Olá pessoal! Como estamos? Eu ando meio marveco ultimamente, heheheheh.

Bom, há algum tempo atrás eu falei do fantástico X-men: Mutant Apocalipse para SNES, um clássico dos jogos difíceis. Claro que, em plena disputa de consoles nos anos 90, o meu querido Mega Drive também receberia uma versão dos mutantes da Marvel.

Na verdade, o melhor console dos 16 bits (fanboy mode off), receberia três jogos dos mutantes relevantes, mas hoje falaremos da segunda encarnação dos X-Men. Hoje falaremos de X-Men 2: Clone Wars , que junto com sua primeira encarnação e Wolverine: Adamantium Rage, fez a alegria das hoje viúvas da Sega (mas que voltaremos triunfantes após o anúncio do Dreamcast 2- esperem e verão!).

Lançado em 1995 pela Sega, mas desenvolvido pela Headgames, XM2CW tem uma jogabilidade muito boa, mas que ainda não supera o clássico de SNES. Diferente da maioria dos jogos de heróis, não se trata de um beat’n’up, mas sim um jogo de ação em side-scroll, onde cada personagem (tal qual o game de SNES) tinha uma habilidade própria- mas as semelhanças param por aí.

steacy-x-men-game-box-art

A raça alienígena tecnorgânica Falange retorna tentando dominar a Terra assimilando todo o plante. Para quem não conhece, a Falange é um vilão clássico dos X-Men, que aparece por algumas vezes no desenho dos anos 90.

A Falange sequestra vários mutantes, mas alguns (os heróis da história ) evitam a captura. Unindo-se a Magneto (numa das mais clássicas alianças entre heróis e vilões da Marvel) os mutantes tem que acabar com a Falange antes que toda a humanidade seja assimilada. Durante o jogo, vários inimigos clássicos aparecem, com destaque para o Apocalypse (o Darkseid dos X-Men).

Diferente de XM:MA, você começa jogando com um personagem aleatório, não há tela de abertura a  princípio. Somente após vencer a tela introdutória é que o logo da Sega e a tela título aparecem e você pode escolher os personagens que compartilham a mesma tela e pode ser jogado com dois personagens ao mesmo tempo (apesar de não ser muito recomendável, por que cai o frame rate de forma absurda). Mas vamos aos personagens (que são até bem conhecidos, né?):

Wolverine:

featthumbnail

Esse dispensa apresentações. O hoje onipresente e mais famoso mutante de toda a Marvel, o baixinho que é o melhor no que faz teve sua origem lá nos anos 60, 70, como um coadjuvante na revista do Hulk. Ele começou a ganhar projeção na conceituadíssima fase de John Byrne e Chris Claremont, onde ganhou muito destaque e o coração dos leitores. Durante a fase de Jim Lee (ao qual são baseados os jogos) o mutante canadense se tornou o símbolo dos anos 90 na casa das ideias: violento, sem um código de moral restritivo e pegador- mesmo sendo feio pra caramba. Hoje, após inúmeras reviravoltas, parece que finalmente descobriu todo o seu passado.

No game, como não poderia deixa de ser, é o porradeiro. Pode andar nas paredes e teto igual ao Noturno e possui um ataque com dash que o deixa ainda mais rápido.

Ciclope:

cyclops1

Primeiro aluno da Escola Xavier para Jovens Super Dotados, Scott Summers sempre foi o exemplo de bom-moço, o que lhe deu alcunha de bundão para os fãs dos mutantes. É o líder natural dos X-Men, e mais recentemente, dos mutantes de uma forma geral (mesmo tendo se tornado um tremendo FDP). Durante os anos 90, viveu um “triângulo amoroso” com Jean Grey  e a Psylocke (não sei o que essas mulheres mutantes veem nesses caras, mas beleza). Divide a liderança da equipe com Tempestade, o que já gerou alguns problemas interessantes (mas novamente, em um período menos massavéio).

No game seus raios óticos são muito úteis para ataques a distância, mas suas habilidades acabam por aí, pois não tem muitas opções de jogo como Wolverine, por exemplo.

Noturno:

tumblr_m66uiecLcO1r21i5xo1_500

Um dos personagens mais legais criados na época Claremont/Byrne, Kurt Wagner foi por muitas vezes confundido com o próprio demônio, devido a sua aparência e ao cheiro de enxofre que exala quando se teleporta- o que bem irônico, já que ele é católico e chegou a morar em um seminário de padres. Não integrou a equipe na época do boom de um milhão de cópias de Jim Lee nos anos 90, mas foi incluso no game provavelmente devido a sua jogabilidade extremamente interessante, baseado nos teleportes (e era o meu personagem favorito do jogo!).

 

Fera:

tumblr_mm2noiP1YV1qhpx4lo1_500

O doutor Hank McCoy faz parte dos X-Men originais e tem uma história interessante, pois unia de forma homogênea habilidades em combate (o Fera foi por muito tempo o integrante mais ágil dos mutantes) e grande inteligência. Sua aparência bestial (os pelos azuis) se deve a tentativa de proteger uma fórmula de hormônios mutantes, que gerou uma nova mutação, além da que nasceu.

Foi um dos primeiros mutantes e o primeiro X-Men a deixar a equipe e se tornar um Vingador, sendo, junto com Noturno, extremamente mulherengo (nada que um indutor de imagem não ajude os dois). Sua jogabilidade é bem parecida com a versão de SNES, mas com a presença de Kurt na equipe, ele acaba se tornando o pior personagem para se jogar.

Gambit:

gambit08-11-28

Remy Lebeau pode-se dizer que é o X-Men mais fdp que já passou pela escola do Xavier. Talvez mais do que Bishop.

Gambit era um ladrão, que conheceu Tempestade num período em que ela tinha sido tranformada em criança (é…) e ambos se fizeram uma pegada “ladrão que rouba ladrão…”. Ao entrar para a equipe, o quase tão fdp quanto ele Bishop e reconhece (afinal ele veio do futuro) e o acusa e traição. Os dois nunca se bicaram, mas o cajun foi ganhando seu espaço, principalmente devido ao seu romance com Vampira, tornando-se o personagem favorito das meninas fãs de quadrinhos por muito tempo. A sua traição veio a tona no fim dos anos 90: durante o Massacre de Mutantes, o grupo Carrascos, criados pelo Sr Sinistro e responsável pela quase extinção dos Morlocks foram guiados pelo franco-americano até o abrigo dos mutantes deformados. Após essa revelação, ficou vários anos fora da equipe.

Mesmo tendo ataques a distância igual Ciclope, Gambit tem projéteis mais rápidos, mas seus ataques corpo-a-corpo tem mais alcance.

Psylocke:

x-men_katana_psylocke_marvel_comics_girls_with_swords_desktop_1401x2128_hd-wallpaper-1179045

Enquanto Wolverine é o símbolo do massvéio dos anos 90, a ninja psíquica Psylocke pode ser considerada o símbolo do sex-appeal. Com um design de tirar o folêgo dos nerds tetudos, a mutante Betsy virou a cabeça do Ciclope (acho que ele tem queda por mulheres com poderes psíquicos). Possui poderes semelhantes aos de Jean, mas como toda boa (sem trocadilhos) heroína bad-ass dos anos 90, tal qual Glory, Angela e um sem número de heroínas da Image,  Psylocke tem a capacidade de criar uma “adaga psiquíca”, para atravessar (literalmente) a mente dos inimigos. Como isso funciona ainda é um mistério para mim.

No game possui diversas habilidades, como os clássicos “pulo na parede” e pulo duplo; sua adaga não funciona em máquinas, mas possui uma espada que ajuda no alcance.

E é isso amiguinhos. Poderia falar do Magneto, mas a história dele sói não é  mais confusa do que a do Wolverine (que só dei um pequeno “plá”, pois quase todo mundo sabe um pouco sobre ele) e confesso não ser muito letrado no universo dos X-Men. Agradecimentos ao site Armada Mutuna que me ajudou nas fontes para falar dos personagens.

 

Até daqui quinze dias, galera!

Escritor frustrado e viúva da Sega, acho que sou o único que gosta dos amigos do Sonic (até mesmo aquele gato estranho do Adventure 2).

Facebook Twitter YouTube 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

7 Comentario(s)

  • Liev ex-Destruidor 3 anos atrs

    Fera mulherengo???…nunca vi isso nas HQs que eu li

    O cara era mega centrado impossivel isso acontecer

    • Ogro Himself 3 anos atrs

      depende do argumentista. algumas historias ele era galanteador.

      noturno tb mudou bastante, antes ele era super chavequeiro, depois virou padre.

    • DioRod 3 anos atrs

      Ele era mulherengo principalmente na fase em que integrou os Vingadores, Liev!

    • Nada, já li HQ's em que ele vestia até terno para ir aos encontros. Ainda lembro de uma em que a mulher com quem ele estava saindo era uma espiã tentando se infiltrar na mansão Xavier (ou algo assim).

  • Ogro Himself 3 anos atrs

    Joguei bastaaaaaaaante esse jogo … era mto legal

  • Me descupem os nintendistas mas pra mim esse é melhor do que o xmen do snes, muito foda, pra cada tela usava um personagem, mesmo o fera eu usava em alguns desafios já que ele dava bastante dano, mas o meu preferido era o gambit mesmo. Quanto ao wolverine adamantium rage citado acima, a versão de snes pra mim foi uma grande decepção, já tinha jogado a versão do mega e achava muito ruim e travada, e tinha visto só por revistas a versão do snes e eu era louco pra jogar por causa daquelas imagens, mas quando fui jogar achei pior que a versão de mega, nada contra quem gosta de ambas, mas eu odiei.

  • Joguei muito este jogo, era demais poder escolher os personagens em cada fase e depois ter a opção de escolher Magneto após derrotá-lo.