Details

Chegamos a mais um review aqui no Fênix Down!

Essa semana Diego, Alex Seph e Natchy comentam sobre Killzone Mercenary! Conheça um pouco sobre uma ótima pedida para o seu PSVITA e descubra se a implementação desse título de uma das maiores franquias de FPS exclusivas da Sony vale seu investimento para o seu portátil empoeirado! Assista já!

Este é o segundo bloco do podcast Objection que saiu essa semana. A versão em áudio você confere lá!

Edição: Diego

Não esqueça de comentar no post e no youtube, deixar um dedinho pra cima, favoritar e divulgar o vídeo!

Qualquer dúvida, sugestão, crítica ou elogio, envie para contato@fenixdown.com.br! E siga-nos no twitter : @fenix_down !

Pior host do mundo, criou o Fênix Down para continuar falando de games. Mas sua mania compulsiva acabou criando mais colunas do que ele aguenta.

Facebook Twitter YouTube 

Categoria:

Review, videocast

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

11 Comentario(s)

  • O Alex é metaleiro e tem coleção de camisas brancas kkkkkk só no Brasil mesmo kkkkk

    O vita é um caso complicado, o hardware dele é poderoso demais para rodar jogos indies e ele não é popular o suficiente para justificar lançamentos AAA…Acho que a sony exagerou d+ no poder dele, poderiam ter feito algo nas coxas como os DSs da nintendo

    Meu vita foi adotado pela minha mãe para acessar internet, skype facebook kkkk mais fiquei com vontade de comprar este killzone preciso jogar mais meu vita

  • Ogro Himself 3 anos atrs

    Vou esperar a PS+ me dar o jogo =D

    • Disse tudo Ogro, único jogo de vita que tenho sem ser dado pela Plus é o Persona 4.

      Esse parece ser legalzinho, mas em Uncharted eu não me acostumei em mirar e atirar pelo vita, acho q pelo dualshock 3 ja estar "configurado" no meu cérebro .. Mas se um dia a Sony liberar pela Plus eu vejo se é bom =D

  • Poisony 3 anos atrs

    Dei like no vídeo pela gata. E pela Boxxy também (han han).

    Não tenho PS Vita, e por isso não me animei nunca a ver FPS em portátil nenhum, independente dos analógicos. O máximo que tive de experiência ok foi com o Dementium do DS…

  • Haruki 3 anos atrs

    até que parece razoável esse jogo. So o Alex fala? Daqui a pouco ele faz um Alex Seph cast.

  • O PS Vita ainda é uma incógnita na minha vida, sempre costumo comprar um portátil pra jogar nos tempos fora de casa e curti muito o Vita, mas a falta de jogo me assusta MUITO, mas esse Killzone me pareceu muito bacana MESMO, não sei dizer se faz muito sentido um game portátil ser multiplayer, principalmente aqui no Brasil que a gente não tem um 3G decente, mas o jogo pareceu muito bom e pode ter certeza que caso eu compre um esse vai ser compra certo, junto com Uncharted e Gravity Rush!

  • Kilomoste 3 anos atrs

    Uma semana antes do lançamento do Killzone Mercenary houve um update para o PS Vita que desbloqueava mais um pouco do clock do processador do vita (sim, o vita ainda tem, em teoria, bastante poder de processamento sendo poupado, como foi com o PSP no início de sua vida), isso, aliado ao poderio técnico do jogo, sendo o que mais se utiliza da potência gráfica do portátil mais o fato de deixar o wifi/3G ligado poderiam explicar o porquê de se consumir tanta bateria em tão pouco tempo.
    Lembrando que a duração média da bateria do PS Vita é de cerca de 5h rodando jogos, mas com o wifi desligado.