Fala pessoal!

 

tumblr_inline_migytauBiZ1qz4rgpDessa vez não esqueci a coluna, hehehehe. Como estão?

Bom, passado o hype de campeonatos de lutinhas (pra quem não sabe, eu obviamente perdi) e vou aproveitar o lançamento de um novo game de quadrinhos para falar de um dos personagens da Marvel que mais gostei: o Mercenário Tagarela Deadpool.

Criado nos anos 90 pelo mestre Rob Liefeld (é rapaz… o mestre!), Deadpool foi concebido originalmente como um vilão na revista dos Novos Mutantes. Alguns dizem qu foi uma “sátira” ao Exterminador, inimigo clássico dos Novos Titãs, mas pra mim é uma cópia mesmo (afinal, trata-se do mestre!) e tinha tudo o que os anos 90 podiam oferecer de melhor: alta tecnologia, armas, espadas e bolsos! Muitos bolsos! “Curiosamente”, após Liefeld deixar o personagem, ele começou a criar identidade própria, deixando de ser um vilão e se tornando um anti-herói bem popular.

Wade Wilson é um mercenário que foi diagnosticado com um câncer incurável. Voluntário de um experimento do projeto Arma-X (o mesmo que implantou Adamantium em Wolverine e Dentes de Sabre, além da criação de X-23) que consistia em implantar em seu corpo um fator de cura semelhante ao do Wolverine. O experimento foi quase bem sucedido, Wade conseguiu um fator de cura extremamente competente, se não fosse as deformidades em seu corpo, deixando-o com uma aparência horrenda (mas que aparentemente não o incomoda).  Aparentemente, isso deixou o personagem mais maluco do que era antes.

Além do fator de cura, Deadpool tem habilidades marciais incríveis, suficientes para lutar de igual para igual com grandes artistas marciais da Marvel, como Demolidor ou o próprio Wolverine.

HQs Recomendadas

As publicações do Deadpool no Brasil pularam entre diversos títulos, desde os compilados da editora, seja em títulos mutantes. A ideia aqui é falar das principais que li para que possam conhecer um pouco mais do personagem para comprar o jogo (quando baixar o preço, heheheh):

Deadpool_and_Daredevil_v2

 

Marvel 99: essa revista substituiu a antiga Grandes Aventuras Marvel, e compilava vários heróis sem título próprio no Brasil.

No período em que Deadpool foi publicado nesse almanaque, ele perdeu o fator de cura, se envolveu com Mary Tiffoid e o Demolidor, além de ter seu primeiro embate com o Treinador (que depois, não sei por que cargas d’águas,m virou amigo dele). Ponto extremamente positivo para as piadinhas envolvendo heróis de outras editoras e personagens de games (como o Akuma do Street Fighter)s que não tinham título próprio por aqui. Foi nessa revista que conheci o personagem, onde os desenhos de Ed Macguiness deixavam o personagem extremamente carismático, além das ótimas sacadas com Al a Cega.

 

 

tumblr_inline_mih8swV0Xm1qz4rgp

 

 

Grandes Heróis Marvel 63: Essa foi a revista que “introduziu” o personagem aos brasileiros (tirando a primeira aparição em Os Fabulosos X-Men 72). Na revista, desenhada (mal) por Ian Churchill.

Nela temos a participação de Syrin e Banshee, mutantes com a habilidade de gritos super sônicos (e são pai e filha). Obviamente, como uma boa cópia do Wolverine que se apaixona por ruivas  o anti herói se apaixona pela bela ruiva, mas nunca admitiu plenamente. Cronologicamente, essa história se passa antes do primeiro arco apresentado em Marvel 99.

 

 

 

Deadpool e Agente X (mini series)

Essas HQs mostram o Deadpool como o mercenário Deadpool_Issue_67_by_UdonCrewmais bem sucedido do mundo. Desenhado pelo estúdio UDON, a HQ segue o padrão homogênico do estúdio canadense, mas aparecem alguns personagens meio obscuros da Marvel, como a mutante Cristal (em uma clara referência ao filme “O Guarda-Costas”) e Rhino. O Treinador volta a dar as caras, num visual bem diferente do classe e do  primeiro embate com o mercenário.

Já Agente X é uma continuação direta da primeira mini serie apresentando Alex, um cara que apareceu sem memória nenhuma e que tem os mesmos poderes de Wade Wilson, dado como morto.  Infelizmente, a HQ não corresponde ao que o personagem tem de legal: as piadinhas são muito sem graça, e o traço não ajuda (principalmente do meio para o final).

E é isso aí pessoas. Não li muitas coisas do personagem, mas a fase do Macguiness me fez gostar muito do personagem. Espero muito que o jogo seja bom, mas eu duvido.

Até semana que vem, galera!

Escritor frustrado e viúva da Sega, acho que sou o único que gosta dos amigos do Sonic (até mesmo aquele gato estranho do Adventure 2).

Facebook Twitter YouTube 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

13 Comentario(s)

  • Sempre achei o Deadpool um personagem bem interessante, mas nunca li nada dele. Essa gamics me fez ficar mais interessado em procurar algo.
    E eu também estou esperando o jogo baixar para poder comprar : )

  • Ledark 3 anos atrs

    Eu sou obrigado a assumir minha ignorância, pois não conhecia muito desse personagem até ver alguns vídeos do jogo. E foi o jogo que me motivou a conhecer mais sobre o personagem, e realmente curti muito hehe

  • Ogro Himself 3 anos atrs

    O launcher do Deadpool, um pseudo shoryuken, é referencia a uma Marvel 99 que ele dá esse golpe

  • Knight Blazer 3 anos atrs

    Bom, li as três séries do Deadpool, então vamos lá.

    A primeira série, essa que você comentou, é a que durou mais edições, e eu acho que é a melhor. Tirando momentos péssimos (como a paródia a Retorno do Superman), é a que melhor caracterizou o Deadpool como um anti-herói que só tenta fazer o que é certo, mas toda vez ele é chutado para escanteio. Tem uma página que explica o que é o Deadpool perfeitamente: um esquilo de desenho animado que tenta abrir uma noz – faz de tudo, até que ele joga a noz do topo do Empire State e ela se abre – mas dentro há OUTRA NOZ!
    Destaco que nos primeiros arcos tinha muita, mas MUITA referência a coisas da época (1997). Nas primeiras edições, quando o Wade está no bar dos mercenários, lá atrás você vê as silhuetas de quase todos os personagens do Street Fighter Alpha 2, do Batman e de outros menos conhecidos.

    A segunda série é Cable & Deadpool, que é muito boa, mas acaba meio que em um anti-clímax. É spoiler, mas lá vai: o Cable desaparece 5 edições antes do final, então o Wade tem um arco na Terra Selvagem, para compensar. Tem uma batalha bem legal no final.

    A terceira série é a do Daniel Way, que me desculpem os puristas, mas é uma das piores fases do personagem. É o Deadpool que a maioria conhece (e é o Deadpool do jogo): só faz piadinhas e memes, mas não tem conteúdo algum. O Daniel Way também escreve o jogo, então dá pra ver onde isso vai dar… foi na mesma fase do Way que o Deadpool começou a ter trocentos títulos na Marvel, tinha mês que saíam 5 HQs dele: Deadpool, Deadpool: Merc with a Mouth, Deadpool Corps, Deadpool Team Up e uma especial. Até pensaram em fazer quadrinho daquela tal Lady Deadpool. Nããããão.

    Tem a série atual dele, que está no número 12, eu acho. Ela voltou aos eixos, e não tem mais aquele monte de bobagem do Daniel Way. Na última edição, o Wade mostra que embora ele sempre faça piada, ele ainda se sente culpado pelas pessoas que ele matou.

    Ele também aparece em Uncanny X-Force. Tem um cena bem tocante no final.

    Bom, quanto ao personagem em si. Ele tem um cast considerável de suporte, e se você vir o final de Cable & Deadpool, a grande maioria são amigos dele de verdade, mesmo com a personalidade dele. Os maiores amigos dele são: Blind Al (uma velha cega, é como uma mãe para ele), o Cable (pode não parecer, mas eles são amigões), Treinador (ele reconhece que o Wade é muito melhor que ele, se pelo menos ele levasse as coisas a sério, e a maioria dos golpes que ele copiou são do Wade), Bullseye (eles são parceiros em alguns trabalhos, e o Bullseye tem uma certa admiração pelo Wade), Sandy (secretária), Agent X (clone), Bob da Hydra (pau-mandado), Syrin (meio que uma namorada dele), Weasel (construía os apetrechos dele), e por aí vai.

    Para quem vai jogar esperando conhecer mais do Deadpool, vai se decepcionar um pouco. Os outros personagens mal interagem com ele.

    Uma curiosidade: o treinamento do Deadpool (pelo menos o início) vem do Exército. Não deram um motivo para isso ainda, mas o Wade deveria ser um herói de guerra, mas algo que ele fez, fez com que tentassem esconder a missão a todo custo, por isso ele nunca foi condecorado.

    A aparência do Deadpool é porque ele já tinha câncer ao se submeter os experimentos, e o fator de cura tenta curar o câncer dele, mas como ele já o tinha, a aparência dele fica em um estado absurdo de "fluxo". Isso também mexeu com a cabeça dele. E o Deadpool tem vergonha da cara dele sim, por isso ele sempre evita tirar a máscara em público. Tem uma piada ótima do Homem-Aranha com isso ("A sua mãe é tão feia que ela fez… isso!" e tira a máscara dele). A maioria dos amigos do Deadpool não tem nojo da aparência dele, tanto é que ele anda sem máscara quando está com eles.

    • DioRod 3 anos atrs

      É isso aí, mano!

      Valeu pelas adições, ajudou a relembrar até coisas que eu não lembravam hehehe

  • Pocket Vin Diesel 3 anos atrs

    Excelente coluna….realmente ele é um cara muito maneiro!!!

  • Deadpool é foda, passou a ser meu personagem de HQs favorito depois que eu li a primeira serie (Marvel 99), foram as melhores historias que eu li dele, pena que essa serie do Daniel Way não terminou bem, foi legal até a metade mais ou menos, depois decaiu muito. =/

  • Muito bacana. Deadpool é um dos personagens mais carismáticos e divertidos da Marvel, gostem os fãs do "mestre" Rob ou não.hehe

    Eu tbm não li muitotas histórias com ele nem sabia dessas feitas pela Udon. Queria muito ler a série com o Cable.

  • Pocket Vin Diesel 3 anos atrs

    E só p/ complementar…o jogo é um se não o + engraçado do ano…tem muitas referencias e piadas que fazem o jogo ganhar muitos pontos…estou curtindo mais que o corta..corta..corta…do Metal Gear Rising!!!!

  • Não conhecia muito Deadpool. Tive referência dele no filme do Wolverine e depois em MVC3, achei ele bem irado e depois de conhecera história dele ficou mais legal ainda, sem contar o visual que é muito bom, até mesmo para usar em filmes.