futebol, não com os amigos só, mas com os amigos dos amigos, sempre sai confusão, nego se estranha, mas tu continua jogando, faz parte.

      Se quiser jogar com uma galera de boa, só me add, estou montando um time, pra quem sabe um dia ir nas ranked, mas a diversão é o foco, claro que ganhar também é bem vindo.

  • Poisony 3 anos atrs

    Não jogo LoL ou fighting games, mas ler o "Play To Win" do David Sirlin me ajudou a ter uma percepção diferente de jogos multiplayer competitivos no geral. Apesar de eu discordar da forma como ele expõe alguns pontos, ele coloca uma verdade inevitável: o jogo é binário, ele só reconhece vitória ou derrota. Nós como humanos que nos impedimos de atingir a vitória ao aplicar conceitos inexistentes na coisa toda (transferência de culpa, conceitos sobre o que é "skill" ou "op", regras da casa, etc).

    • No League of Legends eu não vejo tanto essa tendencia que existe mesmo em fightgames, por isso não abordei no texto. Mas realmente, esse artigo é muito bom. Recomendo a todos que jogam competitivamente.

  • Liev ex-Destruidor 3 anos atrs

    Existem algumas verdades nestes post, eu mesmo sempre tive dificuldades para enfrentar alguns campeões especificos, aprendi com os meus erros analisando o resultado das partidas

    A akali por exemplo me proporcionava muita dor de cabeça, nos dias de hoje quando tem akali o outro time a vitoria eh minha

    mais nem tudo é um mar de rosas, quando o adversario picka Nasus ou Fidle eu kito kkkkkkkkk

  • Liev ex-Destruidor 3 anos atrs

    Outra coisa quem joga lol é mal acostumado, eu comecei no dota (de raiz) lá os xingamentos eram muito piores não existia punição e as pessoas kitavam em 90% das partidas, era muito raro temrinarar um jogo com 10 jogadores conectados

    • Sim, lembro os tempos do primeiro dota e meu deus, como tínhamos pessoas saindo da sala…
      E pela falta de uma mecânica pra voltar ao jogo, isso prejudicava todo mundo sempre =/

  • Sobre cotoquices, ontem joguei uma partida em que tive que ir de adc, não tinha ninguém pra ir e eu avisei que era a minha pior role.

    Estávamos Thresh suporte e eu de Tristana na lane, já avisei pra ficar recuado, bem recuado, pq daí pelo menos a torre nos ajuda, já que em matar de adc e farmar eu deixo a desejar, daí estávamos com 50% de hp recuados na torre e nossos inimigos perto dando harass, eis que o Thresh tem a brilhante ideia de combar num deles (Nunu) longe demais da torre, sendo que estava sem mana, resultado, ele morreu e me xingou por não ter ido junto, justifiquei que a ideia foi ruim e que se tivesse ido morreríamos ambos e a torre iria pro saco…mas não pensem que ele parou de xingar, eis que ele larga essa: "tu é ruim…eu não perdi 4 seguidas"…

    Mas vejam só que grandessíssimo fdp o meu colega aliado, deu "alt + tab" e foi ver o meu perfil no Lolking, ignorando o fato de que não haviam partidas de adc e que mesmo quando perco, costumo fazer um placar decente e ajudar o time, além do que eu não tinha 4 derrotas seguidas no histórico (agora tenho ¬¬), enfim, devolvi assim: "Cara, contexto conhece? Tu não estava lá pra ver como joguei…".

    Em suma, perdemos, num jogo estranho, em que fui de adc mas fiz placar de suporte (6/4/26 hahaha) e com várias falhas para ambos os times…depois do jogo fui ver o perfil do querido aliado suporte, e me deparei com 10 partidas de Thresh (derrotas e vitórias), ou seja, o cara joga na sua role principal, não joga bem e me cobra quando estou na minha pior role….ohh LOL uma hora ainda quebro o meu PC por sua causa! XD

    • Um outro artigo que andei lendo(sim, eu leio muita coisa sobre LoL) falava de algo sobre o que vc passou, que são as "idéias"(mais pra ordens…) que os companheiros de equipe dão durante a partida.
      As pessoas acham que tem todas as idéias certas pro jogo que estão jogando, e se não dá certo, é pq alguém do time não cooperou ou algo parecido(como no seu caso).
      O que realmente acontece é que ou a idéia era ruim ou ela não fez sentido pros outros jogadores, então ninguém decidiu ir junto.
      O ponto principal do artigo é mostrando que vc tem que analisar melhor as idéias e chamadas que vc faz durante o jogo, de forma que elas façam sentido pros seus aliados poderem seguir.

  • safomatetor 3 anos atrs

    Eu xingo, xingo bastante, mas eu xingo falando e não escrevendo, normalmente quando jogo ranked e alguém começa a morrer muito sempre falo "calma ai fica def", "vo gankar ai", "joga safe", "para de xingar cara e bora jogar" e quando está muito feio mesmo arrisco itens pra tentar trazer o time de volta para o jogo, quantas vezes eu já fiz MEJAI e consegui 10 stacks gankando um bot que parecia perdido, consigo kills para o meu ad carry, quantas vezes eu já não fui carregado por um top boladão (aka singed na penúltima partida que botou o time inteiro pro jogo que tava aparentemente perdido)
    Meu elo está um pouco mais alto do que digamos o "elo hell" então eu lido bem menos com pessoas agressivas, mas de vez em quando encontro um que começa a xingar o outro e o jeito é tentar acalmar com um "vamos joga galera" e o mais engraçado é que muitas vezes isso funciona quando um cara fica falando demais sem parar é só mandar um "ignora esse cara e vamos ganha esse jogo" muitas vezes o cara que xinga quer ver uma resposta acida, se você não xinga ele para, fica meio sem graça e etc.

    e realmente a atitude negativa é normal em qualquer jogo online, e aqui a gente pode abrir outra discussão que é o Journey que desconstrói todo esse contexto de "Online Interactions Not Rated by the ESRB" e te joga na cara um jogo online com um contexto interativo social incrível.

    Valeu galera.

    • Acho que é exatamente isso mesmo. As pessoas quando xingam muito querem respostas da mesma forma. Se você não alimenta o comportamento do cara ele acaba tendo que parar.

  • Texto muito bom Kazz!
    Agora o tenso é que tem alguns jogadores de lvl 30,que agem assim constantemente,criticam,culpam,xingam a família,xingam tudo e todos.
    Tanto que no LOL é muito melhor jogar com time pronto,do que com randoms,jogar com random dá muita dor de cabeça,apesar de tu não criticar,dá muita dor de cabeça!

    • Ontem fiz uma partida linda de Alistar suporte (2/0/19), mas não é que a vaca da MF me xingou o jogo todo por uns 3 erros que cometi? Uma cabeçada errada ou algo assim aqui e ali, nas dúzias de acertos não recebi nenhum elogio óbvio…malditos players ingratos!

    • Valeu, cara.

      Acho que tem muitos jogadores de lvl 30 que agem assim. Infelizmente o nível do jogador não é garantia de bom comportamento. Mas te recomendo que em toda vez que alguém tiver esse comportamento toxico, ao invés de você brigar, tente falar sempre da melhor maneira possível com ele. Isso desarma a pessoa.

      • Cara,pior que to fazendo isso agora.Ao invés de xingar de discutir com o cara,sigo tentando animar o cara a jogar direito,algumas vezes o cara entende e outras não.
        Esses dias joguei com um random que a gente começo perdendo de 0-3,e ele já disse ''gg'',caras assim não tem como tentar animar não.Mesmo assim a gente virou esse jogo ^~.

  • I think the tribunal is an important feature for the League of Legends community to maintain order and just the sanity of the player base. You've provided a great overview of the system here, thanks.