Feliz ano novo, peoples!

Na contagem para a Gamics 50, trago para vocês alguns posts fazendo um “Top o número que der” de Sagas das HQs que dariam bons jogos.

Obviamente irei cagar regra especular quais seriam os estilos que mais combinam com a saga. Claro que quero sua ajuda e comentários de quais sagas e quais estilos de jogos combinariam nos comentários.

Sendo assim, vamos lá!

TI_IRONFIST02Nos idos de 2005/2006 na Marvel foi lançada a mega saga Guerra Civil, onde herói lutou contra herói por conta de uma lei de registro de super humanos. Essa saga foi base para a segunda versão do game Marvel Ultimate Alliance, que resenhei aqui. Após o término trágico da saga, alguns heróis continuaram fugitivos, o que gerou algumas ótimas histórias. Entre elas, foi a retomada de um personagem meio obscuro (até então) quase tornou um dos principais personagens atualmente. Estamos falando de Daniel Rand, o Punho de Ferro.

A saga que vou falar aqui na verdade são três (#cheater): A Última História do Punho de Ferro, As Setes Cidades Celestiais e As Setes Cidades Celestiais Round 2.

Nesses três arcos, escritos por Ed Brubacker e desenhados (principalmente) pelo sensacional David Aja, a história do Punho de Ferro é recontada trazendo elementos místicos, transformando personagem  num dos mais poderosos da Marvel:  o Imortal Punho de Ferro é um título, passado àqueles que conseguem desafiar o dragão Shou Lau e sobreviver o suficiente para obter sua marca. São envolvidos na trama o melhor amigo de Daniel, Luke Cage e uma nova versão dos Heróis de Aluguel, bem como a Hidra. Nos dois arcos seguintes ainda temos histórias dos PdF anteriores e um torneio envolvendo as Sete Cidades Celestiais e suas Armas Imortais.

114613

 Mas e aí? Como seria o jogo?

Tá, eu sei que usar a série Batman Arkham seria quase um Deus Ex Machina para fazer essa série de posts, mas no caso do maior artista marcial dos quadrinhos (chupa Morcega), perdendo somente talvez para o Karate Kid da Legião dos Super Heróis é impossível não fazer um jogo de mundo aberto com jogabilidade de luta parecida com Arkham Asylum, City e Origins.

Claro que um elementos de RPG e Fighting Games (nos bosses) também não é descartado, pois durante os arcos Daniel Rand aprende novas habilidades e vai desenvolvendo-as confirme estudo o livro dos antigos Punhos de Ferro. Na parte do torneio, pode ser realmente um game de luta, mas com uma visão mais voltada para o novo JoJo, ou mesmo o modo Versus do novo Cavaleiros do Zodíaco Bravos Soldados:

(claro que não teria essa viageira de aumentar cosmo, me refiro mais a visão e a mecânica de counter e etc).

Já sobre a história, não consigo pensar em outra forma se não as tramas paralelas de GTA V, com um quê de Assassin’s Creed (graças ao legado do Punho de Ferro): imagina que foda você ir ler o livro de Kun Lun e jogar com uma das armas imortais na China invadida pelos Mongóis, ou seguir os passos de um de seus antecessores, mais ou menos como Ezio e Altair em AC: Revelations?

 

E acredito que seja isso, galera! Gostaram do formato? Tenho quinze dias para (tentar) melhorar no próximo. Sugiram aí o que mais eu poderia incluir e sei lá, divagar mesmo como poderia ser o jogo!

 

Até daqui quinze dias, pessoas!

Escritor frustrado e viúva da Sega, acho que sou o único que gosta dos amigos do Sonic (até mesmo aquele gato estranho do Adventure 2).

Facebook Twitter YouTube 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

3 Comentario(s)

  • Ótimo post!!!

    Mas p/ mim só veio um bom….beat up…mas casual…e bem feito…acho que seria maneiroooo

  • Puxa, agor entendo porque o PdF entrou no MxC 3…to tão desatualizado em HQs que nunca tinha ouvido falar dessas histórias dele.

    A idéia é muito boa Diorod, tem muitas sagas que tinham tudo pra virar games bacanas. No caso dessa, pela natureza do Pdf acho que a melhor proposta seria um jogo sandbox com a pegada de batman AC mesmo..

  • Cara que coincidência, comecei a ver alguns HQs do Punho de Ferro essa semana. Acho que a ideia de um jogo estilo o Batman/AC ficaria boa, ou talvez um Beat'n up estilo Scott Pilgrim.