A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e balé.

E olha que eu nem faço questão do balé, mas sim de diversão. Não só pelo prazer puro e simples, mas pela sensação de explorar outras vidas, conquistar um novo território ou simplesmente matar aquele Dragão Vermelho no final da História… Mas quanto vale isso?

A geração atual de consoles foi um marco na história dos games: é a primeira onde os remakes ficam tão populares – não que eles não tenham existido antes, vide Super Mario All Stars. Além disso, a geração atual foi responsável por um aumento no custo final dos jogos – que saíram dos 50 doláres e atualmente custam 60 doláres. Será que eles só custam isso?

Com consoles capazes de acessar a internet e com disco rígido para gravar dados, surgiram os malditos patches de correção (e viramos a geração beta-test) e dos polêmicos DLCs. Numa tradução bem besteviana, DownLoadable Content seria algo como ‘Conteúdo Baixável por Download’, que nada mais são do que conteúdos extra ao jogo. O problema é quando esse adicional não é tão superficial, e sim um capítulo importante para o jogo (como aconteceu em Alan Wake), um personagem importante para a trama (Javik, em Mass Effect 3) ou até mesmo o final verdadeiro (Asura’s Wrath)! E o pior, fazer como a dona Capcom e cobrar um ‘ágio’ em forma de DLC para que o jogador tenha acesso ao material que já está incluso no disco!

Pra piorar a nossa situação, criaram o tal do ‘Season Pass’, uma maneira de você comprar adiantado os DLCs de um jogo, sem nem saber se vai gostar do conteúdo oferecido. Essa política foi adotada principalmente pelos FPS, que oferecem novos pacotes de mapas exclusivas para o multiplayer, mas se expandiu para outros tipos de jogos.

Até jogo de luta tem Season Pass!
Até jogo de luta tem Season Pass!

Mas as inovações dessa geração não param por aí: O inimigo da indústria também mudou. Outrora ele se ornamentava com um tapa-olho, perna de pau e era normalmente acompanhado por um papagaio. Hoje ele só vende o jogo que acabou de finalizar, ou não gostou. Ou troca por um outro com o amigo. E então entramos naquela eterna discussão sobre quem tem o direito sobre o software, a propriedade intelectual…

Na minha opinião, essa foi uma das gerações que mais trouxe novidades para o ramo de joguinhos, e sequer falamos do boom dos smartfones, microtransações, free to play, sensor de movimento… isso fica pra uma próxima Hysteria. Ou não.

E pra você, qual o custo ideal de um jogo? 60 doláres é justo? Ou 70 fica melhor? E o que você acha de 200 reais?

Bruno Esteves

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

10 Comentario(s)

  • Dariek 3 anos atrs

    Um jogo custa quanto a valve disser que custa :)

    • A Valve tem uma política de preços interessante mas apenas pros jogos exclusivamente digitais. Jogos retail com versão no steam tem o mesmo preço na versão digital com eles. Não acho muito justo pagar $59,90 em Dishonored no Steam (apenas digital) se tenho acesso ao jogo em caixa pelo mesmo valor. Mas é minha opinião.

  • Leonardo Leão 3 anos atrs

    Acho 60 US$ muito caro… Faz pouco tempo q comecei a comprar só originais, e o preço me assusta um pouco
    Tem jogos q vale a pena o preço, mas vc nao vai saber até comprar… O jeito é ver milhões de reviews, jogar a demo e se arriscar.
    Minha opnião, um super lançamento devia ser de 40 a 50 dolares…

    • Eu acho 60 justo prum lançamento em disco AAA nos Eua. Não reclamaria se chegassem aqui por esse valor. Mas o ideal mesmo realmente seria entre 40 e 50 obamas. Infelizmente a tendência é aumentar U_U

  • Rafael doidão 3 anos atrs

    Pra mim todo jogo devia custar uns 20 reais no lançamento e 10 reais se fosse usado ou velho.
    So que os impostos aqui no Brasil são absurdos e ae os jogos acabam por custar de 60 a 100 reais. Por isso a pirataria e as locadoras faturam.

  • Custa o valor que tá na caixinha, geralmente.
    O que, pra mim, é muito caro quando você pagou mais de 1000 por uma caixa que fica ocupando espaço na sua sala.

  • Para mim $60,00 por mídia digital é caro. Ainda mais se falarmos disso em reais (R$120,00). E tem jogos mais caros por aí.
    Mesmo sendo um jogo lançamento, tento levar em conta o custo transferência/transporte/relação antes mesmo de avaliar se o jogo é legal o suficiente pra valer o preço. Isso pelo simples motivo que estou utilizando minha banda e o espaço será ocupado no meu HD por um jogo que só teoricamente será meu. Ainda corro o risco de perdê-lo e passar por um processo burocrático para recuperá-lo. E ainda tenho de baixá-lo novamente e por aí vai…
    Ainda acho mais caro quando os jogos cobram o seu valor E mensalidade. Acho injusto. Ou uma coisa ou outra. Ou eu pago o jogo ou a mensalidade. Nunca pago os dois pois considero que se pago mensalidade o jogo então não é meu. Só estou alugando-o.
    Na mídia física é um pouco diferente, mas ela costuma chegar caro aqui no Brasil. R$200,00 por um jogo lançamento é mais que absurdo e está longe de ser um preço justo. No meu ponto-de-vista o ideal seria cortar isso pela metade. E ainda assim o preço deveria baixar gradualmente durante um tempo até 10 ou 20% do valor, que é o que acontece no Japão por exemplo. Continuamos comprando games de 6 a 10 anos atrás quase que pelo valor de um novo. Isso é ridículo.

    Mas esta é a minha opinião.

    Abs^^

  • Rafaeltaira 3 anos atrs

    Para mídia física deveria ser algo que custe de 40 a 120. Ed de colecionar menos de 360 reais e mais de 125. Jogos de mídia digital de 5 a 40 reais.

    Que o quanto cada um quer gastar em um jogo é bem questionável. Deve-se pagar aquilo que você esta disposto a pagar pelo tipo de diversão que o jogo fornece. Que seria de um jogo muito divertido seria caro e um jogo chato teria que ser barato. Essa regra seria sustentanda por algo que varia de um para o outro.
    A sacanagem é quanto deveria ser pagar por um DLC. Tem dlcs que que são fases novas e com conteúdos incriveis e outros que na verdade são apenas uma chave de codigo pra abrir um conteúdo que estava bloqueado no DVD. E ambos os tipos tem quase o mesmo preço .